Revista Movimento prepara próxima edição e convida pesquisadores para conselho editorial

Publicação é organizada por estudantes do PPGMPA e interessados devem fazer parte do programa

 

A Revista Movimento é um periódico científico semestral, organizado e editado pelos alunos do Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais (PPGMPA). Seu regimento resulta de um trabalho coletivo, decidido em assembleia e desvinculado de grupos específicos de pesquisa. 

A 13ª edição, publicada em agosto e que pode ser consultada aqui, dedicou-se a diferentes iniciativas historiográficas sobre o cinema brasileiro, com destaque para textos sobre o cinema negro realizado entre o ciclo das chanchadas e o início do Cinema Novo, a presença feminina no cinema do país e o histórico das políticas públicas de financiamento para o audiovisual no Brasil. 

Com a proposta Coabitações Audiovisuais, a edição de número 14 acaba de encerrar a submissão de textos e será lançada em fevereiro de 2020. Desta vez a revista aposta nas formas de coabitar o audiovisual, ou seja, nos diferentes modos de viver e se relacionar em torno dele. A ideia é abordar como o cruzamento entre as práticas de realização audiovisual e as sensações trazidas pelo conteúdo das imagens tornam visível um panorama diverso de subjetividades. 

Lançada em agosto, última edição da Revista Movimento estampou a atriz Ruth de Souza em sua capa

Além de divulgar materiais do programa e de outras instituições, a revista busca ampliar o debate, nas mais variadas áreas e linhas de pesquisa, sondando as possíveis interfaces entre as atividades docentes, discentes e o cotidiano imediato da universidade.

O nome da revista homenageia duas publicações marcantes: o periódico Movimento, lançado em 1935 e que teve importância para o contato do jovem crítico Paulo Emílio Salles Gomes com a geração de Oswald de Andrade; e o jornal de propriedade coletiva Movimento, local de reorganização da esquerda e espaço de discussão estética, que contribuiu para a luta da sociedade civil contra a ditadura militar ao longo dos anos 1970. 

O conselho científico da publicação é formado por docentes do PPGMPA: Almir Antonio Rosa, Cristian Borges, Eduardo Morettin, Eduardo Vicente, Esther Hamburger, Henri Gervaiseau, Marcos Napolitano, Mariana Villaça, Marília Franco, Patrícia Moran, Ronaldo Entler, Rosana Soares e Rubens Machado Junior.

 

Chamado para novos integrantes do conselho editoral vai até 16 de novembro

O conselho editorial é responsável por planejar e gerir a publicação. O trabalho é feito de modo coletivo em cada edição e respeita sempre a disponibilidade de cada um dos integrantes da equipe. 

Cabe ao grupo formular propostas de dossiê, a divulgação de chamadas para colaboração, a análise cega dos textos submetidos e a escolha de pareceristas ad-hoc para colaborar em cada uma das edições. Também é de responsabilidade do conselho a produção gráfica e divulgação da publicação.

Atualmente o conselho editorial da revista é composto por Ana Gambardella, Driciele Souza, Eduardo Chatagnier Perez, Erika Amaral, Giancarlo Gozzi, Haroldo Ferreira Lima, Lívia Perez, Marina Campos e Rafael Castanheira Parrode.

Interessados devem enviar mensagem para movimento@usp.br até o dia 16 de novembro e devem participar já da próxima edição.