Trabalhos da ECA são finalistas na 32° edição do Prêmio Design Museu da Casa Brasileira

Três trabalhos desenvolvidos pela ECA estão entre os finalistas do 32° Prêmio Design MCB, do Museu da Casa Brasileira (MCB). O evento de premiação acontece no próximo dia 10 de novembro e todas as obras selecionadas serão expostas. Dentre os trabalhos da ECA indicados, está a tese de doutorado de Flavia Igliori Gonsales, A cor no branding, a dissertação de mestrado A infografia na divulgação científica, de Susana Narimatsu, e o livro do professor do Departamento de Artes Cênicas (CAC), Para documentar a história da moda, Fausto Viana.

O MCB foi fundado no ano de 1970 e é administrado pela Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo. O espaço dedica-se, principalmente, a questões da morada brasileira pelo viés da arquitetura e do design. Atualmente, o museu é referência nacional e internacional por promover programas como o Prêmio Design MCB, que resgata e preserva a memória sobre a diversidade da arquitetura e design do Brasil.

Os trabalhos selecionados

Defendida junto ao Programa de Pós-graduação em Ciência da Comunicação (PPGCOM), a tese de doutorado A cor no branding, de Flavia Igliori Gonsales, investiga a relação simbólica entre as cores e as marcas. O estudo aborda o uso estratégico de cores por determinadas marcas e suas motivações em aderir tais escalas cromáticas. Também faz parte da pesquisa os potenciais impactos que o uso de cor tem sobre o público consumidor.

A dissertação de mestrado A infografia na divulgação científica, de Susana Narimatsu, se volta a analisar “O processo de comunicação entre instituições de pesquisa e a comunidade não científica atentando para o papel mediador do design”. O objetivo do estudo foi analisar como a infografia ー gênero jornalístico que utiliza recursos gráfico e visuais para apresentação sucinta e atraente de determinadas informações ー pode estabelecer a comunicação e entendimento entre o público e a notícia científica.

Outro trabalho selecionado para o prêmio foi o livro do professor do CAC, Fausto Viana. A obra, Para documentar a história da moda: de James Lavis às blogueiras fashion, narra a evolução da moda através dos tempos e apresenta possibilidades para o futuro. Entre as questões fundamentais analisadas pelo autor, estão as razões para se estudar a história da moda e a caracterização dela como manifestação cultural de um povo.