Projetos de Pesquisa

(169 resultados) Download como CSV

Data de Submissãoordenar íconesDocenteTítuloSúmulaLink ver
30/08/2011Dália RosenthalPrática transdisciplinar na formação do professor de ArteEste projeto de pesquisa dá início aos estudos sobre transdiciplinaridade em Arte realizados no âmbito do NAI - Núcleo de Pesquisa e Laboratório de Arte Integral do Departamento de Artes Plásticas da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo. O objetivo deste estudo é sistematizar as contribuições da prática transdisciplinar para formação do professor de arte. Na presente etapa do projeto, pretende-se compilar, resenhar e comentar a documentação existente sobre transdisciplinaridade e prática transdisciplinar em Arte no Brasil e descrever experiências de trandisciplinaridade no ensino aprendizagem da Arte. Para isso será realizado um estudo descritivo do tipo qualitativo utilizando análise documental e entrevistas. O trabalho de análise documental incluirá a realização de leituras, fichamentos, elaboração de resenhas e de bibliografia comentada. Este trabalho será feito a partir de levantamento bibliográfico sobre prática transdisciplinar e transdisciplinaridade em Arte, acrescido de novas fontes de informação investigadas durante a realização da pesquisa. As entrevistas, por sua vez, serão realizadas com pesquisadores do pensamento transdisciplinar em Arte na contemporaneidade.ver
30/08/2011Rogerio Luiz Moraes CostaA improvisação musical e suas conexõesTrata-se de um projeto que visa dar continuidade à uma pesquisa anterior que também obteve financiamento da Fapesp. O projeto anterior - Investigação sobre o ambiente da livre improvisação musical - tratou das relações entre o pensamento composicional contemporâneo e a improvisação, realizou um estudo sistemático do relacionamento dos músicos entre si e com os aparatos eletrônicos e foi concluído com sucesso em 2009 quando passamos a fazer parte da equipe do projeto temático Mobile coordenado pelo professor Fernando Iazzetta. Como resultado do projeto anterior tivemos a consolidação desta linha de pesquisa (improvisação) no Departamento de Música da USP com a implantação de um núcleo de pesquisa sobre o assunto (formado por mestrandos, doutorandos e pós-doutorandos) com uma vasta produção acadêmica, a criação de disciplinas na graduação e na pós e a constituição de dois grupos regulares de investigação prática e teórica: o grupo Musicaficta (com Fernando Iazzetta e Cesar Villavicencio) e a Orquestra Errante (composta por alunos do departamento). O projeto atual tem como objetivos sistematizar a produção acadêmica, artística e bibliográfica do grupo de pesquisa citado, produzindo e publicando artigos em português e inglês, possibilitar a participação em congressos no país e no exterior, além de dar continuidade à investigação sobre a improvisação em suas conexões com outras áreas do conhecimento. As áreas principais de conexão são a composição, a educação, a tecnologia, a história, a análise, a crítica genética, a etnomusicologia e a filosofia. O projeto deve ter desdobramentos teóricos - através da realização de uma revisão da literatura e da produção bibliográfica - e práticos, com a implantação e consolidação de grupos de estudo e de performance.ver
30/08/2011Ricardo Alexino FerreiraMidialogia científica e etnomidialogia como disciplinas constitutivas da Educomunicação: uma proposta didático-pedagógicaTrata-se de pesquisa de ingresso no regime de trabalho da CERT/USP. A pesquisa tem como proposta a construção do campo didático-pedagógico da Midialogia Científica e Etnomidialogia na Educomunicação visando a educação científica pelos meios e a compreensão dos fenômenos sociais a partir das diversidades das matrizes culturais em uma abordagem multi e transmidiática para a formação dos educomunicadores.ver
30/08/2011Maria Dora Genis MourãoA montagem cinematográfica na contemporaneidade audiovisualA pesquisa tem como objetivo refletir sobre o papel da montagem na produção audiovisual contemporânea, especialmente naquelas obras que resultam dos cruzamentos de campos estéticos. A reflexão sobre a montagem foi tema crucial em vários momentos da história e da teoria do cinema. Se bem a primeira idéia que surge quando se fala em montagem é sua vinculação a uma técnica cinematográfica (cortar e colar, seja fisicamente como antes, seja virtualmente como agora), a montagem vai muito alem disso. É o momento da construção do discurso. Para o teórico da montagem S.M.Eisenstein o cinema é uma arte genuinamente sintética, uma arte da síntese orgânica em sua própria essência . Partindo dessa premissa, e de que o cinema se constrói a partir das relações com outras formas de arte constituindo-se em uma síntese qualitativa delas, Eisenstein imprime à montagem um valor estético, alem de ideológico, diante da capacidade que a montagem tem de organizar esses códigos heterogêneos. A trajetória da produção cinematográfica se desenvolveu no decorrer da história por dois caminhos paralelos, caminhos esses que por vezes se cruzam e se influenciam: aquele da ILUSÃO DA RERESENTAÇÃO DA REALIDADE calcado no referente, e aquele do artifício que aponta para um REAL DO REFLEXO (em contraposição a uma impressão da realidade) e que refaz o referente transformando-o em imaginário. Esse imaginário que acompanha o cinema desde seu primórdio é ativado por criadores como Méliès e Eisenstein e retomado na contemporaneidade com as novas ferramentas de produção que estão a serviço da criatividade. No entanto, a vertente do cinema narrativo clássico vai ocupando seu espaço a ponto de Andre Bazin refletir sobre o fato de que rapidamente o cinema se volta para uma "total e completa representação da realidade, uma perfeita ilusão do mundo real em som, cor e relevo . Há uma obsessão realista que persegue a história do cinema, conjugada a uma obsessão narrativa. A montagem encontrará nessas duas vertentes formas diferenciadas de aplicação. O surgimento da tecnologia vídeo (primeiro analógico e depois digital) e as novas formas de produção colocam em pauta novamente questões de montagem. Seja pelo avanço da tecnologia que muda radicalmente o aparato (moviola versus computador), seja pelo aumento de possibilidades de manipulação de imagens e sons que a tecnologia digital coloca à disposição do realizador ampliando as possibilidades de escritura do filme. É nesse panorama que se pretende recuperar a importância da montagem como criadora de sentidos e como possível lugar de intersecção das várias formas e gêneros de expressão artística. ver
31/08/2011Marcelo dos SantosEstudos de Gestão e Organização de Serviço de Informação em Ambientes Eletrônicos Os processos de produção, tratamento e disseminação da informação têm sido temas amplamente discutidos nos dias atuais, quando se constata a mudança de paradigma da posse da informação para o acesso a esta nas diferentes áreas do conhecimento. Um desafio instigante consiste em oferecer um serviço de informação que seja adaptável ao contexto, necessidades e interesses dos usuários, de modo que estes possam explorar eficientemente os conjuntos de informação, visando ampla e consistente apropriação do conhecimento. Visando contribuições para repensar o planejamento, a organização, o acesso e o melhor uso das informações em ambientes eletrônicos, este projeto apresenta a proposta de criação de um ambiente para desenvolvimento de estudos de gestão de serviços de informação, com suporte e mediação baseados em tecnologias de informação e comunicação. Especificamente, pretende-se que este ambiente proporcione condições para reflexões e aplicação de teorias, simultaneamente ao desenvolvimento de atividades práticas de organização, representação, busca e recuperação de informações (ou documentos) em serviços de armazenamento e disseminação de informação em diferentes áreas. Do ponto de vista prático, pretende-se aplicar as teorias da Ciência da Informação e Documentação no projeto de um serviço de informação destinado à área Médica (Serviço de Radiologia). O intuito de aplicar tais teorias neste serviço é suscitar algumas das principais características intrínsecas dos serviços de informação destinados à área Médica, onde são exigidas ações diferenciadas em termos de planejamento, organização, gerenciamento de recursos humanos, serviços oferecidos, atendimento aos usuários e políticas de acesso e uso das informações. De modo especial, a Radiologia Médica mostra-se como um caso adequado por oferecer potencial de aplicabilidade teórico-metodológica de conceitos fundamentais de praticamente todas as disciplinas do curso de Biblioteconomia e Documentação.ver
31/08/2011Marcelo dos SantosAmbiente Multicêntrico para Avaliação de Algoritmos de Processamento de Imagens Médicas Constantemente, uma variedade de novos métodos de processamento de imagens (algoritmos) é apresentada à comunidade. Porém, poucos destes têm sido inseridos, com sucesso, na rotina clínica. A análise e comparação de diferentes abordagens por meio de uma mesma metodologia são essenciais para a qualificação do projeto de um algoritmo. Contudo, é difícil comparar o desempenho e adequabilidade de diferentes algoritmos de uma mesma maneira. A razão principal deve-se à dificuldade de avaliar exaustivamente um algoritmo, ou pelo menos, testá-lo num conjunto abrangente e diversificado de casos clínicos. Muitas áreas, como o desenvolvimento de software e treinamentos em Medicina, necessitam de um conjunto diverso e abrangente de dados sobre imagens e informações associadas. Tais conjuntos podem ser utilizados para desenvolver, testar e avaliar novos softwares clínicos. Esta proposta apresenta um plano de ações completo para implantação de um ambiente multicêntrico de base de imagens médicas de diferentes modalidades para uso em diferentes propósitos. Um dos objetivos desta proposta é que este ambiente -- implementado como uma arquitetura de base distribuída de imagens -- armazene imagens médicas com informações de aquisição, laudos, algoritmos de processamento de imagens, gold standards e imagens pós-processadas. O ambiente ainda possui um modelo de revisão por pares que assegura a qualidade dos conjuntos de dados que serão utilizados nos processos de avaliação. O desenvolvimento deste projeto representa a continuidade do trabalho de doutorado de Marcelo dos Santos, bem como a concretização dos resultados obtidos com o protótipo durante o desenvolvimento da tese. A partir desses resultados, pretende-se oferecer meios para realizar avaliações mais abrangentes, bem como, reunir diferentes abordagens utilizadas no processo de avaliação de algoritmos de processamento de imagens médicas.ver
31/08/2011Luciana Sayure ShimabucoA Obra para Piano Solo de Cyro Pereira: revisão musicológica, editoração e edição críticaO projeto apresenta como resultado a primeira edição da obra integral para piano solo do compositor Cyro Pereira, abarcando um total de 40 peças compostas entre 1948 e 2001 e organizadas em 16 peças avulsas e 24 peças reunidas em 6 ciclos. A edição resultante disponibiliza um texto musical fiel às intenções do compositor, acompanhado de aparato crítico que - fundamentado tanto em procedimentos analíticos quanto em consultas presenciais ao compositor - justifica as intervenções editoriais que se fizeram necessárias. O projeto atingiu os objetivos inicialmente propostos, a saber: 1)Levantamento e catálogo das obras pianísticas com informações extraídas de fontes primárias (manuscritos e depoimentos do compositor), 2)Revisão das obras, fundamentada em procedimentos analíticos e em orientações do próprio compositor, 3)Editoração das partituras por meio do software de editoração musical Finale (versão 2008), 4)Edição crítica sustentada no estudo e análise dos materias musicais empregados pelo compositor. ver
31/08/2011Marcelo dos SantosEstudo e Aplicação do Ciclo Informacional nos Processos de Organização e Recuperação de Informações Clínicas no Contexto da Radiologia MédicaO presente projeto de pesquisa propõe elementos para concepção e gestão de serviços especializados de informação em ambientes eletrônicos, especialmente aqueles serviços que atendem profissionais de diversas especialidades e com diferentes perspectivas de uso da informação. A proposta de investigação tem como ponto de partida a análise do ciclo de informações de um Departamento de Radiologia para propor reflexões sobre os sistemas de recuperação de informações clínicas, tendo como base os princípios de compartilhamento e uso de informações que normalmente estão dispersas em subsistemas específicos. A partir da análise do ciclo informacional, objetiva-se garantir a disponibilidade de uma infraestrutura necessária para que equipes da área Médica possam dispor de informações, em tempo real, para análise integrada do estado clínico do paciente. Para tanto, a investigação é conduzida a partir de referencial teórico da Ciência da Informação e áreas correlatas, no que se refere ao estudo do ciclo informacional, bem como os princípios de organização e gestão da informação. No desenvolvimento deste projeto de pesquisa, ainda, pretende-se aplicar e refletir sobre os conceitos propostos pela arquitetura da informação, a partir do oferecimento de instrumentos para uso no ambiente onde a pesquisa será desenvolvida.ver
31/08/2011Armenio de Souza RangelDesenvolvimento de um modelo para a estimação dos impactos econômicos do turismo doméstico e internacional no BrasilDada a importância econômica e social crescente das atividades de turismo no Brasil, essa pesquisa tem por objetivo principal analisar os impactos do turismo doméstico e internacional com relação ao produto, renda e emprego. Ou seja, dado um determinado montante de gasto turístico doméstico e internacional, qual é o impacto final na geração de renda e emprego. ver
31/08/2011Adriana Lopes da Cunha MoreiraAnálise, percepção e interpretação musical de obras compostas durante os séculos XX e XXI: subsídios para uma compreensão da obra de Almeida PradoO presente projeto visa abranger a análise musical e duas de suas interfaces mais diretas – percepção e interpretação – de obras compostas durante os séculos XX e XXI. Assim, permite um aprofundamento em questões voltadas a aspectos formadores das tendências composicionais deste período, consideradas associação de técnicas de análise musical desenvolvidas contemporânea e internacionalmente. Neste primeiro momento, a pesquisadora Adriana Lopes da Cunha Moreira irá voltar-se à compreensão da vida e obra do compositor brasileiro Almeida Prado (1943-2010). O projeto envolve, ainda, o trabalho de pesquisa que vem sendo desenvolvido por alunos da Graduação e da Pós-Graduação em Música da USP e a infra-estrutura disponível no Laboratório de Percepção e Análise Musical (PAM) do Departamento de Música da ECA-USP, fundado (em 2008) e co-coordenado pela pesquisadora. Com a presente pesquisa esperamos poder contribuir para a compreensão, produção e divulgação bibliográfica e sonora de material analítico-musical vinculado à produção científico-musical internacional.ver
31/08/2011Adriana Lopes da Cunha MoreiraA Poética nos 16 Poesilúdios para piano de Almeida Prado: Análise MusicalEntre 2000-02, Adriana Lopes da Cunha Moreira desenvolveu na UNICAMP, com apoio FAPESP, a pesquisa denominada A Poética nos 16 Poesilúdios para piano de Almeida Prado: Análise Musical, que visou, sobretudo, o estudo, a análise e a divulgação de música contemporânea brasileira. Explorou aspectos relacionados a tempo, dinâmica, timbre, textura e estrutura, com ênfase no estudo do material formado com base na organização de conjuntos. Teve como complemento a gravação da obra em compact disc, interpretada pela pesquisadora; fotos das pinturas que motivaram a criação de algumas das peças; entrevistas com alguns dos artistas plásticos homenageados; transcrições dos Poesilúdios 6-16; um Glossário com os termos técnicos utilizados na análise musical; levantamento dos dados biográficos do compositor e uma entrevista que detalhou, dentre outros aspectos, a visão do compositor Almeida Prado sobre sua obra. A conclusão da pesquisa verificou possíveis interações entre os dados levantados, tendo identificado elementos unificadores em cada peça e elaborado considerações acerca da estrutura da obra. Em 2005, esta pesquisa recebeu o I PRÊMIO JOSÉ MARIA NEVES: MESTRADO, concedido pela ANPPOM à melhor Dissertação produzida em universidades brasileiras daquele período. Disponível para download em http://www.iar.unicamp.br/biblioteca/nova/default.php - Biblioteca IA Unicamp >> Biblioteca Digital, Acesso a conteúdo integral de teses defendidas na Unicamp, em formato digital >> Dissertações e teses >> Artes>> Procurar pelo nome do autor >> A >> Adriana Lopes da Cunha Moreira.ver
31/08/2011Adriana Lopes da Cunha MoreiraOlivier Messiaen: Inter-relação entre conjuntos, textura, rítmica e movimento em peças para pianoEntre 2004-08, Adriana Lopes da Cunha Moreira desenvolveu o projeto intitulado Olivier Messiaen: Inter-relação entre conjuntos, textura, rítmica e movimento em peças para piano, que correspondeu à sua tese de Doutorado (defendida na UNICAMP em agosto de 2008). A pesquisa propôs uma associação de técnicas de análise musical desenvolvidas durante os séculos XX e XXI aos conceitos teóricos proferidos por Olivier Messiaen no livro Technique de mon langage musical (Messiaen 1944a e 1944b) e nos três primeiros volumes do Traité de Rythme, de Couleur, et d’Ornithologie (Messiaen 1994a, 1994b e 1994c). Demonstrou a eficiência do procedimento, através da apresentação de cinco análises de peças para piano compostas por Messiaen, contextualizadas tanto por dados biográficos do compositor, como por artigos anteriormente escritos por pesquisadores teoricamente relevantes. Nos cinco Anexos que completam o exemplar, destacamos declarações inéditas na literatura mundial, proferidas pelo compositor Almeida Prado, a respeito de planos não concretizados para a composição de um segundo Catalogue d’oiseaux. Na Conclusão, foram traçadas vertentes, tanto em relação às técnicas de análise utilizadas, como à obra para piano de Olivier Messiaen como um todo. Disponível para download em http://www.iar.unicamp.br/biblioteca/nova/default.php - Biblioteca IA Unicamp >> Biblioteca Digital, Acesso a conteúdo integral de teses defendidas na Unicamp, em formato digital >> Dissertações e teses >> Artes>> Procurar pelo nome do autor >> A >> Adriana Lopes da Cunha Moreira.ver
31/08/2011Adriana Lopes da Cunha MoreiraAnálise musical de peças para piano compostas por Olivier Messiaen e Almeida Prado na década de 1980: Inter-relação entre conjuntos, textura, rítmica e movimentoEntre 2008-10, Adriana Lopes da Cunha Moreira realizou a pesquisa denominada Análise musical de peças para piano compostas por Olivier Messiaen e Almeida Prado na década de 1980: Inter-relação entre conjuntos, textura, rítmica e movimento, cujo principal objetivo foi inter-relacionar análises musicais de obras para piano compostas na década de 1980 pelo francês Olivier Messiaen (1908-92) e pelo brasileiro Almeida Prado (1943-2010) – uma vez que podem ser verificadas concomitantes mudanças nos procedimentos composicionais de ambos nesta fase. Na conclusão, foram definidos traços condutores que possam ter direcionado o uso das técnicas de composição presentes nas peças analisadas.ver
31/08/2011Sayonara Sousa PereiraLAPETT- Laboratório de Pesquisa e Estudos em TanztheaterO LAPETT grupo de Pesquisa coordenado por Sayonara Pereira começou sua atuação prática em março 2011. O grupo de pesquisa tem como intuito dialogar com ensino e pesquisas acadêmicas, tanto na graduação como na pós-graduação da Escola de Comunicações e Artes /Departamento de Artes Cênicas da USP, através de aulas expositivas, seminários, oficinas de técnicas de danças - cênicas com o objetivo de aperfeiçoar os alunos e pesquisadores dentro dos paradigmas do Tanztheater de Kurt Jooss, em diálogo com acontemporâneidade. Com a consolidação deste núcleo espera-se que sejam cada vez mais elaboradas e desenvolvidas monografias, teses, artigos, peças coreográficas,e experimentações cenicas em geral, dentro dos paradigmas e filosofia do Tanztheater. Além disso, o LAPETT pretende oferecer cursos de extensão e outras formas de produções artísticas complementares que contribuam no aprimoramento dos seus integrantes, e que levem os pesquisadores do LAPETT, a praticarem um diálogo com outras comunidades externas a Universidade. Podem tomar parte das reuniões do LAPETT estudantes de graduação, pós- graduação e profissionais das artes da cena, após entrevista com a coordenadora do grupo. As reuniões do LAPETT acontecem semanalmente no CAC/ECA-USP. ver
31/08/2011Maria Laura MartinezArquigrafia - Ambiente colaborativo para o compartilhamento de imagens de arquitetura O projeto Arquigrafia visa à criação de um ambiente colaborativo para a visualização, interação e compartilhamento de imagens digitais de arquitetura na Internet que pode ser acessado também por dispositivos móveis como tablets e smartphones, utilizando aplicativos Android/Google. Reúne uma equipe multidisciplinar de pesquisadores com três equipes trabalhando em locais diferentes, em dois estados brasileiros distintos. A docente Martinez participa desta equipe como coordenadora das áreas de design de interação e usabilidade.ver
01/09/2011Lisbeth Ruth Rebollo gonçalvesCrítica e Curadoria em Museus e BienaisNeste projeto temático, o enfoque privilegia a abordagem da Crítica de Arte e da Curadoria, tomando como espaço de observação as mostras em museus e bienais, com a participação de pesquisadores do campo da História (FFLCH/USP), Prof.Dr. Francisco Alambert, e da Arquitetura (FAU/USP),Prof. Dr. Rodrigo Queiroz. O projeto vincula-se à área de Teoria e Crítica de Arte do Programa Interunidades de Pós-Graduação em Estética e História da Arte. Como fundamentos para o estudo das dimensões de articulação entre a Crítica e a Curadoria, serão tomadas as perspectivas da História da Arte, Estética, Sociologia da Arte. Está entre os objetivos da pesquisa, o propósito de estabelecer comparações sobe a situação atual nos campos da crítica e curadoria em artes visuais e arquitetura, observando as exposições destes campos. ver
14/09/2011Ismar de Oliveira SoaresO "fenômeno educomunicativo" enquanto pensamento e prática social, no contexto da relação entre universidade e sociedade civil.O presente projeto dá continuidade à proposta de pesquisa em andamento, intitulada "EDUCOMUNICAÇÃO COMO ÁREA DE INTERVENÇÃO EM ESPAÇOS EDUCATIVOS", levando em conta que o objeto de estudo - que perfaz uma estreita relação entre pesquisa, extensão universitária e graduação - encontra-se, no momento, em franco desenvolvimento com a criação da Licenciatura em Educomunicação pela ECA/USP.No caso, a presente pesquisa amplia os objetivos da primeira, ao assumir como meta a identificação das condições mediante as quais o conceito da educomunicação foi semantizado entre o final dos anos de 1990 e os inícios dos anos 2000, observando e registrando as articulações que se estabeleceram entre as áreas da pesquisa, extensão cultural e graduação, tendo como meta a busca de explicação quer para a legitimidade acadêmica alcançada pelo conceito, quer por sua acolhida junto às políticas públicas que definem as práticas sociais no âmbito da interface comunicação/educação. Para tanto, o presente projeto de investigação tomará como base os resultados das pesquisas que se propuseram observar o campo epistemológico da educomunicação e suas práticas, resgatando a trajetória do NCE-USP em seus programas de cultura e extensão, entre os anos de 2001 e 2010, identificando, finalmente, a contribuição deste caminho experiencial para a construção e aprovação do programa de formação do profissional da educomunicação, mediante a Licenciatura em Educomunicação.ver
28/09/2011Fausto Roberto Poço VianaDos cadernos de SophiaReunião e revisão crítica de todos os textos e desenhos sobre indumentária elaborados ao longo de três décadas, entre 1940 e 1960, por Sophia Jobim, professora da Escola Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro. ver
29/09/2011Marisa Midore DeaectoA ECONOMIA DO LIVRO: CARTOGRAFIA DA PRODUÇÃO EDITORIAL NA CIDADE DE SÃO PAULO, POR SUAS INSTITUIÇÕES DE LEITURA, TIPOGRAFIAS E LIVRARIAS (SEC. XIX E XX)No alvorecer da era republicana o problema do analfabetismo foi enfrentado com veemência pela classe política paulista. Tratava-se, afinal, de uma herança maldita da monarquia, a qual se contrapunha aos princípios democráticos e universalistas da República. No período de 1890 a 1930 não foram medidos esforços para combater esse mal, os quais se concretizaram na forma de investimentos em infra-estrutura e em pessoal qualificado com vistas à expansão do ensino e das instituições de leitura. Também a sociedade parecia corresponder aos apelos dos homens públicos, ao organizar suas próprias instituições de ensino, algumas, de caráter filantrópico e ao promover a expansão de gabinetes, clubs, ou sociedades de leituras. Por seu turno, o mercado acenava positivamente para essas iniciativas, sendo a ampliação do número de livrarias e de tipografias na capital seu principal indício. Todavia, os investimentos em ensino e cultura só se fazem sentir a médio e longo prazo. Mesmo no campo editorial, impossível pensar que a simples instalação de oficinas gráficas e de livrarias poderia superar um déficit plurissecular dos mecanismos de difusão do livro. A partir dessas premissas, o projeto de uma cartografia da atividade editorial paulista, noutros termos, do desenvolvimento da economia do livro em São Paulo, visa à sistematização e análise de dados atinentes à expansão das instituições de leitura e do mercado livreiro e seus pontos de contato com as mudanças observadas no quadro cultural de nossa sociedadeNo alvorecer da era republicana o problema do analfabetismo foi enfrentado com veemência pela classe política paulista. Tratava-se, afinal, de uma herança maldita da monarquia, a qual se contrapunha aos princípios democráticos e universalistas da República. No período de 1890 a 1930 não foram medidos esforços para combater esse mal, os quais se concretizaram na forma de investimentos em infra-estrutura e em pessoal qualificado com vistas à expansão do ensino e das instituições de leitura. Também a sociedade parecia corresponder aos apelos dos homens públicos, ao organizar suas próprias instituições de ensino, algumas, de caráter filantrópico e ao promover a expansão de gabinetes, clubs, ou sociedades de leituras. Por seu turno, o mercado acenava positivamente para essas iniciativas, sendo a ampliação do número de livrarias e de tipografias na capital seu principal indício. Todavia, os investimentos em ensino e cultura só se fazem sentir a médio e longo prazo. Mesmo no campo editorial, impossível pensar que a simples instalação de oficinas gráficas e de livrarias poderia superar um déficit plurissecular dos mecanismos de difusão do livro. A partir dessas premissas, o projeto de uma cartografia da atividade editorial paulista, noutros termos, do desenvolvimento da economia do livro em São Paulo, visa à sistematização e análise de dados atinentes à expansão das instituições de leitura e do mercado livreiro e seus pontos de contato com as mudanças observadas no quadro cultural de nossa sociedadever
29/09/2011Marisa Midore DeaectoHISTÓRIA DAS PRÁTICAS EDITORIAIS E DA LEITURA NO BRASIL (SEC. XIX-XXI)A linha de pesquisa História das práticas editoriais e da leitura, literária e não literária, no Brasil se propõe a realizar estudos sistemáticos que visem identificar e analisar, com um enfoque histórico, atuações de agentes produtores do impresso e correlações de suas ações com os circuitos da leitura.ver
30/09/2011Marisa Midore DeaectoENTRE LIVROS E REVOLUÇÕES: A RECEPÇÃO DA LITERATURA FRANCESA NO BRASIL (1848-1889)O projeto propõe investigar as obras traduzidas para o português sobre a Revolução Francesa, em edições publicadas no espaço luso-brasileiro, no período de 1848 a 1889. Não se trata de discutir a temática da Revolução de 1789 em termos políticos ou mesmo historiográficos, mas de analisar a dinâmica circulacional destas edições na perspectiva das transferências culturais entre a França, Portugal e o Brasil. Entendendo as traduções como estratégia de difusão, senão, de vulgarização de um tema-chave para a compreensão do mundo contemporâneo, objetiva-se, enfim, averiguar em que medida os ecos da Revolução aportaram em solo brasileiro (também) via Portugal, em um contexto de afirmação do liberalismo e do republicanismo.ver
30/09/2011PAULO Roberto NASSAR de OliveiraComo a geração "facebook" avalia a comunicação das empresasA pesquisa tem como objetivo avaliar como a geração "facebook" avalia a comunicação das empresas no Brasil. A população da pesquisa corresponde aos estudantes de graduação dos cursos de administração e economia das escolas listadas no Índice Geral de Cursos da Instituição (IGC), nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Foram selecionadas duas universidades por cidade, com base no ranking, com a inclusão da Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo. Para a coleta de dados, foi utilizada a técnica de pesquisa quantitativa, com a aplicação de 400 questionários numa amostra não probabilística por cota, com a abordagem pessoal nas universidades selecionadas. O período de coleta de dados foi de 10 de agosto a 01 de setembro de 2011. A pesquisa é coordenada pelo Prof. Dr. Paulo Roberto Nassar de Oliveira e pela Prof.Ms. Suzel de Lima Figueiredo. A operação está sendo coordenada por Carla Mingolla e Fabiana Rinaldi, ambas da Ideiafix Pesquisas Corporativas. A pesquisa será publicada no Valor Setorial, publicação do jornal Valor Econômico, em novembro de 2011. ver
02/10/2011Eduardo VicenteRADIOTECA: Implantação e Gerenciamento de uma Webradio acadêmica Esse projeto objetiva a implantação de uma webradio no Departamento de Cinema Rádio e TV da ECA/USP, bem como a organização e sustentação de sua grade de programação. Essa rádio funcionará como uma emissora experimental, oferecendo aos alunos a oportunidade de discutir os diferentes aspectos envolvidos nas áreas de produção e gerenciamento de uma rádio. Ela viabilizará tanto o desenvolvimento de programas ao vivo e/ou seriados – de produção pouco freqüente dentro da dinâmica de um curso de graduação – quanto de atividades integradas entre alunos de diferentes departamentos (envolvendo, especialmente, alunos da Música, Publicidade e Jornalismo). Adicionalmente, ela oferece oportunidades tanto para a recuperação e pesquisa acerca do acervo de produções radiofônicas desenvolvidas ao longo da história do curso quanto para a sistematização e difusão dos conhecimentos necessários para o desenvolvimento de uma webradio. ver
02/10/2011Eduardo VicenteRÁDIO NOVO: critica social e experimentação estética no radiodrama paulistanoo objetivo desse projeto é o de analisar a produção ficcional radiofônica desenvolvida na cidade de São Paulo ao longo dos anos 50 tentando identificar elementos que aproximem essa produção da efervescência política e cultural que, nos anos 60, marcaria iniciativas desenvolvidas em outras áreas de nossa indústria cultural, especialmente o cinema, a música e o teatro. Para tanto, a pesquisa deverá se concentrar nas produções realizadas para o rádio paulista por três autores: Dias Gomes, Túlio de Lemos e Osvaldo Molles. Diante desse cenário, o projeto propõe três movimentos principais: 1) a apresentação da trajetória desses autores em relação ao cenário político e cultural do período; 2) a contextualização da produção radiofônica paulista dentro do cenário mais amplo do desenvolvimento da indústria cultural no país, além do estabelecimento de um contraponto entre essa produção ficcional mais “local” e aquela desenvolvida pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro que, por seus recursos e por sua natureza (emissora Estatal), abrangia todo o território nacional; 3) exemplificação da produção então desenvolvida através da análise de produções dos três autores citados, atividade que servirá como base para uma proposta de atualização do referencial teórico e analítico tradicionalmente utilizado no rádio para a discussão de sua linguagem.ver
05/10/2011VICTOR AQUINO GOMES CORREACâmbios estéticos na perspectiva da metrópole.Analisa os impactos na paisagem urbana da retirada da mídia ao ar livre após a Lei Cidade Limpa, na cidade de São Paulo, Brasil.ver
06/10/2011Artur MatuckTeoria, História e Prática da Meta-escrituraO conceito de Escrituras Mediáticas fundamenta-se numa perspectiva do processo de autoria desenvolvido em muitas obras contemporâneas de arte e tecnologia. Este conceito desdobra o processo de criação em estágios distintos e sucessivos: o primeiro, chamado meta-texto, atua como gerador, determinador do segundo, o texto propriamente dito, que atualiza o metatexto, realizando o projeto enunciado.ver
06/10/2011Artur MatuckArte Telemáticaver
06/10/2011Artur MatuckLiteraterraver
15/10/2011Benny Kramer CostaEstratégia de Localidades Receptivas de Turismo – Um Estudo no Estado de São Paulo ver
15/10/2011Benny Kramer CostaElementos para a Análise dos Stakeholders na Gestão Municipal do Turismo: Um Estudo de Caso no Órgão Municipal de Turismo de Guarulhos/SP ver
15/10/2011Benny Kramer CostaStakeholders Tourism: Um Estudo Bibliométrico da Produção Científica Mundial ver
15/10/2011Benny Kramer CostaEstado da Arte em Stakeholders e Tourism e a sua Evolução nas Publicações em Revistas Científicas Internacionaisver
15/10/2011Roberto Franco MoreiraOs gêneros cinematográficos e o público brasileiroO objetivo dessa pesquisa é mapear o gosto do público brasileiro nos últimos dez anos. Diversos estudos indicam como a filiação a um gênero é pré-condição para o espectador se interessar por um título, no Brasil, quais são os gêneros preferidos e como o nosso cinema atende ou não esta demanda? Relegado a segundo plano na pesquisa acadêmica, os filmes de sucesso têm grande impacto social. Compreender como se dá a recepção desse cinema ajuda entender o consumo cultural do brasileiro e pode fornecer subsídios importantes para a produção de novos filmes. ver
18/10/2011João Paulo Amaral Schlittler SilvaWebsite do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão da ECA USP O projeto tem como objetivo a difusão na internet da produção audiovisual, atividades, informações do Departamento de Rádio, Cinema e Televisão da Escola de Comunicações e Artes da USP. A atualização de notícias de eventos, projetos de pesquisa com ênfase em conteúdo audiovisual digital, permite dar continuidade ao projeto AVTV do programa Ensinar com Pesquisa que possibilitou a criação do website do Curso Superior do Audiovisual. Levar em conta um público mais amplo é algo novo no curso, pois a exibição da maior parte dos exercícios realizados ao longo da graduação se restringe aos próprios alunos do departamento e, no caso de curtas-metragens dos trabalhos de conclusão de curso, a festivais universitários. Com a transmissão de programas através do Canal Online do Curso Superior do Audiovisual, o AV TV, os produtores-estudantes conseguirão analisar a repercussão de seu trabalho através de fóruns e enquetes, onde poderão discutir e trocar opiniões com espectadores. A internet como meio global de comunicação, possibilita a divulgação universal da produção acadêmica, das atividades de cultura e extensão, das atividades de pesquisa, sendo de extrema importância a constante atualização do conteúdo do website ao se considerar o dinamismo deste meio. O site atualmente programado em HTML será convertido para Word Press que possui uma interface bastante acessível, facilitando a atualização dos dados. ver
20/10/2011Wagner Souza e SilvaFotografia na cultura informacionalA paisagem prática da fotografia contemporânea está regida pelas inovações tecnológicas introduzidas pelo universo digital. A cultura da informação, com seus dispositivos híbridos, softwares diversos e redes sociais abrangentes estabelece uma dinâmica de circulação de imagens que passa a ter efetiva participação na definição do numérico como nova condição epistemológica para a construção do conhecimento. Nesse sentido, a idéia de documento, bastante alinhada com a prática fotográfica convencional, encontra-se em reconfiguração, o que afetará, inevitavelmente, os papéis sociais que sempre foram atribuídos à fotografia, visto que, preponderantemente, esta sempre foi praticada como técnica de representação fiel da realidade. Por meio de análise critica de bibliografia e mapeamento de tecnologias e produções fotográficas contemporâneas, este projeto buscará observar a inserção da fotografia nas práticas da cultura informacional, assumindo que uma nova consciência documental passa a ser exigida, o que redefine, portanto, as potencialidades de sentido para as suas imagens.ver
20/10/2011Wagner Souza e SilvaFotografia na cultura informacionalA paisagem prática da fotografia contemporânea está regida pelas inovações tecnológicas introduzidas pelo universo digital. A cultura da informação, com seus dispositivos híbridos, softwares diversos e redes sociais abrangentes estabelece uma dinâmica de circulação de imagens que passa a ter efetiva participação na definição do numérico como nova condição epistemológica para a construção do conhecimento. Nesse sentido, a idéia de documento, bastante alinhada com a prática fotográfica convencional, encontra-se em reconfiguração, o que afetará, inevitavelmente, os papéis sociais que sempre foram atribuídos à fotografia, visto que, preponderantemente, esta sempre foi praticada como técnica de representação fiel da realidade. Por meio de análise critica de bibliografia e mapeamento de tecnologias e produções fotográficas contemporâneas, este projeto buscará observar a inserção da fotografia nas práticas da cultura informacional, assumindo que uma nova consciência documental passa a ser exigida, o que redefine, portanto, as potencialidades de sentido para as suas imagens.ver
24/10/2011Anderson Vinicius RomaniniLaboratório Transdisciplinar de SemióticaO projeto pretende investigar a hipótese de que a comunicação, entendida como semiose, é um elemento ontológico da realidade, o que sustentaria uma Teoria Realista da Comunicação. Para tanto, prevê a criação do Laboratório Transdisciplinar de Semiótica (LTS) estruturado na forma de rede de compartilhamento de idéias e informações entre pesquisadores de variadas áreas do saber no Brasil e no exterior interessados em aplicar a semiótica sobre diferentes fenômenos da realidade. Entre os objetivos específicos do projeto estão: (1) produzir análises de fenômenos de várias áreas da ciência a partir dos conceitos da semiótica; (2) demonstrar a validade da Tabela Periódica das Classes de Signos e da Solenóide da Semiose para as análises desses fenômenos; (3) divulgar as análises semióticas realizadas, usando-as para exemplificar as 66 classes de signos descritas no projeto Minute Semeiotic – Por uma Teoria Realista da Comunicação; (4) criar uma rede de referência virtual para estudos transdisciplinares em semiótica, (5) produzir material didático e de disseminação sobre o tema a partir da gravação de entrevistas com pesquisadores especialistas, registro de aulas e eventos relacionados ao tema, (6) estimular a produção científica e publicação em Semeiosis – Semiótica e Transdisciplinaridade em Revista (www.semeiosis.com.br), bem como nas principais revistas nacionais e internacionais interessadas no assunto. ver
26/10/2011Cibele Araújo Camargo Marques dos SantosIndicadores temáticos e de internacionalização da produção científica brasileira em organização da informação e do conhecimento em bases de dados bibliográficasMapeamento da produção científica sobre a Organização da informação e do conhecimento em artigos indexados nas bases de dados bibliográficas internacionais para obter indicadores temáticos e o grau de internacionalização dessa produção. Realizado a partir de artigos de periódicos brasileiros e internacionais indexados nas bases de dados: SciVerse Scopus, Web of Science e LISA (Library and Information Science Abstract). Permitirá identificar tendências de pesquisa e subsidiar políticas de pesquisa que contribuam para dar maior visibilidade à produção científica brasileira na área.ver
28/10/2011Alexandre Fontainha FicarelliA música brasileira de câmara para madeiras - de José Siqueira e Francisco MignoneO projeto contempla o resgate de obras em bibliotecas e acervos particulares e propõe uma catalogação e edição de obras seletas. Os manuscritos, em sua maioria, apresentam falhas e rasuras, algumas obras em duplicidade são estudadas e aconselha-se o uso de determinado material, com a finalidade de viabilizar ao intérprete ou estudioso um melhor entendimento do texto. A existência de inúmeras obras de envergadura dentro da música de câmara de José Siqueira e Francisco Mignone compõe um panorama muito mais abrangente das técnicas composicionais destes compositores.ver
29/10/2011Lucilene CuryO Mundo Digital e sua relação com os aspectos Cognitivos do Sujeito O Grupo Cibernética Pedagógica - LLD - abriga os projetos citados, com resultados já apresentados em congressos e, desde o início de 2011, vem tratando de estabelecer novos temas para desenvolvimento dos estudos, principalmente os relacionados à questão da cognição nos seus vários aspectos, incluindo os cerebrais, num contexto interdisciplinar. ver