PPGMUS lança nova edição da Revista Música

O Programa de Pós-Graduação em Música publica o volume 18, número 2 da Revista Música, referente ao segundo semestre de 2018. A edição conta com o resultado de pesquisas relacionadas à música, feitas por diferentes universidades do Brasil e de Portugal, em um intercâmbio científico e cultural.

A Revista se divide em quatro tópicos, sendo o primeiro realizado por Ronan Gil de Morais & Lucas Davi de Araújo com o tema Sixxen e Música Eletroacústica: o diálogo entre um instrumento microtonal e aparatos eletroeletrônicos no repertório pós-pléiades. O artigo reflete sobre as possibilidades composicionais do instrumento Sixxen desenvolvido por Iannis Xenakis.

Experiência com a Música, Bem-estar e Saúde Mental: que relações?, escrito por Alexandra Marques e Carla Fonte, ambas de Portugal, é o segundo artigo da revista. Com uam abordagem menos técnica e mais reflexiva, elas dissertam sobre como a música pode impactar positivamente ou negativamente na saúde mental das pessoas.

Do Instituto de Artes da UNESP, André Repizo Marques estuda a relação entre a obra de piano de Ernesto Nazareth com os elementos instrumentais e melódicos dos grupos de choro. A obra de piano “tem sido realizada tanto por pianistas eruditos como por rodas de choro”, segundo o autor do artigo. Gandhi Martinez e Acácio Piedade, da Universidade do Estado de Santa Catarina, dissertam como a música se inter-relaciona com o medo, o sombrio e a obscuridade.

Por fim, há o aprofundamento da linguagem harmônica de Moacir Santos em seu projeto Coisa, de autoria de Sérgio Gaia. O artigo, em inglês, enfatiza a pós-tonalidade da obra no século XX.

Fundada em 1990, a Revista Música é uma publicação do Programa de Pós-Graduação em Música. A revista publica predominantemente artigos originais resultantes de pesquisa científica, incluindo outros tipos de contribuições significativas para a área (traduções, entrevistas, resenhas).

A edição na íntegra pode ser encontrada aqui.