Projeto Televizinho trabalha com reencenação de cenas de novelas brasileiras

Televizinho é um projeto de pesquisa da artista Veridiana Zurita, feito em colaboração com Esther Hamburger, professora do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR). O projeto consiste em reencenações de telenovelas brasileiras por famílias de uma comunidade ribeirinha chamada Santa Isabel, no rio Tupana, na Amazônia.

Algumas perguntas que incentivaram Zurita a realizar este trabalho, quando trabalhava em um centro de pesquisa na Bélgica, foram: o que acontece com o telespectador que assiste a novela? Ele absorve aquela informação? O que acontece quando aquele sujeito faz aquele personagem? Segundo a artista, era “um desejo de pegar um objeto comum, em uma sociedade tão heterodoxa como a nossa, e entender como aquele objeto pode ser repensado, ressignificado e até desconstruído”. Além de questões como essas, ela afirma que houve o desejo pessoal de entender o seu imaginário de infância e adolescência de maneira mais crítica.

Após passar quatro meses no processo de assistir telenovelas e reencenar algumas cenas escolhidas, em 2015, Veridiana Zurita editou e escreveu o texto que narra o material com Esther Hamburger e outro artista. “Quando eu comecei a pensar o projeto, eu estava lendo aquele livro dela Brasil antenado a Sociedade da novela”, conta. Elas não se conheciam. “E depois que eu fiz, eu falei com a Esther, porque, bem ou mal, ela está no projeto”


Foto: Reprodução/Televizinho

O trabalho ainda está no início: “a gente quer reeditar e reescrever o texto”, diz a artista. Esther Hamburger acredita que o material está com uma boa introdução, mas “depois ele vai ficando pesado. Tem uma voz over que está explicando”. Televizinho também ainda possui muitas perguntas sem resposta, como qual é o melhor formato para reproduzir o material ou com quem ele dialoga.