Significação lança nova edição com dossiê 'Os anos 1968 no cinema'

A Significação - Revista de Cultura Audiovisual publicou o novo número. A edição 50 está dividida em três seções: o dossiê Os anos 1968 no cinema, Artigos e Traduções, e está disponível no Portal de Revistas USP.

Os textos do dossiê destacam como “os anos 68” marcaram o cinema e como o cinema contribuiu para aprofundar as movimentações daquele ano. Os artigos consideram o caráter de ruptura e de longa duração das manifestações de 1968, de acordo com a Apresentação de Eduardo Morettin, do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR), Carolina Amaral de Aguiar, da Universidade Estadual de Londrina, e Ignacio Del Valle Dávila, da Universidade Federal da Integração Latino-americana.

A seção Traduções traz um texto de Mariano Mestman, professor da Universidade de Buenos Aires, traduzido por Fernando Seliprandy, doutor em História Social pela USP. O trabalho reconstrói eventos da IV Mostra do Novo Cinema de Pesaro, Itália, que aconteceu em 1968, e analisa a inserção do filme argentino A hora dos fornos (1968) no circuito do cinema militante do país. O filme, de duração de mais de 4h, visava levar os espectadores ao debate político.

Em Artigos, há dois eixos temáticos: um voltado para a análise histórica do cinema e outro preocupado em pensar a televisão e seus desdobramentos. O conteúdo varia entre aspectos da novela Liberdade, Liberdade, exibida pela Rede Globo, cinema doméstico, entre outros.

Significação é uma publicação semestral do Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais (PPGMPA) da ECA.