Projetos de Pesquisa

(169 resultados) Download como CSV

Data de SubmissãoDocenteordenar íconesTítuloSúmulaLink ver
14/07/2011Cristian da Silva BorgesDos métodos gráficos a uma ciência da fuga como forma de análise do movimento no cinemaEste projeto de pesquisa propõe um estudo aprofundado do movimento no cinema – sua função, seu sentido, sua frequência, suas recorrências e variações etc. –, a fim de que se possam identificar algumas das modalidades desse movimento, em relação a certos parâmetros do que denomino Cinemática ou Ciência da Fuga. Trata-se da segunda etapa de uma pesquisa, iniciada em 2008, com bolsa de pós-doutorado da FAPESP e supervisão do prof. Ismail Xavier, na ECA-USP.ver
14/07/2011Ciro Juvenal Rodrigues Marcondes FilhoO Dilema da Incomunicabilidade, IIIO projeto de pesquisa “O dilema da incomunicabilidade” busca investigar o truncamento da comunicação no plano da relação entre a subjetividade e o mundo circundante, no plano das trocas singulares entre gêneros e no plano mais geral das irradiações impessoais "de massa" e no campo virtual. No campo das formas sociais amplas da difusão em massa, a incomunicabilidade se dá, por hipótese, na produção e emissão de notícias, onde os jornalistas e as empresas de comunicação irradiam quantidades diárias de sinais, cuja receptividade é incerta e cujos efeitos não podem ser plenamente verificados. O jornalismo produz informações que são veiculadas e assim apreendidas pelo público receptor mas cujo efeito não é o de realizar transformações de fundo, a saber, comunicabilidade stricto sensu, mas, enquanto sistema de alarme, chamar a atenção para fatos que exijam ação de outros atores sociais. Na formas digitais, a incomunicabilidade ocorre por força do uso restrito das potencialidades linguísticas e das restrições do meio, particularmente na ausência do face a face da comunicação presencial. No plano intersubjetivo, a incomunicabilidade efetiva-se como diferença inconciliável entre os sexos, desconhecendo o sexo masculino a particularidade comunicacional lógica e existencial do feminino, tentando reduzi-la à sua fórmula e à sua própria sexualidade. Essa dificuldade se torna ainda mais explícita no relacionamento de casais, onde o universo da diferença estrutural das singularidades sexuais alcança seu paroxismo na patologia da incomunicabilidade conjugal. No plano individual, a incomunicabilidade acontece no isolamento de cada um como "impossibilidade radical de sair de si" ou de partilhar vivências e emoções que se encontram na vida solitária da alma. Apesar disso, há uma vontade de comunicar que, em casos extremos, torna-se desespero por comunicação que só acaba se realizando no "extremo possível do homem", como, por exemplo, nas formas do suicídio. ver
26/10/2011Cibele Araújo Camargo Marques dos SantosIndicadores temáticos e de internacionalização da produção científica brasileira em organização da informação e do conhecimento em bases de dados bibliográficasMapeamento da produção científica sobre a Organização da informação e do conhecimento em artigos indexados nas bases de dados bibliográficas internacionais para obter indicadores temáticos e o grau de internacionalização dessa produção. Realizado a partir de artigos de periódicos brasileiros e internacionais indexados nas bases de dados: SciVerse Scopus, Web of Science e LISA (Library and Information Science Abstract). Permitirá identificar tendências de pesquisa e subsidiar políticas de pesquisa que contribuam para dar maior visibilidade à produção científica brasileira na área.ver
03/11/2011Celso FredericoTrabalho e comunicação: a desmaterialização do realPesquisa teórica que procura entender como autores de diversas tendências relacionaram trabalho e comunicação. A herança iluminista presente fez com que esses autores, de uma forma ou de outra, retomassem o tema da emancipação humana. Em qual dos polos – trabalho ou comunicação – devemos pensar a emancipação? As respostas dadas, quase sempre, partiram de um determinismo tecnológico. 1) Há, inicialmente, aqueles que se situam no interior de uma problemática comunicacional. A centralidade da linguagem, presente desde sempre no estruturalismo, teve continuidade no pós-estruturalismo ou, como preferem nomear os franceses, no pós-modernismo. O pioneiro dessa concepção é Wiener, o “pai” da cibernética. A partir das ideias desse autor – mas longe de sua inspiração humanista – desenvolveram-se as várias teorias da “sociedade da informação”, “capitalismo cognitivo”, “sociedade pós-industrial” etc. O computador enfim desbancaria o mundo fabril e as antigas classes sociais que dividiam a sociedade. A produção material seria substituída pelo conhecimento, a democracia atingiria a sua perfeição na “ágora eletrônica”, e a “classe do conhecimento”, exercendo o seu poder, promoveria a transição de uma economia mercantil para uma “economia de dádiva”, cujo modelo é o compartilhamento de informações propiciado 2) Uma segunda corrente, diferentemente da primeira, não parte da comunicação, mas das metamorfoses ocorridas na esfera da produção, vale dizer, das transformações ocorridas na esfera do trabalho. O texto inaugural é o Grundrisse, momento em que Marx especula sobre o futuro do trabalho. No capitalismo plenamente desenvolvido, segundo o seu prognóstico, a riqueza tende a tornar-se “menos dependente do tempo de trabalho” e dependeria mais “do estado geral da ciência e do progresso da tecnologia, ou da aplicação da ciência à produção”. Desse modo, a ciência, como “força produtiva máxima”, projeta o fim da lei do valor- A partir daí, diversos autores passaram a ver nas transformações tecnológicas a promessa da emancipação social ou, ao menos, os espasmos finais da sociedade capitalista. A produção material, no novo estágio pós-industrial, perde progressivamente o seu papel central, ao ser substituída pela “significação” e pela “imaterialidade”. A nova forma de produção depende essencialmente da comunicação entre os agentes e de seus saberes. Trata-se, portanto, de uma “lingustic turn” ocorrida no próprio trabalho. Perfilam-se aqui, entre outros, os teóricos do “trabalho imaterial” (Negri, Lazzarato, Gorz), da “sociedade em rede” (M. Castells), da “sociedade informática” (Adam Schaff) e da “sociedade informacional” Partindo da comunicação ou do trabalho, as duas correntes acima, convergem na desmaterialização do real, na centralidade da comunicação e no otimismo com relação ao desenvolvimento tecnológico.ver
14/07/2011Celia Maria de Moraes DiasHospitalidade: da imagem ao simbólicoPesquisa exploratória, documental e de campo, que visa levantar elementos simbólicos relacionados à hospitalidade, junto a amostra intencional de pessoas, escolhidas entre profissionais, docentes e discentes da área de turismo, hotelaria e hospitalidade. O trabalho está baseado em exercício de aplicação de metodologia utilizada por Vasconcelos (2003), que desenvolve o que denomina “Relatório de percepção para criação de marcas”. Pretende-se avaliar a existência de elementos fundamentais que refiram a hospitalidade, em particular uma hospitalidade brasileira ou “hospitalidades regionais”, de forma a poder subsidiar análises e pesquisas, para orientar a pequena hotelaria nacional, bem como a utilização em material publicitário. ver
14/07/2011Brasilina PassarelliCriando Comunidades Virtuais de Aprendizagem e de Prática na Pós-Graduação da ECA/USP http://ccvap.futuro.usp.brO portal Criando Comunidades Virtuais de Aprendizagem e de Prática constitui ambiente virtual integrado a um banco de dados relacional dedicado a ancorar a pesquisa , a produção coletiva do conhecimento e a comunicação digital entre alunos do programa de pós-graduação em CIências da Comunicação da ECA/USP. Nesta pesquisa concebi, orientei a arquitetura da informação e do projeto do banco de dados, a implementação do portal e sua manutenção em servidores da Escola do Futuro/USP. A interface gráfica identifica cada seção com cores próprias para facilitar a navegação e sinalizar ao usuário onde ele se encontra. A seção Conteúdo ancora os tópicos do programa da disciplina explorando a convergência de mídias, incorporando textos, animações e vídeos, trabalhando simultaneamente com a narrativa linear e a não-linear, hipertextual. Foram criadas, especialmente para cada tema da agenda, animações provocadoras para alavancar os debates a serem realizados, tanto presencialmente como via fórum. Ancora a reflexão sobre educação à distância, bem como incentiva a produção do conhecimento e a interação entre os alunos do curso de pós-graduação da ECA/USP. Acessível em: http://ccvap.futuro.usp.br.ver
03/11/2011Brasilina PassarelliREDEFOR REDE São Paulo de Capacitação de ProfessoresUtilização de Educaçao a Distância através de AVA - Ambiente Virtual de Aprendizagem dedicada a prover especialização aos professores de ciências da rede pública do estado de São Paulo. Convênio entre a Secretaria do Estado da Educação de São Paulo e a Universidade de São Paulo.ver
14/07/2011Brasilina PassarelliPrograma de Inclusão Digital Acessa SP www.acessasaopaulo.com.br. Incentiva o protagonismo digital em comunidades carentes .Programa Acessa SP destinado a incentivar o protagonismo digital e a inclusão social de comunidades carentes . Desenvolvido em parceria com o Governo do Estado de São Paulo. Tem como principais atividades o gerenciamento de 620 infocentros localizados no estado de São Paulo; 50 milhões de usuários e 1200 monitres / mediadores dos infocentros. As atividades contemplam a arquitetura do portal e atualização das informações; a capacitação de monitores para os infocentros; cursos online; plebiscitos e surveys sobre assuntos de interesse das comunidades. Propiciao o desenvolvimento da cidadania e possibilita acesso às informações nas áreas de saúde, educação, negócios e serviços governamentais disponíveis na Internet. Detentor de vários prêmios de melhor projeto de inclusão digital.ver
14/07/2011Brasilina PassarelliProjeto EntreMeios - formação continuada com docentes em São BernardoEm parceria com a prefeitura de São Bernardo do Campo, o novo projeto entre o NAP Escola do Futuro/USP e Secretaria da Educação, promove a capacitação dos educadores da rede pública, visando a utilização dasTIC em sala de aula como recurso ao aprendizado e aprimoramento na qualidade de ensino. O projeto também se estabelece em torno da criação de uma Comunidade Virtual de Aprendizagem, constituindo-se como um organismo vivo que tornará possível a troca de experiências e informações entre os envolvidos no processo, bem como a participação em cursos online e a formação de uma rede cooperativa entre Institutos Municipais de Ensino. O convênio prevê a formação dos profissionais da educação - professores, coordenadores e orientadores pedagógicos e equipes gestoras para o uso pedagógico das mídias digitais e sua incorporação ao Projeto Político Pedagógico; o acompanhamento e formação dos profissionais que atuam nos laboratórios de informática das escolas monitores e pape - a fim de que desenvolvam um trabalho de apoio técnico aos professores e alunos e de parceria no planejamento e desenvolvimento das atividades realizadas com as Tecnologias da Informação e Comunicação; e a preparação de professores para a integração das TIC s ao currículo escolar assumindo o uso regular dos Laboratórios e Netbooks.ver
14/07/2011Brasilina PassarelliTelecentros BRGestão dos telecentros gerenciados pelo governo federal no território nacional no que tange à formação - presencial e a distancia - dos monitores/mediadores .O projeto contempla também a concepção e implementação do portal , de conteúdos digitais interativos, redes sociais e pesquisa com etnografia virtual a ser realizada com a comunidade de usuários.ver
14/07/2011Brasilina PassarelliLiteracias Emergentes na WEB 2.0: pesquisas qualitativas e etnografia virtual no mapeamento e caracterização das novas formas de aprender ; processar informação e produzir conhecimento em redeO mundo conectado em rede é marcado pela interatividade e pela colaboração, características que reconfiguram os modos de aprender e ensinar na contemporaneidade. A vida em rede trouxe inúmeras consequências para a produção cultural e para a educação, caracterizadas por novos hábitos interacionais em novas ferramentas comunicacionais, transformando não apenas as práticas educativas, mas também os métodos e técnicas de pesquisa em comunicação, educação e ciência da informação. A cada ano, as pesquisas provenientes desses campos convergem para compreender o processo pelo qual alunos e professores vivenciam ações mais autônomas e ao mesmo tempo mais colaborativas nas redes sociais na da WEB 2.0 Nesse contexto, a trajetória do Núcleo de Pesquisa das Novas Tecnologias Aplicadas à Educação - Escola do Futuro/USP (NAP EF/USP) fundamenta-se, majoritariamente, na articulação entre programas de inserção das TIC´s e seus impactos nos contextos da educação formal e não-formal. Na última década dedicou-se a projetos de pesquisa-ação sobre inclusão digital – como o Programa de Inclusão Digital AcessaSP http://acessasp.sp.gov.br - bem como a pesquisas de caráter etnográfico destinadas a investigar comportamentos dos “atores em rede” , iniciadas em 2006 e geradoras das fundações do Observatório da Cultura Digital instituído em 2008 como lócus provilegiado das pesquisas desde então realizadas por pesquisadores do NAP EF/USP. Enquanto a primeira onda da Internet referia-se às ações direcionadas ao digital divide, que buscavam possibilitar o acesso à rede, a segunda onda (atual) resulta do fenômeno das redes sociais, deslocando o foco das pesquisas e projetos do NAP EF/USP para a questão das literacias emergentes nas redes sociais. O Observatório da Cultura Digital destina-se, assim, a estudos e pesquisas sobre a sociedade em rede e seus impactos nas áreas da comunicação, da educação e da informação, englobando mas não se limitando às novas formas de disseminação da informação, da comunicação e da aprendizagem forjadas na revolução das redes digitais. ver
14/07/2011Brasilina PassarelliNexus - Da Informação ao Conhecimento. Portal dedicado a alunos da graduação do CBD/ECA/USP.Constitui portal web integrado a um banco de dados relacional que ancora os conteúdos programáticos das disciplinas Recursos Informacionais I e II e Orientação Bibliográfica pertencentes à graduação do Departamento de Biblioteconomia e Documentação da ECA/USP. O portal propicia aos alunos a publicação de trabalhos individuais e coletivos, em espaços dedicados bem como em Blogs individuais criados pelos alunos. Desta forma se estimula a autoria na Web e a alfabetização digital, através da utilização de recursos da Web.ver
14/07/2011Brasilina PassarelliObservatório da Cultura Digital - Linha de Pesquisa no NAP Escola do Futuro/USPO mundo das novas tecnologias de comunicação é marcado pela interatividade e pela colaboração, características que reconfiguram os modos de aprender e ensinar na contemporaneidade. A vida em rede trouxe inúmeras consequências para a produção cultural e para a educação, caracterizadas por hábitos de interação e pelo uso das ferramentas comunicativas, transformando não apenas as práticas educativas, mas também os métodos e técnicas de pesquisa em comunicação e educação. A cada ano, as pesquisas provenientes desses dois campos convergem para compreender o processo pelo qual alunos e professores vivenciam ações mais autônomas e ao mesmo tempo mais colaborativas por meio das mídias, e principalmente, por meio das redes sociais na internet. A atual prática da liberdade proveniente do acesso ao conhecimento disponível na rede propicia hábitos de compartilhamento de informações que superam divisões políticas e institucionais. Tais mudanças proporcionam a emergência de uma cultura mais crítica, dotada de maior capacidade de intervenção para além dos limites das instituições sociais e que exige dos alunos a capacidade de interpretar, avaliar e interagir com a informação de forma crítica. Assim, as novas preocupações a respeito da educação na contemporaneidade implicam, também, em investigar as formas e níveis de apropriação e uso das tecnologias. A trajetória do NAP Escola do Futuro/USP fundamenta-se, majoritariamente, na articulação entre programas de inclusão digital e pesquisas de caráter etnográfico destinadas a investigar comportamentos dos atores em rede , constituindo-se portanto, em lócus privilegiado para as pesquisas do Observatório da Cultura Digital, criado em 2008. Enquanto a primeira onda da Internet referia-se às ações direcionadas ao digital divide, que buscavam possibilitar o acesso à rede, a segunda onda (atual) resulta do fenômeno das redes sociais, deslocando o foco das pesquisas e projetos do NAP Escola do Futuro/USP para a questão das literacias emer.ver
14/07/2011Brasilina PassarelliInvestigações Ambientais na EscolaO projeto INVESTIGAÇÕES AMBIENTAIS NA ESCOLA pesquisa alternativas para o ensino de ciências através da incorporação de metodologias de investigação de situações-problema e da utilização das novas tecnologias de comunicação. Uma equipe de biólogos, químicos e pedagogos tem elaborado diversos projetos investigativos de ciências, que apresentam problemas verídicos situados em variados contextos nas áreas de Biologia, Física e Química. Os alunos de escolas públicas de ensino fundamental e médio que utilizam estes projetos investigativos pesquisam, postam seus dados e dúvidas, discutem e se comunicam com outros alunos através do site , constituindo uma comunidade virtual de aprendizagem. A nossa pesquisa envolve as mudanças que acontecem no processo de ensino-aprendizagem, envolvendo alunos e professores, pela implementação desta metodologia e o uso da comunidade virtual nas escolas. Atualmente,as pesquisas são desenvolvidas junto às escolas municipais de Cubatão (SP), em parceria com o Centro de Capacitação e Pesquisa em Meio Ambiente (CEPEMA). A metodologia aplicada ao projeto Investigações Ambientais na Escola tem sido desenvolvida a partir do trabalho da equipe, anteriormente denominada LECT (Laboratório de Ensino de Ciências & Tecnologia) que, atuante desde 1994, já envolveu em suas pesquisas mais de 500 professores, 100.000 alunos e 100 escolas no Brasil e em outros países.ver
27/08/2011Branca Coutinho de OliveiraCorpo TrágicoO projeto de pesquisa que se estende sob as obras artísticas autorais é traçado no estudo da relação entre qualidade e matéria relativas à imagem, na perspectiva das Poéticas Visuais. Tendo o corpo como objeto, procura-se estabelecer relações entre os conceitos de intensidade e extensão. O trabalho se desenvolve com foco na investigação preconizada pela pesquisa da sensação de caráter trágico, cujo sentido “nietzscheano” diz respeito a “Uma lógica da afirmação múltipla, portanto uma lógica da pura afirmação, e uma ética da alegria que lhe corresponde (...). O trágico não está fundado numa relação entre o negativo e a vida, mas na relação essencial entre a alegria e o múltiplo, o positivo e o múltiplo, a afirmação e o múltiplo (...)” (Gilles Deleuze, no livro “Nietzsche e a Filosofia”, p.11) - transmutação. Segundo Deleuze, nunca se compreendeu o que era o trágico para Nietzsche; tratava-se, para ele, de um conceito relativo à alegria: “Trágica é a afirmação, porque afirma o acaso e a necessidade do acaso; porque afirma o devir e o ser do devir, porque afirma o múltiplo e o um do múltiplo”. Assim, no mesmo curso, Deleuze concebe a noção de multiplicidade. Concluindo, trata-se de uma poética da hibridação do atual e virtual que age no conhecimento do real, na sua trama, estrutura e no seu homólogo simulado.O resultado esperado é a criação de uma série de experimentos estéticos, produzidos através de operações poéticas em processos de composição dialógica entre imagens estáticas e dinâmicas nos meios eletrônicos. O registro visual e textual da investigação expõe o plano conceitual em que as obras (os experimentos) se projetam e se multiplicam.ver
14/07/2011Branca Coutinho de OliveiraProjeto Robert Schumann 200 Anos - a dobra schumaniannaO Projeto Robert Schumann 200 anos - a dobra schumanianna visa a realização de um conjunto de atividades culturais relacionadas à importância deste compositor e pensador do século XIX, que, pelo seu gênio criativo e singularidade de procedimentos, se conjuga hoje a experimentos artísticos originais, tornando-se simultaneamente fonte de inspiração e objeto de estudo. O projeto se constitui da criação, produção e apresentações de um Concerto Instalação - obra multimídia que alia perfomance pianística à criação videográfica em tempo real; de Exposição de Gravuras e Registros Documentais relacionados; de organização de Simpósio composto de palestras e debates, com apoio da USP, UNESP, Unicamp e Instituto Goethe; e, por fim, da realização de material gráfico paradidático acerca do memorial descritivo de todas as fases do processo, desde a pesquisa inicial até execução final, com produções de um livro e um DVD.ver
14/07/2011Branca Coutinho de OliveiraPoética da Multiplicidade: Produção de Imagens com Processos Criativos em Vídeo Digital.Em nossa cultura, a produção audiovisual congrega múltiplos tensores, advindo de três paradigmas criativos: arte, ciência e filosofia - três diferentes formas de produzir o singular, o novo. Essa tríplice mistura virtualiza o contexto da pesquisa poética, abrindo novas possibilidades de atuação criativa e de atualização do trabalho artístico. Assim, o mundo sobre o qual grande parte dos artistas contemporâneos é convocada a intervir já não é o das realidades naturais nem tampouco artificiais, mas o das realidades virtuais. Por tratar-se de uma contextualização extremamente recente e ainda em formação, a ação do artista se dá de forma francamente experimental, suscitando um concomitante trabalho de mapeamento e documentação, bem como a conceitualização da produção emergente. Em se tratando de experimentos virtualizantes, que visam a atualização de um repertório de imagens de acervos diversos, ou seja, representações já constituídas e multidisciplinares, a problematização deve ser constituída pragmaticamente. Com efeito, para o artista, almejar o múltiplo, o novo, significa propor um método capaz de fazê-lo. Sabemos que cada tecnologia remete a um universo de valor e sua respectiva constelação enunciativa que, em última instância, se articula com os saberes e os discursos num determinado contexto cultural. A técnica, então, faz sentido. Não obstante, seria capaz de fazer a diferença, o múltiplo, o singular? Ao colocarmos a tecnologia na perspectiva de um paradigma estético-processual, estaremos buscando intercessores para a heterogênese do humano, o devir outro das formas de subjetivação e semiotização. Tais formas alternativas são de aplicação transdisciplinar e podem funcionar como forças existenciais, poéticas, e , com isso, oferecer alternativas aos valores e representações dominantes, hegemônicos e deterministas vigentes em todas as esferas da realidade ecológica.ver
15/10/2011Benny Kramer CostaElementos para a Análise dos Stakeholders na Gestão Municipal do Turismo: Um Estudo de Caso no Órgão Municipal de Turismo de Guarulhos/SP ver
15/10/2011Benny Kramer CostaEstratégia de Localidades Receptivas de Turismo – Um Estudo no Estado de São Paulo ver
15/10/2011Benny Kramer CostaStakeholders Tourism: Um Estudo Bibliométrico da Produção Científica Mundial ver
15/10/2011Benny Kramer CostaEstado da Arte em Stakeholders e Tourism e a sua Evolução nas Publicações em Revistas Científicas Internacionaisver
14/07/2011Asa FujinoInteração Produção Científica e Produção Tecnológica: metodos e critérios de avaliaçãoA pesquisa se insere no contexto da discussão sobre o distanciamento entre a capacidade científica do país, medida por indicadores de produção científica, e a capacidade de inovação autóctone, medida pelo número de patentes geradas no país. Parte-se do pressuposto de que é necessário desenvolver metodologias e indicadores mais adequados para analisar a relação entre produção científica e capacidade inovadora dos países. O objetivo é testar a aplicabilidade de novas ferramentas que incluam mapas conceituais, análises de conteúdos e estudos de citações para avaliar a participação efetiva da comunidade científica no desenvolvimento de inovações tecnológicas do país. Os resultados desta pesquisa envolvem dissertações e trabalhos publicados em eventos como o ENANCIB, mas no GT-7, nos quais são discutidos estudos e políticas. Também envolve a apresentação em eventos como o da ALTEC, cujo tema é a Gestão da Inovação Tecnológica. ver
14/07/2011Asa FujinoENSINAR COM PESQUISA: UM OLHAR SOBRE A AÇÃO DIDÁTICO-PEDAGÓGICA EM BIBLIOTECONOMIA E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃOA sociedade contemporânea demanda o incremento da formação de novos quadros, tanto para o desenvolvimento sociocultural, quanto para o desenvolvimento econômico das nações. As novas gerações deverão estar preparadas não apenas para absorver, mas, sobretudo, para produzir e construir conhecimentos próprios. Nesse sentido, propõe-se o estudo da articulação entre pesquisa e ensino no curso de Biblioteconomia e Documentação da ECA-USP. Diversas experiências de articulação vêm sendo desenvolvidas em disciplinas do curso. No entanto, elas necessitam ser acompanhadas e avaliadas para possibilitar aperfeiçoamentos. Na fase I, desenvolvida no decorrer do ano de 2008, foram desenvolvidos 3 projetos com o objetivo de pesquisar o ensinar em Biblioteconomia e Ciência da Informação, priorizando três facetas: o ensino da atividade de pesquisa; o acompanhamento acadêmico do estágio curricular; além da pesquisa sobre o ensino de Análise Documentária. Na fase II , o objetivo é complementar os diagnósticos desenvolvidos na fase I, particularmente sobre estratégias didático-pedagógicas adotadas no estímulo à pesquisa e para tanto propõe-se a entrevistar docentes responsáveis pelas disciplinas já analisadas e desenvolver novo projeto de pesquisa sobre a inserção das TICs nas disciplinas do curso, explicitando as diferenças como objeto de estudo ou como ferramenta pedagógica. ver
06/10/2011Artur MatuckLiteraterraver
06/10/2011Artur MatuckArte Telemáticaver
14/07/2011Artur MatuckA Emergência do Eletroscrito: Ars Combinatoria e os processos computacionais de criação textualTeksto é um projeto de pesquisa envolvendo conceitos, propostas, projetos, produtos e tecnologias relacionados à leitura e à escrita digitais. O projeto busca investigar a utilização de métodos de escrita computacional na concepção, criação, enunciação, leitura e interpretação de textos, enfatizando a atuação do computador como elemento deflagrador, ao instaurar novos processos, metodologias e questões teóricas nas praticas da escrita. Teksto propõe uma revisão histórica da linguagem textual fundamentada em processos combinatórios e posteriormente matemático-computacionais, objetivando uma reflexão teórica acerca das transformações que os métodos digitais introduzem nos próprios conceitos fundadores de leitura, escrita, texto, autor, suporte, obra e livro. ver
06/10/2011Artur MatuckTeoria, História e Prática da Meta-escrituraO conceito de Escrituras Mediáticas fundamenta-se numa perspectiva do processo de autoria desenvolvido em muitas obras contemporâneas de arte e tecnologia. Este conceito desdobra o processo de criação em estágios distintos e sucessivos: o primeiro, chamado meta-texto, atua como gerador, determinador do segundo, o texto propriamente dito, que atualiza o metatexto, realizando o projeto enunciado.ver
14/07/2011Artur MatuckO Eletroescrito e os Direitos autorais no contexto digitalver
31/08/2011Armenio de Souza RangelDesenvolvimento de um modelo para a estimação dos impactos econômicos do turismo doméstico e internacional no BrasilDada a importância econômica e social crescente das atividades de turismo no Brasil, essa pesquisa tem por objetivo principal analisar os impactos do turismo doméstico e internacional com relação ao produto, renda e emprego. Ou seja, dado um determinado montante de gasto turístico doméstico e internacional, qual é o impacto final na geração de renda e emprego. ver
17/01/2013Arlindo Ornelas Figueira Neto COO – Country of Origin Effect Uma pesquisa da imagem de Portugal enquanto destino de intercâmbio de graduação Os estudos de Country of Origin Effects têm sido amplamente divulgados nos meios acadêmicos e visam basicamente detectar e mensurar os efeitos da origem dos produtos, serviços e marcas na percepção, imagem, qualificação e compra dos mesmos. Evidências empíricas mostram que o país de origem tem considerável influência nas decisões de compra dos indivíduos, que por vezes sobrepujam a importância de variáveis intrínsecas aos produtos e serviços nos processos decisórios de compra. Entendendo os intercâmbios como “produtos”, que são escolhidos por fornecerem experiências de aprendizado, tanto acadêmicas, como de vida, diferenciadas aos discentes, pudemos desenvolver hipóteses que o processo de decisão por um intercâmbio no exterior é influenciado por variáveis ligadas à percepção do país receptor, que por sua vez influencia a percepção das instituições de ensino receptoras de nossos alunos. Em 2011 foram realizadas várias pesquisas qualitativas no âmbito da disciplina CRP-0285 - Pesquisa em Publicidade, que mostraram a existência de preconceitos e falta de informação sobre o Portugal contemporâneo e que isso poderia afetar a escolha deste país como destinação de intercâmbios acadêmicos. A quantificação do peso e da influência destas variáveis pode ser mensurada através deste tipo de pesquisa e servir de base para a Comunicação Persuasiva das Instituições Acadêmicas ampliarem seus intercâmbios.ver
17/01/2013Arlindo Ornelas Figueira NetoSubsídios para uma atualização da habilitação Publicidade e Propaganda - a necessidade de sinergia entre a s demandas da carreira e a potencialidade acadêmicaAinda que a carreira de Publicidade e Propaganda da ECA/USP seja, de longa data, uma das mais concorridas no vestibular da FUVEST e que seu projeto político-pedagógico tenha sido atualizado constantemente e seja fonte de inspiração para as habilitações correlatas de várias IES, em todo o Brasil, é inegável que as incontáveis mudanças ocorridas na atividade publicitária, tanto tecnológicas como no mercado de trabalho, sinalizam claramente a necessidade de uma reflexão mais profunda sobre a graduação na carreira. Considerando que os conceitos tradicionais de Publicidade e Propaganda revelam-se anacrônicos diante da miscigenaçao com outras ferramentas de comunicação mercadológica e ao mesmo tempo considerando as transformações pelas quais passa o ensino de graduação nas universidades européias e norte-americanas, a pesquisa tem buscado ouvir os principais públicos envolvidos nesta graduação, instituições de ensino, docentes da área, alunos, profissionais e empresários da comunicação, para subsidiar sugestões de mudança no atual projeto político-pedagógico e orientações para uma nova grade curricular. A finalidade última do estudo é portanto, transformar-se na principal inspiração para uma grande evolução no ensino da comunicação mercadológica. ver
31/10/2011Antonio Carlos Moraes Dias CarrasqueiraEstudos Criativos para o Desenvolvimento Harmônico do Instrumentista MelódicoConsiste basicamente na composição de exercícios que, tendo a improvisação como ferramenta essencial, estimulem a criatividade e o entendimento, por parte do aluno, dos diferentes elementos da linguagem musical. ver
17/08/2011Antonio Carlos de Araujo SilvaPráticas Pedagógicas para o Ensino de Direção TeatralEste projeto de pesquisa pretende mapear e analisar as práticas relativas ao ensino da direção teatral, tanto em âmbito universitário, quanto em ateliês de formação ligados a teatros. Toma como ponto de partida o primeiro curso formal da área, proposto por Meyerhold, em 1918, para então investigar os alcances e limitações de algumas perspectivas de aprendizagem: o autodidatismo; o modelo mestre-aprendiz; a codificação técnica dos conservatórios e a formação universitária com ênfase na pesquisa. Nesse último caso, pretende-se estudar as experiências desenvolvidas por algumas universidades de ponta, além de aprofundar a discussão sobre a aprendizagem da direção no âmbito da graduação ou da pós-graduação - ou ainda, se realizada por um sistema de tutorias ou de disciplinas. Outro objetivo da pesquisa será o de inventariar, descrever e refletir sobre as experiências realizadas nos últimos anos na área do ensino da direção teatral, desenvolvidas no Departamento de Artes Cênicas da ECA-USP. ver
26/08/2011André Chaves de Melo SilvaJornalismo e Ciência: Conceitos, Métodos e sua História na Imprensa BrasileiraO projeto tem como meta principal a análise da produção jornalística de alguns veículos impressos brasileiros por meio da comparação entre suas diferentes narrativas, visando o mapeamento de suas características e sua classificação entre divulgação ou comunicação científica. A iniciativa também busca o estudo das transformações pelas quais a produção de cada veículo passou enquanto reflexos das mudanças editoriais, das mídias estudadas, e históricas da sociedade brasileira, as quais sempre se refletem nas representações e valores de cada época e, portanto, nas narrativas produzidas em cada período. Além disso, estamos mapeando as temáticas mais freqüentes encontradas na cobertura de ciência destas publicações. ver
24/10/2011Anderson Vinicius RomaniniLaboratório Transdisciplinar de SemióticaO projeto pretende investigar a hipótese de que a comunicação, entendida como semiose, é um elemento ontológico da realidade, o que sustentaria uma Teoria Realista da Comunicação. Para tanto, prevê a criação do Laboratório Transdisciplinar de Semiótica (LTS) estruturado na forma de rede de compartilhamento de idéias e informações entre pesquisadores de variadas áreas do saber no Brasil e no exterior interessados em aplicar a semiótica sobre diferentes fenômenos da realidade. Entre os objetivos específicos do projeto estão: (1) produzir análises de fenômenos de várias áreas da ciência a partir dos conceitos da semiótica; (2) demonstrar a validade da Tabela Periódica das Classes de Signos e da Solenóide da Semiose para as análises desses fenômenos; (3) divulgar as análises semióticas realizadas, usando-as para exemplificar as 66 classes de signos descritas no projeto Minute Semeiotic – Por uma Teoria Realista da Comunicação; (4) criar uma rede de referência virtual para estudos transdisciplinares em semiótica, (5) produzir material didático e de disseminação sobre o tema a partir da gravação de entrevistas com pesquisadores especialistas, registro de aulas e eventos relacionados ao tema, (6) estimular a produção científica e publicação em Semeiosis – Semiótica e Transdisciplinaridade em Revista (www.semeiosis.com.br), bem como nas principais revistas nacionais e internacionais interessadas no assunto. ver
14/07/2011Amilcar Zani Netto Robert Schumann 200 Anos -a dobra schumanianaRealização de atividades culturais relacionados a Robert Schumann, compositor, que pelo seu genio criativo e singularidade de procedimentos, se conjuga hoje a experimentos artísticos originias. O projeto se constitui da criação, produção e apresentações de Concerto instalação - obra intermídia que alia performance pianística à criação videográfica em tempo real; exposição de gravuras e registros documentais relacionados e organização de Simpósio composto de palestras e debates. Realização de material gráfico paradidáti acerca do memorial descritivo de todas as fases do processo, desde a pesquisa até a execução final, com produções de um livro e DVD. Projeto inscrito e aprovado na Lei Rouanet do ministério da Cultura - MINCver
02/08/2010Amilcar Zani NettoPoética da MultiplicidadeEm nossa cultura, a produção audiovisual congrega múltiplos tensores, advindo de três paradigmas criativos: arte, ciência e filosofia - três diferentes formas de produzir o singular, o novo. Essa tríplice mistura virtualiza o contexto da pesquisa poética, abrindo novas possibilidades de atuação criativa e de atualização do trabalho artístico. Assim, o mundo sobre o qual grande parte dos artistas contemporâneos é convocada a intervir já não é o das realidades naturais nem tampouco artificiais, mas o das realidades virtuais. Por tratar-se de uma contextualização extremamente recente e ainda em formação, a ação do artista se dá de forma francamente experimental, suscitando um concomitante trabalho de mapeamento e documentação, bem como a conceitualização da produção emergente. Em se tratando de experimentos virtualizantes, que visam a atualização de um repertório de imagens de acervos diversos, ou seja, representações já constituídas e multidisciplinares, a problematização deve ser constituída pragmaticamente. Com efeito, para o artista, almejar o múltiplo, o novo, significa propor um método capaz de fazê-lo. Sabemos que cada tecnologia remete a um universo de valor e sua respectiva constelação enunciativa que, em última instância, se articula com os saberes e os discursos num determinado contexto cultural. A técnica, então, faz sentido. Não obstante, seria capaz de fazer a diferença, o múltiplo, o singular? Ao colocarmos a tecnologia na perspectiva de um paradigma estético-processual, estaremos buscando intercessores para a heterogênese do humano, o devir outro das formas de subjetivação e semiotização. Tais formas alternativas são de aplicação transdisciplinar e podem funcionar como forças existenciais, poéticas, e , com isso, oferecer alternativas aos valores e representações dominantes, hegemônicos e deterministas vigentes em todas as esferas da realidade ecológica.ver
14/07/2011Amilcar Zani NettoVida e Arte na Coleção Clara e Edward SteuermannEstudo sobre a vida e obra de Edward Steuermann, compositor, pianista e professor polonês radicado nos Estados Unidos, e sua relação e colaboração com os integrantes da Segunda Escola de Viena. A pesquisa disponibiliza no site www.projetosteuermann.usp.br extensa documentçào contendo cartas, documentos, partituras orignais, filmes e gravações ver
30/08/2011Alice Kiyomi YagyuDo Kyogen ao Qioguem - um percurso Oriente-Ocidente na arte do atorRevisão bibliográfica da tese de doutorado homônimo para publicação. A tese foi concluída em 2009, no CAC/ECA, e teve orientação do Prof.Dr.Jaco Guinsburg.ver
30/08/2011Alice Kiyomi YagyuHANA - A arte do ator NôRevisão bibliográfica da dissertação de mestrado para publicação. O mestrado foi concluído em 1995, sob orientação do Prof.Dr.Jaco Guinsburg.ver