Professora da EAD reestreia espetáculo premiado em São Paulo

Com direção e dramaturgia de Silvana Garcia, professora da Escola de Arte Dramática (EAD) da ECA, reestreia na Oficina Cultural Oswald de Andrade o espetáculo Não vejo Moscou da janela do meu quarto. Ganhadora, em 2014, de dois prêmios Shell – de direção e de iluminação – a peça tem no elenco Maria Tuca Fanchin, Sol Faganello e Pablito Kucarz.

Ambientada na década de 1950, Não vejo Moscou da janela do meu quarto traz a história de três irmãos que vivem o cotidiano confinados em uma casa que aos poucos vai sendo tomada por algo ou alguém que não se revela, ao mesmo tempo em que anseiam por uma viagem a Moscou, um lugar cada vez mais distante e desterritorializado. O espetáculo aproxima dois universos textuais: a dramaturgia de Tchékhov e a narrativa literária de Julio Cortázar.

Silvana Garcia é mestre e doutora em Artes Cênicas pela ECA. É autora dos livros Teatro da Militância (Perspectiva/EDUSP) e Teatro das Vanguardas Históricas (Hucitec), entre outras publicações. Atualmente é professora da EAD em disciplinas de teoria e de interpretação.

Foto: SP Escola de Teatro

A peça fica em cartaz até o dia 24 de junho, sempre às quintas e sextas, às 20h, e aos sábados, às 18h. A entrada é gratuita e os ingressos devem ser retirados uma hora antes do início do espetáculo.

Serviço:

Espetáculo Não vejo Moscou da janela do meu quarto
Data: de 1 a 24 de junho
Horários: quintas e sextas-feiras, às 20h, e sábados, às 18h
Local: Oficina Cultural Oswald de Andrade
Rua Três Rios, 363, Bom Retiro
Classificação: 16 anos
Duração: 55 minutos
30 lugares