Programa de rádio resgata a trajetória de Gisela Ortriwano, pioneira dos estudos em radiojornalismo

Série em 12 episódios apresenta depoimentos de colegas, orientandos e amigos da docente

 

Gisela Swetlana Ortriwano foi uma das principais pesquisadoras de rádio no Brasil. Na ECA, defendeu a primeira tese de doutorado sobre o tema no país; já como docente do Departamento de Jornalismo e Editoração (CJE), manteve pesquisas sobre a temática, além de ter sido responsável pela formação de estudantes de graduação e pós-graduação ligados às áreas de rádio, televisão e multimídia.

Vozes Giselistas: as Contribuições de Gisela Swetlana Ortriwano ao radiojornalismo e à Comunicação resgata um pouco da trajetória da docente e pesquisadora, que morreu em 2003, aos 55 anos. O projeto faz parte da pesquisa de pós-doutorado de Lourival da Cruz Galvão Júnior, com supervisão do professor Luciano Victor Barros Maluly. O último episódio da série radiofônica foi lançado na semana passada, na Rádio USP, e hoje a série completa está disponível na página do CJE.

Cada episódio é elaborado a partir de depoimentos de pessoas que conviveram com a professora Gisela – colegas da docência, jornalistas, estudantes e amigos – a partir dos quais a série procura recuperar o itinerário acadêmico da docente. O formato escolhido foi também inspiração para o nome do projeto – Vozes Giselistas – que “identifica pessoas que admiram a vida e a obra da professora Gisela”, explica o pós-doutorando. Os professores Ciro Marcondes Filho (falecido em novembro), José Coelho Sobrinho, Luiz Fernando Santoro e Dulcília Buitoni estão entre os depoentes.

Todos os episódios da série estão disponíveis na página do CJE.


Gisela Ortriwano (1948-2003) foi professora do CJE e pioneira dos estudos do radiojornalismo no Brasil. Fotomontagem: Jornal da USP