Estudante de doutorado é nomeada embaixadora de programa da UNESCO

Beatrice Bonami foi selecionada para promover o programa GAPMIL/UNESCO nos países da América Latina e Caribe

 

No dia 5 de novembro, o Programa Global de Alianças em Literacias de Mídia e Informação da UNESCO (GAPMIL-UNESCO) divulgou os nomes dos doze embaixadores selecionados para representar seus planos de ação para a juventude nos quatro cantos do mundo. Entre 600 candidaturas, a estudante de doutorado da ECA, Beatrice Bonami, foi nomeada Youth Ambassador dos países da América Latina e Caribe até o ano de 2021.

A estudante, que é mestra em Ciências da Comunicação também pela ECA, foi selecionada juntamente com Jerome Roodsam, do Haiti, para representar e promover o GAPMIL, que possui diversos objetivos, entre eles o de promover a educação para o século XXI, capacitar jovens para a prática e a conscientização das Literacias de Mídia e Informação (MIL), formar uma rede latino-americana de práticas relacionadas à MIL e desenvolver eventos que se dediquem à discussão e fortalecimento dessas propostas. 

Lançado durante o Fórum Global de Parcerias em MIL, realizado em 2013 na cidade de Abuja, na Nigéria, o GAPMIL  também se dedica a articular parcerias concretas para impulsionar o desenvolvimento e o impacto das MIL globalmente, além de permitir que a comunidade MIL fale em uma só voz sobre certos assuntos críticos, particularmente no que se refere à políticas, educação e novas tendências tecnológicas. Outra meta importante é aprofundar a MIL como conceito composto, fornecendo uma plataforma comum para redes e associações relacionadas globalmente e para o desenvolvimento de projetos relacionados à temática. 

Beatrice Bonami foi selecionada junto a Jerome Roodsam, estudante do Haiti. Foto: arquivo pessoal

Orientanda da professora Brasilina Passarelli, do Departamento de Informação e Cultura, Beatrice é pesquisadora associada do NACE Escola do Futuro e atualmente executa a dupla titulação de seu doutorado no Institute of Education da University College London (IOE/Knowledge Lab – UCL) a instituição número 1 em estudos de educação no mundo segundo o ranking QS World Universities.

Já Roodsam é mestre em Saúde Pública pela Université d’Haiti e trabalha com conscientização do acesso às informações de saúde e popularização das tecnologias de informação e comunicação.

O plano de ação do GAPMIL para a América Latina e o Caribe deve ser divulgado em janeiro de 2020 pela UNESCO.