Estude artes ou audiovisual na França: novos convênios da ECA

A Comissão de Relações Internacionais (CRInt) da ECA renova convênio com duas universidades francesas, sendo uma delas, a École Supérieure d'Audiovisuel da Université Toulouse Jean Jaurès na cidade de Toulose, para a área de audiovisual. O convênio é coordenado pelo docente Cristian da Silva Borges, do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR) e tem vigência até março de 2024.

Para a área de Artes, o convênio com a École Nationale Supérieure des Arts Décoratifs, localizada em Paris, é coordenado pelo professor Marco Garaude Giannotti, do Departamento de Artes Plásticas (CAP) e tem vigência também até março de 2024.

École Supérieure d'Audiovisuel da Université Toulouse Jean Jaurès

A Escola Superior de Audiovisual, em português, é uma das três maiores escolas públicas de cinema da França. No ensino, propõe aos estudantes a aprendizagem em audiovisual por meio da criação de filmes e documentários. Além disso, se baseia em pesquisas direcionadas à realidade, questões políticas e sociais. O prédio em que a universidade se localiza é um dos locais científicos mais antigos do país, construído no século XIII. No convênio com a ECA, estão previstas duas vagas para mobilidade no início de 2020.


A École Supérieure d'Audiovisuel, uma das mais renomadas escolas de cinema da França, renova convênio com a ECA. Foto: Reprodução/ Facebook ESAV

A escola está a poucos passos da Cinémathèque de Toulouse, segunda maior biblioteca de filmes do país, como também o ABC Cinema, um cinema que explora a história cinematográfica.

École Nationale Supérieure des Arts Décoratifs de Paris

Em Paris, a Escola Nacional Superior das Artes Decorativas é uma instituição pública coordenada pelo Ministério da Comunicação e Cultura da França. Seu projeto pedagógico visa um novo modelo de universidade, priorizando a interdisciplinaridade. O intercâmbio prevê a mobilidade internacional de dois alunos da ECA, na área de Artes.

Segundo a escola, sua missão é promover uma educação artística, científica e técnica para artistas e designers em todos os campos da arte decorativa. Alguns dos 19 ateliês da universidade são de áudio/vídeo, gravura, resina e maquete, animação, design têxtil, fotografia/vídeo, oficina de madeira, além dos dois anfiteatros e uma galeria de exposições.


A École Nationale Supérieure des Arts Décoratifs, localizada em Paris, firma novo convênio com a ECA, focado na área de artes. Foto: Reprodução/ Facebook ENSAD

Laura Zernik, que deseja ser futura aluna na ENSAD, explica que seu trabalho, que envolve a impressão de imagem elencadas com a técnica em gravura, pode ser amplamente desenvolvido por conta da estrutura da École. “(...) esses lugares voltados à prática permitem o contato com maneiras divergentes de realizar os processos com os quais já tive contato para dar continuidade à minha pesquisa de produção de imagem.” Já João Simões, também futuro candidato intercambista na École, comenta que se identificou com o setor de ensino Art Espace, onde quer realizar diversas disciplinas optativas em ateliês para promover sua experiência científica e prática, colaborando com seu bacharelado em escultura.

Fundada em 1766, a ENSAD tem formação humanitária e histórica, marcada por docentes renomados que participaram do movimento Art Nouveau, como Eugène Viollet-le-Duc e Hector Guimard, entre outros estudantes que são personalidades da arte, como Rosa Bonheur, Charles Garnier e Fernand Léger.

Informações sobre como se candidatar a uma vaga de intercâmbio acadêmico no exterior estão disponíveis aqui.