Escola de Arte Dramática recebe o Prêmio APCA

No dia 11 de dezembro, a Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA) anunciou os vencedores do Prêmio APCA 2018. A Escola de Arte Dramática (EAD) da ECA recebeu o Prêmio Especial, na categoria Teatro, pelos seus 70 anos da fundação e em memória a Alfredo de Mesquita, autor, ator, fundador e seu primeiro coordenador.

Para o atual diretor da EAD, José Fernando Peixoto de Azevedo, o prêmio os faz lembrar do panorama construído pela escola no teatro no Brasil. "De certa forma, ele reconecta gerações. Faz com que perspectivemos esse trabalho reconhecendo a importância daqueles que, antes de nós, lutaram e garantiram a permanência de um projeto", diz Azevedo. Segundo o professor, a EAD e o Teatro Brasileiro de Comédia (outro homenageado da APCA) representaram um marco no processo de modernização do teatro brasileiro, abarcando um novo estilo para o teatro na cidade, inovando nas cenas, atuações e mobilizando artistas nacionais e estrangeiros. 


Aula na Escola de Arte Dramática (EAD), que completou 70 anos em 2018. Foto: Mariana Chama

Criada em 1948, a Escola de Arte Dramática (EAD) é uma escola técnica de formação de atores conhecida por sua qualidade e excelência. Segundo o diretor, isso se dá por conta dos artistas-professores da Escola que “fazem com que o ato pedagógico seja também um ato artístico, de modo que uma diversidade de perspectivas e projetos artísticos são mobilizados aqui”.

Mais antiga entidade de críticos do Brasil, a APCA premia nas seguintes categorias: arquitetura, artes visuais, cinema, dança, literatura, música erudita, moda, música popular, rádio, teatro, teatro infantil e televisão, com subcategorias para cada área, além dos prêmios especiais, como foi o caso da EAD. Os premiados foram votados por críticos, sendo eles, Celso Curi, produtor e criador do blog Guia OFF de Teatro, o editor Edgar Olimpio de Souza, o crítico e colunista Evaristo Martins de Azevedo, a dramaturga e jornalista Gabriela Mellão, o dramaturgo e diretor José Cetra Filho, a jornalista Kyra Piscitelli, o professor e roteirista Márcio Aquiles, o vice-presidente da APCA Miguel Arcanjo Prado e o pesquisador e crítico teatral Aguinaldo Cristofani Ribeiro da Cunha, que participou somente do Prêmio Especial e o Grande Prêmio da Crítica.

A cerimônia de premiação está prevista para o primeiro semestre de 2019, ainda sem data confirmada.