Revista RuMoRes publica nova edição

A RuMoRes – Revista Online de Comunicação, Linguagens e Mídias, publicação semestral do MidiAto, lançou nova edição de número 23, volume 12, referente ao primeiro semestre de 2018.

Nesta edição, a revista conta com dossiê denominado Crítica de Mídia que aborda a questão da vigência da crítica de mídia por meio da retomada de correntes teóricas que servem de base para o pensamento crítico, de critérios usados para a análise de produções contemporâneas e da necessidade de fortalecer a crítica de mídia no campo acadêmico.

O dossiê foi organizado por Gislene Silva, editora convidada, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), e contém trabalhos desenvolvidos no I Simpósio de Crítica de Mídia que ocorreu nos dias 21 e 22 de setembro de 2017 nessa instituição, apresentados na RuMoRes no texto Como criticam os que criticam.

O dossiê possui trabalhos como: Análise crítica da cobertura da previsão do tempo em portais especializados, de María Luisa Sánchez Calero; Padrões de manipulação no jornalismo brasileiro: fake news e a crítica de Perseu Abramo 30 anos depois, de Rogério Christofoletti; Etnografia como abordagem teórico-metodológica em estudos de crítica de mídia, de Lívia de Souza Vieira; e Modos de narrar, formas de descrever: processos de (trans)crição de um corpo, de Thiago Siqueira Venanzoni.

A publicação conta com sete artigos acadêmicos, entre eles: A midiatização da cultura e a personagem do agente secreto James Bond no cinema, de Gelson Santana e Bernadette Lyra; Vozes e silenciamento em Veja e Época: o uso político das fontes na cobertura da Copa do Mundo em um ano eleitoral, de Juliano Vasconcelos e Teresinha Carvalho; e A narração de alteridade na ficção e na grande reportagem: apontamentos sobre os modos de representação do outro na televisão brasileira, de José Augusto Mendes.

RuMoRes é um periódico científico semestral voltado para a divulgação de artigos, resenhas críticas e entrevistas que contribuam para o debate sobre comunicação, cultura, mídias e linguagem. A revista aceita trabalhos originais e inéditos (de autoria individual ou coletiva) de autores e autoreas com titulação mínima de doutor(a) ou doutorando(a), vinculados a instituições de ensino superior, recebendo-os em sistema de fluxo contínuo, de acordo com as orientações encontradas nas normas de publicação. O periódico conta com o apoio do Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais e do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da ECA.

A revista é disponibilizada no Portal de Revistas da USP.