Plataforma levanta dados sobre a Covid-19 nos estados brasileiros

Projeto é tocado por voluntários. Entre eles, um doutorando da ECA. 

 

Os dados sempre foram fontes de informação indispensáveis, em diferentes cenários. É através deles que se pode entender o impacto de uma política pública, a satisfação de uma população. E, principalmente, a dimensão de uma pandemia, como a do novo coronavírus. Por isso, o Especial Covid-19 do projeto Brasi.IO é tão importante. Através da disponibilização de dados, 40 voluntários têm ajudado a mapear a evolução do número de casos e óbitos nos estados brasileiros. 

Um desses voluntários é Whaner Endo, doutorando da ECA sob orientação da professora Sandra Reimão. Ele é um dos responsáveis por mapear as informações da região Norte e diariamente vai em busca das Secretarias Estaduais de Saúde para descobrir qual é a evolução do coronavírus em cada uma das localidades. 

Esse não é um trabalho simples, uma vez que não existe um padrão para a divulgação destas informações. Alguns estados não publicam os dados atualizados diariamente; outros não usam o formato correto de arquivo, por exemplo. "Acho que um dos grandes desafios é realmente os estados e as Secretarias de Saúde entenderem o quanto é importante publicar dados estruturados sobre a pandemia", comenta Endo. 

O projeto tem alcançado repercussão, por ser uma das fontes mais confiáveis de informação sobre a Covid-19. Diversas instituições e veículos têm usado os dados do Brasil.IO nas publicações sobre o coronavírus. Entre eles, a Fiocruz, a BBC News, a Folha de S. Paulo e o Estadão.

Para acompanhar os dados, que são atualizados diariamente, acesse a plataforma do Brasil I.O

 

Mapa do Brasil mostra o número de casos confirmados do coronavírus nos Estados. No mapa, as cores mais escuras representam as localidades com mais casos confirmados por 100 mil habitantes. Imagem: Brasil I.O.