Projeto de turismo e comunicação digital é aprovado em edital do USP Municípios

Coordenada por professor de Jornalismo, a iniciativa envolve o oferecimento de oficinas para alunos do Ensino Fundamental

 

O USP Municípios é um projeto em parceria com o Santander, com objetivo de oferecer soluções no âmbito das políticas públicas nos municípios de São Paulo. Em parceria com os gestores locais, professores, pesquisadores e alunos da Universidade podem gerar um impacto positivo através de ações voltadas para a comunidade. Uma dessas ações, contemplada pelo último edital do programa, é coordenada pelo professor do Departamento de Jornalismo e Editoração (CJE), Luciano Victor Barros Maluly

Entre as 23 propostas selecionadas, está o projeto “Registro Digital da Memória e do Turismo na Estância Turística de Piraju – desenvolvimento das habilidades comunicacionais no Ensino Fundamental I e II”. O objetivo é ensinar às crianças, pais e mestres como fazer uso consciente dos aparelhos digitais em ambientes de turismo. Assim, a iniciativa levará especialistas para ministrarem oficinas nas escolas públicas municipais e estaduais do município em parceria com a Casa da USP, em Piraju. 

"As atividades serão desenvolvidas em diversas áreas, como texto, fotografia, rádio, cinema, design, edição digital, vídeo, produção, divulgação científica, turismo e memória, justamente para contemplar a proposta de acesso ao conhecimento da comunicação e do turismo por meio do registro e da preservação da memória local”, explica o professor Maluly. 

A ação pressupõe também a integração da comunidade acadêmica, visto que professores, pós-doutorandos e pós-graduandos serão tutores das oficinais. Alunos de graduação também poderão fazer parte do projeto, por meio de bolsas.

O projeto começará a ser desenvolvido no segundo semestre de 2020. Para conhecer as outras propostas selecionadas, acesse o site oficial do USP Municípios. 

Em 2019, o programa USP Municípios levou estudantes e professores de Turismo a uma “expedição” na fazenda Voltinha para reconhecer pontos com potencial turístico. Foto: Cecília Bastos/USP Imagens.