Projetos de Pesquisa

(169 resultados) Download como CSV

Data de SubmissãoDocenteTítuloordenar íconesSúmulaLink ver
17/01/2013Arlindo Ornelas Figueira Neto COO – Country of Origin Effect Uma pesquisa da imagem de Portugal enquanto destino de intercâmbio de graduação Os estudos de Country of Origin Effects têm sido amplamente divulgados nos meios acadêmicos e visam basicamente detectar e mensurar os efeitos da origem dos produtos, serviços e marcas na percepção, imagem, qualificação e compra dos mesmos. Evidências empíricas mostram que o país de origem tem considerável influência nas decisões de compra dos indivíduos, que por vezes sobrepujam a importância de variáveis intrínsecas aos produtos e serviços nos processos decisórios de compra. Entendendo os intercâmbios como “produtos”, que são escolhidos por fornecerem experiências de aprendizado, tanto acadêmicas, como de vida, diferenciadas aos discentes, pudemos desenvolver hipóteses que o processo de decisão por um intercâmbio no exterior é influenciado por variáveis ligadas à percepção do país receptor, que por sua vez influencia a percepção das instituições de ensino receptoras de nossos alunos. Em 2011 foram realizadas várias pesquisas qualitativas no âmbito da disciplina CRP-0285 - Pesquisa em Publicidade, que mostraram a existência de preconceitos e falta de informação sobre o Portugal contemporâneo e que isso poderia afetar a escolha deste país como destinação de intercâmbios acadêmicos. A quantificação do peso e da influência destas variáveis pode ser mensurada através deste tipo de pesquisa e servir de base para a Comunicação Persuasiva das Instituições Acadêmicas ampliarem seus intercâmbios.ver
29/09/2011Marisa Midore DeaectoA ECONOMIA DO LIVRO: CARTOGRAFIA DA PRODUÇÃO EDITORIAL NA CIDADE DE SÃO PAULO, POR SUAS INSTITUIÇÕES DE LEITURA, TIPOGRAFIAS E LIVRARIAS (SEC. XIX E XX)No alvorecer da era republicana o problema do analfabetismo foi enfrentado com veemência pela classe política paulista. Tratava-se, afinal, de uma herança maldita da monarquia, a qual se contrapunha aos princípios democráticos e universalistas da República. No período de 1890 a 1930 não foram medidos esforços para combater esse mal, os quais se concretizaram na forma de investimentos em infra-estrutura e em pessoal qualificado com vistas à expansão do ensino e das instituições de leitura. Também a sociedade parecia corresponder aos apelos dos homens públicos, ao organizar suas próprias instituições de ensino, algumas, de caráter filantrópico e ao promover a expansão de gabinetes, clubs, ou sociedades de leituras. Por seu turno, o mercado acenava positivamente para essas iniciativas, sendo a ampliação do número de livrarias e de tipografias na capital seu principal indício. Todavia, os investimentos em ensino e cultura só se fazem sentir a médio e longo prazo. Mesmo no campo editorial, impossível pensar que a simples instalação de oficinas gráficas e de livrarias poderia superar um déficit plurissecular dos mecanismos de difusão do livro. A partir dessas premissas, o projeto de uma cartografia da atividade editorial paulista, noutros termos, do desenvolvimento da economia do livro em São Paulo, visa à sistematização e análise de dados atinentes à expansão das instituições de leitura e do mercado livreiro e seus pontos de contato com as mudanças observadas no quadro cultural de nossa sociedadeNo alvorecer da era republicana o problema do analfabetismo foi enfrentado com veemência pela classe política paulista. Tratava-se, afinal, de uma herança maldita da monarquia, a qual se contrapunha aos princípios democráticos e universalistas da República. No período de 1890 a 1930 não foram medidos esforços para combater esse mal, os quais se concretizaram na forma de investimentos em infra-estrutura e em pessoal qualificado com vistas à expansão do ensino e das instituições de leitura. Também a sociedade parecia corresponder aos apelos dos homens públicos, ao organizar suas próprias instituições de ensino, algumas, de caráter filantrópico e ao promover a expansão de gabinetes, clubs, ou sociedades de leituras. Por seu turno, o mercado acenava positivamente para essas iniciativas, sendo a ampliação do número de livrarias e de tipografias na capital seu principal indício. Todavia, os investimentos em ensino e cultura só se fazem sentir a médio e longo prazo. Mesmo no campo editorial, impossível pensar que a simples instalação de oficinas gráficas e de livrarias poderia superar um déficit plurissecular dos mecanismos de difusão do livro. A partir dessas premissas, o projeto de uma cartografia da atividade editorial paulista, noutros termos, do desenvolvimento da economia do livro em São Paulo, visa à sistematização e análise de dados atinentes à expansão das instituições de leitura e do mercado livreiro e seus pontos de contato com as mudanças observadas no quadro cultural de nossa sociedadever
14/07/2011Artur MatuckA Emergência do Eletroscrito: Ars Combinatoria e os processos computacionais de criação textualTeksto é um projeto de pesquisa envolvendo conceitos, propostas, projetos, produtos e tecnologias relacionados à leitura e à escrita digitais. O projeto busca investigar a utilização de métodos de escrita computacional na concepção, criação, enunciação, leitura e interpretação de textos, enfatizando a atuação do computador como elemento deflagrador, ao instaurar novos processos, metodologias e questões teóricas nas praticas da escrita. Teksto propõe uma revisão histórica da linguagem textual fundamentada em processos combinatórios e posteriormente matemático-computacionais, objetivando uma reflexão teórica acerca das transformações que os métodos digitais introduzem nos próprios conceitos fundadores de leitura, escrita, texto, autor, suporte, obra e livro. ver
14/07/2011Rosana de Lima SoaresA ferramenta Wiki: uma experiência pedagógicaAs novas tecnologias associadas à Internet trouxeram uma abertura de possibilidades para as produções artísticas e do mundo empresarial em geral. Neste trabalho, analisamos a adoção da ferramenta wiki em sala de aula tendo em vista tal abertura em relação à produção textual. O wiki nos permite questionar os parâmetros da linearidade do texto ao apresentar uma estrutura ramificada e, ainda, investigar a problemática da autoria, se supomos que uma de suas principais características é a autoria coletiva, princípio que define sua função. Assim, através da inovação apresentada na estrutura de edição textual, propomos uma investigação sobre seus efeitos em sala de aula, concentrando-nos especificamente em disciplinas da graduação em jornalismo. A cada semestre, são produzidos trabalhos de escrita textual online em sites criados para cada uma das disciplinas envolvidas no projeto.ver
30/08/2011Rogerio Luiz Moraes CostaA improvisação musical e suas conexõesTrata-se de um projeto que visa dar continuidade à uma pesquisa anterior que também obteve financiamento da Fapesp. O projeto anterior - Investigação sobre o ambiente da livre improvisação musical - tratou das relações entre o pensamento composicional contemporâneo e a improvisação, realizou um estudo sistemático do relacionamento dos músicos entre si e com os aparatos eletrônicos e foi concluído com sucesso em 2009 quando passamos a fazer parte da equipe do projeto temático Mobile coordenado pelo professor Fernando Iazzetta. Como resultado do projeto anterior tivemos a consolidação desta linha de pesquisa (improvisação) no Departamento de Música da USP com a implantação de um núcleo de pesquisa sobre o assunto (formado por mestrandos, doutorandos e pós-doutorandos) com uma vasta produção acadêmica, a criação de disciplinas na graduação e na pós e a constituição de dois grupos regulares de investigação prática e teórica: o grupo Musicaficta (com Fernando Iazzetta e Cesar Villavicencio) e a Orquestra Errante (composta por alunos do departamento). O projeto atual tem como objetivos sistematizar a produção acadêmica, artística e bibliográfica do grupo de pesquisa citado, produzindo e publicando artigos em português e inglês, possibilitar a participação em congressos no país e no exterior, além de dar continuidade à investigação sobre a improvisação em suas conexões com outras áreas do conhecimento. As áreas principais de conexão são a composição, a educação, a tecnologia, a história, a análise, a crítica genética, a etnomusicologia e a filosofia. O projeto deve ter desdobramentos teóricos - através da realização de uma revisão da literatura e da produção bibliográfica - e práticos, com a implantação e consolidação de grupos de estudo e de performance.ver
30/08/2011Eugênio BucciA instância da imagem ao vivo, o telespaço público e a fabricação de valor na indústria do imaginárioProrrogação de trabalho anteriormente proposto pelo professor, o presente projeto tem por objetivo prosseguir a pesquisa realizada entre 2008 e 2010, que resultou na publicação de 8 artigos, buscando um formato final para o texto, com base no roteiro das aulas ministradas pelo docente na pós-graduação da Escola de Comunicações e Artes. A seguir, a relação dos artigos resultante do biênio 2008-2010 1. BUCCI, Eugênio. Um preâmbulo: o “raio visual” ou as memórias de infância. In: NOVAES, Adauto, (org). Mutações – A experiência do pensamento. Rio de Janeiro: Agir Editora Ltda. e São Paulo: Edições SESC SP, 2010, p. 289-321. ISBN: 978-85-7995-004-9. 2- BUCCI, Eugênio. Aquilo de que o humano é instrumento descartável: sensações teóricas. In: NOVAES, Adauto, (Org). A Condição Humana – as aventuras do homem em tempos de mutações. Rio de Janeiro: Agir Editora Ltda. e São Paulo: Edições SESC SP, 2009, p.375-394. ISBN: 978-85-220-1060-8 (Agir) – 978-85-98112-90-9 (Edições SESC SP) 3 - BUCCI, Eugênio. TV Pública e Democracia. Interesse Nacional, São Paulo, Editora Ateliê Editorial, n. 1, p.65-75, abr. jun.2008, ISSN 1982-8497. (pasta 18 – pag. 74) 4 - BUCCI, Eugênio. Em torno da instância da imagem ao vivo. Revista Matrizes, ano 3, nº. 1, p.65-79, ago/dez 2009. ISSN: 1982-8160. 5- BUCCI, E. É possível fazer televisão pública no Brasil?. Novos Estudos CEBRAP (Impresso), v. 88, p. 5-18, 2010. 6- BUCCI, E. Direito à Informação e Interesse Nacional. Interesse Nacional, v. 3, p. 54-62, 2010. 7-BUCCI, E. A Agenda Certa (numa Hora Estranha e num lugar descolado). Interesse Nacional, v. 12, p. 09-15, 2010 8- BUCCI, E. A razão de ser das emissoras públicas na democracia. Interesse Nacional, v. 1, p. 65-75, 2008. ver
25/08/2011Eugênio BucciA instância da imagem ao vivo, o telespaço público e a fabricação de valor na indústria do imaginárioRever a bibliografia relativa à tese de doutorado defendida em 2002, na ECA-USP, sob o titulo de Televisão Objeto - A Critica e suas questões de Método?, bem como a própria tese, e revisitar as 15 aulas em formato de conferência ministradas no curso de pós-graduação oferecido pelo docente no primeiro semestre de 2009, na ECA-USP, baseadas na tese e em pesquisas posteriores, com o objetivo de redigir um livro em 14 capítulos. A revisão do texto da pesquisa foi concluída, embora o texto, em sua íntegra, ainda não tenha sido proposto para uma editora, como era a ideia inicial. Em lugar disso, essa revisão deu origem a alguns ensaios ou artigos acadêmicos que, estes sim, foram publicados. Pelo menos oito deles merecem menção: 1. BUCCI, Eugênio. Um preâmbulo: o “raio visual” ou as memórias de infância. In: NOVAES, Adauto, (org). Mutações – A experiência do pensamento. Rio de Janeiro: Agir Editora Ltda. e São Paulo: Edições SESC SP, 2010, p. 289-321. ISBN: 978-85-7995-004-9. 2- BUCCI, Eugênio. Aquilo de que o humano é instrumento descartável: sensações teóricas. In: NOVAES, Adauto, (Org). A Condição Humana – as aventuras do homem em tempos de mutações. Rio de Janeiro: Agir Editora Ltda. e São Paulo: Edições SESC SP, 2009, p.375-394. ISBN: 978-85-220-1060-8 (Agir) – 978-85-98112-90-9 (Edições SESC SP) 3 - BUCCI, Eugênio. TV Pública e Democracia. Interesse Nacional, São Paulo, Editora Ateliê Editorial, n. 1, p.65-75, abr. jun.2008, ISSN 1982-8497. (pasta 18 – pag. 74) 4 - BUCCI, Eugênio. Em torno da instância da imagem ao vivo. Revista Matrizes, ano 3, nº. 1, p.65-79, ago/dez 2009. ISSN: 1982-8160. 5- BUCCI, E. É possível fazer televisão pública no Brasil?. Novos Estudos CEBRAP (Impresso), v. 88, p. 5-18, 2010. 6- BUCCI, E. Direito à Informação e Interesse Nacional. Interesse Nacional, v. 3, p. 54-62, 2010. 7 -BUCCI, E. A Agenda Certa (numa Hora Estranha e num lugar descolado). Interesse Nacional, v. 12, p. 09-15, 2010. 8 - BUCCI, E. A razão de ser das emissoras públicas na democracia. Interesse Nacional, v. 1, p. 65-75, 2008. ver
16/08/2011Monica Baptista Sampaio TavaresA leitura do objeto do designEsta pesquisa tem por objetivo analisar o objeto do design com base na dialética entre sua produção e sua recepção - ou seja, a partir da relação entre as suas funções e os seus usos possíveis -, de modo a apreender o que está implicado no processo de leitura que direciona o usuário/intérprete a determinada ação e conseqüentemente ao atendimento de suas necessidades. Investigamos, pelo pólo da produção, quais são, historicamente, as normas vigentes (econômicas, sociais, ambientais, culturais, etc.), que constituem e delimitam o objeto a ser consumido, e, pelo pólo da recepção, apreendemos como as possibilidades de uso do objeto, que subentendem e remetem a variadas funções, atualizam o usuário como agente determinante da leitura do objeto. Consideramos amostras de objetos de três campos de atuação: o design de produto, o design gráfico e o webdesign, representados, respectivamente, pelos seguintes objetos: a cadeira, o cartaz e os sites de arte. Projeto contemplado com Bolsa de Produtividade em Pesquisa do CNPQ (2003-2007). ver
30/08/2011Maria Dora Genis MourãoA montagem cinematográfica na contemporaneidade audiovisualA pesquisa tem como objetivo refletir sobre o papel da montagem na produção audiovisual contemporânea, especialmente naquelas obras que resultam dos cruzamentos de campos estéticos. A reflexão sobre a montagem foi tema crucial em vários momentos da história e da teoria do cinema. Se bem a primeira idéia que surge quando se fala em montagem é sua vinculação a uma técnica cinematográfica (cortar e colar, seja fisicamente como antes, seja virtualmente como agora), a montagem vai muito alem disso. É o momento da construção do discurso. Para o teórico da montagem S.M.Eisenstein o cinema é uma arte genuinamente sintética, uma arte da síntese orgânica em sua própria essência . Partindo dessa premissa, e de que o cinema se constrói a partir das relações com outras formas de arte constituindo-se em uma síntese qualitativa delas, Eisenstein imprime à montagem um valor estético, alem de ideológico, diante da capacidade que a montagem tem de organizar esses códigos heterogêneos. A trajetória da produção cinematográfica se desenvolveu no decorrer da história por dois caminhos paralelos, caminhos esses que por vezes se cruzam e se influenciam: aquele da ILUSÃO DA RERESENTAÇÃO DA REALIDADE calcado no referente, e aquele do artifício que aponta para um REAL DO REFLEXO (em contraposição a uma impressão da realidade) e que refaz o referente transformando-o em imaginário. Esse imaginário que acompanha o cinema desde seu primórdio é ativado por criadores como Méliès e Eisenstein e retomado na contemporaneidade com as novas ferramentas de produção que estão a serviço da criatividade. No entanto, a vertente do cinema narrativo clássico vai ocupando seu espaço a ponto de Andre Bazin refletir sobre o fato de que rapidamente o cinema se volta para uma "total e completa representação da realidade, uma perfeita ilusão do mundo real em som, cor e relevo . Há uma obsessão realista que persegue a história do cinema, conjugada a uma obsessão narrativa. A montagem encontrará nessas duas vertentes formas diferenciadas de aplicação. O surgimento da tecnologia vídeo (primeiro analógico e depois digital) e as novas formas de produção colocam em pauta novamente questões de montagem. Seja pelo avanço da tecnologia que muda radicalmente o aparato (moviola versus computador), seja pelo aumento de possibilidades de manipulação de imagens e sons que a tecnologia digital coloca à disposição do realizador ampliando as possibilidades de escritura do filme. É nesse panorama que se pretende recuperar a importância da montagem como criadora de sentidos e como possível lugar de intersecção das várias formas e gêneros de expressão artística. ver
28/10/2011Alexandre Fontainha FicarelliA música brasileira de câmara para madeiras - de José Siqueira e Francisco MignoneO projeto contempla o resgate de obras em bibliotecas e acervos particulares e propõe uma catalogação e edição de obras seletas. Os manuscritos, em sua maioria, apresentam falhas e rasuras, algumas obras em duplicidade são estudadas e aconselha-se o uso de determinado material, com a finalidade de viabilizar ao intérprete ou estudioso um melhor entendimento do texto. A existência de inúmeras obras de envergadura dentro da música de câmara de José Siqueira e Francisco Mignone compõe um panorama muito mais abrangente das técnicas composicionais destes compositores.ver
31/08/2011Luciana Sayure ShimabucoA Obra para Piano Solo de Cyro Pereira: revisão musicológica, editoração e edição críticaO projeto apresenta como resultado a primeira edição da obra integral para piano solo do compositor Cyro Pereira, abarcando um total de 40 peças compostas entre 1948 e 2001 e organizadas em 16 peças avulsas e 24 peças reunidas em 6 ciclos. A edição resultante disponibiliza um texto musical fiel às intenções do compositor, acompanhado de aparato crítico que - fundamentado tanto em procedimentos analíticos quanto em consultas presenciais ao compositor - justifica as intervenções editoriais que se fizeram necessárias. O projeto atingiu os objetivos inicialmente propostos, a saber: 1)Levantamento e catálogo das obras pianísticas com informações extraídas de fontes primárias (manuscritos e depoimentos do compositor), 2)Revisão das obras, fundamentada em procedimentos analíticos e em orientações do próprio compositor, 3)Editoração das partituras por meio do software de editoração musical Finale (versão 2008), 4)Edição crítica sustentada no estudo e análise dos materias musicais empregados pelo compositor. ver
30/08/2011Alice Kiyomi YagyuA Palavra no Contexto da CenaO projeto investiga a vocalidade da palavra no processo de criação do ator. O domínio da palavra na criação atoral implica num estágio superior da evolução artística do ator, em que este deve fazer a distinção entre a frase racionalizada e a frase liberada, que se dirige ao encontro do outro, impregnada de desejos, antecedentes e ações. Com base nos escritos de Maria Knebel, discípula de Stanislavsky e Vassiliev, discípulo de Knebel, o projeto pretende analisar o trabalho com a palavra artística através de textos teóricos e dramatúrgicos.ver
31/08/2011Adriana Lopes da Cunha MoreiraA Poética nos 16 Poesilúdios para piano de Almeida Prado: Análise MusicalEntre 2000-02, Adriana Lopes da Cunha Moreira desenvolveu na UNICAMP, com apoio FAPESP, a pesquisa denominada A Poética nos 16 Poesilúdios para piano de Almeida Prado: Análise Musical, que visou, sobretudo, o estudo, a análise e a divulgação de música contemporânea brasileira. Explorou aspectos relacionados a tempo, dinâmica, timbre, textura e estrutura, com ênfase no estudo do material formado com base na organização de conjuntos. Teve como complemento a gravação da obra em compact disc, interpretada pela pesquisadora; fotos das pinturas que motivaram a criação de algumas das peças; entrevistas com alguns dos artistas plásticos homenageados; transcrições dos Poesilúdios 6-16; um Glossário com os termos técnicos utilizados na análise musical; levantamento dos dados biográficos do compositor e uma entrevista que detalhou, dentre outros aspectos, a visão do compositor Almeida Prado sobre sua obra. A conclusão da pesquisa verificou possíveis interações entre os dados levantados, tendo identificado elementos unificadores em cada peça e elaborado considerações acerca da estrutura da obra. Em 2005, esta pesquisa recebeu o I PRÊMIO JOSÉ MARIA NEVES: MESTRADO, concedido pela ANPPOM à melhor Dissertação produzida em universidades brasileiras daquele período. Disponível para download em http://www.iar.unicamp.br/biblioteca/nova/default.php - Biblioteca IA Unicamp >> Biblioteca Digital, Acesso a conteúdo integral de teses defendidas na Unicamp, em formato digital >> Dissertações e teses >> Artes>> Procurar pelo nome do autor >> A >> Adriana Lopes da Cunha Moreira.ver
14/07/2011Maria Cristina Palma MungioliA produção de sentido por meio da linguagem televisual: gêneros, temas e discursos na minissérie CapituPor meio do projeto ora proposto que se configura, em termos de realização, como a segunda etapa do projeto A produção de sentido por meio da linguagem televisual iniciado com o estudo da minissérie Queridos Amigos (Rede Globo, 2008), cujos resultados obtidos ao longo de dois anos de pesquisa foram apresentados em relatório, pretende-se dar continuidade à análise da produção de sentidos na linguagem televisual no gênero minissérie brasileira. Os resultados obtidos na primeira etapa (2008-2010) apontaram para a construção de um sentimento de nacionalidade baseado na construção da memória nacional a partir da abordagem ficcionalizada de fatos da história brasileira (resistência à ditadura militar implantada após o golpe de 1964; vida dos exilados políticos) e da abordagem de temas que poderiam ser resumidos por sua vinculação às transformações no papel feminino no casamento e na sociedade e por sua interlocução com transformações no cotidiano das relações afetivas advindas da luta pelo reconhecimento e aceitação das relações homossexuais. Dentro desse quadro, temas como relacionamentos amorosos destrutivos e fragmentados se imbricam com questões referentes à sexualidade (feminina, masculina, homossexual ou transexual) e nos sugere uma aproximação na segunda etapa ora proposta em que pretendemos abordar as relações amorosas, familiares e sociais na microssérie Capitu. Na última etapa dessa pesquisa, pretende-se, com base nos resultados dos estudos levados a cabo nas três etapas propostas do projeto A produção de sentido por meio da linguagem televisual, construir uma espécie de quadro comparativo envolvendo a produção de sentidos de nacionalidade e de sexualidade em duas produções televisuais brasileiras: a minissérie Queridos Amigos (Rede Globo 2008) e a microssérie Capitu (2008). Esse estudo nos ajudará a compreender algumas inter-relações do circuito comunicação-cultura e suas implicações na elaboração de uma imagem de Brasil e do povo brasileiro. O referencial para análise e discussões foi fornecido pela abordagem da Comunicação calcada nos Estudos Culturais e por procedimentos de Análise de Discurso (de origem francesa) e pelos estudos de Bakhtin (2002, 2003) acerca da linguagem e dos gêneros do discurso.ver
14/07/2011Marilda Lopes Ginez de LaraAbordagens sobre a linguagem nos estudos de Organização e Representação do ConhecimentoDescrição Pesquisas reunidas sob o título de Knowledge Organization – KO reúnem propostas que têm um núcleo razoavelmente comum, mas não necessariamente consensual quanto aos princípios epistemológicos, teorias e proposições metodológicas. Este é o caso das referências aos estudos da linguagem que, além de serem raros, utilizam enfoques diferentes entre si. Este é o contexto da pesquisa que, embora se concentre em período limitado, poderá contribuir para identificar o estado da arte dos estudos sobre a linguagem na Organização da Informação e do Conhecimento, colocando em relevo princípios de origem, tendências, investimentos, lacunas e metodologias. Objetivos: O objetivo principal desta pesquisa é o de identificar como as principais tendências dos estudos de Organização e Representação do Conhecimento – ORC, enfrentam as questões da linguagem, considerando-se a produção bibliográfica brasileira e a produção internacional (incluindo, se possível, a literatura latino-americana), no período compreendido entre 1999 a 2009. Como objetivos subsidiários, pretendemos identificar: a) fundamentos, princípios, pontos de partida, grau de vinculação com a produção clássica da Documentação; b) conceito de informação subjacente; c) conceito de linguagem e tratamento da questão no interior do subcampo da Organização e Representação do Conhecimento; d)metodologias propostas; e) tipologia de produtos concretos sugeridos, desde que pertinentes; f) correlações entre as propostas, semelhanças, diferenças; g) bibliografia principal utilizada. Fundamentação teórica: Parte-se dos pressupostos da Linguística Documentária que consideram que as operações documentário-informacionais se desenvolvem no universo da linguagem, colocando a mediação como uma das atividades principais da Ciência da Informação. Essa perspectiva se apóia nos desenvolvimentos da Linguística contemporânea – Linguística Textual, Análise do Discurso, teorias da enunciação – e procura dialogar com a Filosofia da Linguagem. Orienta-se por um conceito de informação como construção que se organiza na dependência da inserção do sujeito em contextos socioculturais, recusando visões mentalistas. Admite-se que mais importante do que procurar pelo significado do conceito de informação, trata-se de verificar que, no âmbito documentário-informacional ela é, anteriormente, oferta de sentido, tornando-se informação por uma operação de seleção fundada em referências de comunidades discursivas (Capurro, Luhmann). Frente ao campo não articulado de teorias e métodos que caracteriza a ORC, busca-se identificar como a importância atribuída à linguagem se reflete nas propostas de mediação em especial via linguagens documentárias. Metodologia A metodologia a ser utilizada se apóia nos pressupostos teóricos acima apontados. Do ponto de vista do método, a pesquisa compreende: levantamento bibliográfico (período 1999 a 2009) em bases relacionadas à CI; seleção de corpus de análise (temas, termos indexadores, resumo, se houver, bibliografia); análise (autores e partidos epistemológicos, conceito de informação e de linguagem adotados, metodologias propostas etc); sistematização (quadro de tendências, relações entre autore e propostas; bibliografia principal).ver
14/07/2011Maria Laura MartinezAgência Universitária de Notícias OnlineA AUN Online é um ambiente na internet que divulga a produção científica e tecnológica da Universidade de São Paulo através do trabalho jornalístico da disciplina: CJE0590 - Laboratório de Jornalismo Impresso I. Foi criada como estudo de caso da tese de doutorado da docente Martinez e tem contribuído com a investigação científica, o desenvolvimento e o aperfeiçoamento de métodos de usabilidade e design de interação. O seu banco de dados reúne matérias desde o ano 2000, redigidas por alunos do curso de jornalismo sob a supervisão de professores jornalistas. As narrativas são lineares e visam o meio impresso mas se utilizam do meio online para divulgação. O projeto teve apoio do programa Bolsa Trabalho da Coordenadoria de Assistência Social da Reitoria da USP, entre 2001 e 2008. Passaram pela agência 9 bolsistas, que trabalharam na sua manutenção e edição. Foram realizados dois TCC (trabalhos de conclusão de curso) de Jornalismo orientados pela professora Martinez sobre o tema do desenvolvimento centrado no usuário e a usabilidade da agência online. Também contribuiu com publicações em congressos nacionais e internacionais.ver
31/08/2011Marcelo dos SantosAmbiente Multicêntrico para Avaliação de Algoritmos de Processamento de Imagens Médicas Constantemente, uma variedade de novos métodos de processamento de imagens (algoritmos) é apresentada à comunidade. Porém, poucos destes têm sido inseridos, com sucesso, na rotina clínica. A análise e comparação de diferentes abordagens por meio de uma mesma metodologia são essenciais para a qualificação do projeto de um algoritmo. Contudo, é difícil comparar o desempenho e adequabilidade de diferentes algoritmos de uma mesma maneira. A razão principal deve-se à dificuldade de avaliar exaustivamente um algoritmo, ou pelo menos, testá-lo num conjunto abrangente e diversificado de casos clínicos. Muitas áreas, como o desenvolvimento de software e treinamentos em Medicina, necessitam de um conjunto diverso e abrangente de dados sobre imagens e informações associadas. Tais conjuntos podem ser utilizados para desenvolver, testar e avaliar novos softwares clínicos. Esta proposta apresenta um plano de ações completo para implantação de um ambiente multicêntrico de base de imagens médicas de diferentes modalidades para uso em diferentes propósitos. Um dos objetivos desta proposta é que este ambiente -- implementado como uma arquitetura de base distribuída de imagens -- armazene imagens médicas com informações de aquisição, laudos, algoritmos de processamento de imagens, gold standards e imagens pós-processadas. O ambiente ainda possui um modelo de revisão por pares que assegura a qualidade dos conjuntos de dados que serão utilizados nos processos de avaliação. O desenvolvimento deste projeto representa a continuidade do trabalho de doutorado de Marcelo dos Santos, bem como a concretização dos resultados obtidos com o protótipo durante o desenvolvimento da tese. A partir desses resultados, pretende-se oferecer meios para realizar avaliações mais abrangentes, bem como, reunir diferentes abordagens utilizadas no processo de avaliação de algoritmos de processamento de imagens médicas.ver
31/08/2011Adriana Lopes da Cunha MoreiraAnálise musical de peças para piano compostas por Olivier Messiaen e Almeida Prado na década de 1980: Inter-relação entre conjuntos, textura, rítmica e movimentoEntre 2008-10, Adriana Lopes da Cunha Moreira realizou a pesquisa denominada Análise musical de peças para piano compostas por Olivier Messiaen e Almeida Prado na década de 1980: Inter-relação entre conjuntos, textura, rítmica e movimento, cujo principal objetivo foi inter-relacionar análises musicais de obras para piano compostas na década de 1980 pelo francês Olivier Messiaen (1908-92) e pelo brasileiro Almeida Prado (1943-2010) – uma vez que podem ser verificadas concomitantes mudanças nos procedimentos composicionais de ambos nesta fase. Na conclusão, foram definidos traços condutores que possam ter direcionado o uso das técnicas de composição presentes nas peças analisadas.ver
31/08/2011Adriana Lopes da Cunha MoreiraAnálise, percepção e interpretação musical de obras compostas durante os séculos XX e XXI: subsídios para uma compreensão da obra de Almeida PradoO presente projeto visa abranger a análise musical e duas de suas interfaces mais diretas – percepção e interpretação – de obras compostas durante os séculos XX e XXI. Assim, permite um aprofundamento em questões voltadas a aspectos formadores das tendências composicionais deste período, consideradas associação de técnicas de análise musical desenvolvidas contemporânea e internacionalmente. Neste primeiro momento, a pesquisadora Adriana Lopes da Cunha Moreira irá voltar-se à compreensão da vida e obra do compositor brasileiro Almeida Prado (1943-2010). O projeto envolve, ainda, o trabalho de pesquisa que vem sendo desenvolvido por alunos da Graduação e da Pós-Graduação em Música da USP e a infra-estrutura disponível no Laboratório de Percepção e Análise Musical (PAM) do Departamento de Música da ECA-USP, fundado (em 2008) e co-coordenado pela pesquisadora. Com a presente pesquisa esperamos poder contribuir para a compreensão, produção e divulgação bibliográfica e sonora de material analítico-musical vinculado à produção científico-musical internacional.ver
14/07/2011Ivete PierucciniAprender a informar-se: dispositivos informacionais dialógicos, pesquisa e construção de conhecimentoO projeto “Aprender a informar-se: dispositivos informacionais dialógicos e a busca significativa” faz parte das ações desenvolvidas por equipe de pesquisadores do Colaboratório de Infoeducação – COLABORI -, da ECA/USP, que visam à construção de referenciais teórico-metodológicos necessários ao desenvolvimento do campo da Infoeducação, compreendida como abordagem diferenciada das relaçòes entre Informação e Educação na contemporaneidade. Nesse quadro, o presente projeto tem em foco a questão da pesquisa, como processo indispensável à construção de conhecimento, em diferentes contextos educativos. Saber buscar informação, pesquisar, desenvolver o espírito e a autonomia investigativos são aspectos centrais nos processos de construção de conhecimento. Sem eles, o sujeito não consegue apropriar-se das informações necessárias à construção de saberes, nem desenvolver atitudes de interesse em conhecer, mesmo se exposto aos diferentes produtos informacionais, tais como livros, revistas, filmes, sites educativos... Sem se interessar e saber buscar informação, a maioria dos sujeitos perde-se em suas tramas, não podendo apropriar-se nem da memória, nem dos saberes de seu tempo. Está incapacitado, portanto, para ler o passado, inventar e projetar o futuro. No quadro de explosão de informações que caracteriza nosso tempo, pesquisar, porém, traz inusitadas e sérias questões, sobretudo em se tratando de crianças e jovens. O chamado dilúvio informacional é uma realidade que afeta a todos e cujo enfrentamento exige tanto novas propostas educacionais, implicando saberes e fazeres (informacionais), nos quais se inclui um novo enfoque para a pesquisa informacional, quanto novas abordagens para o tratamento dos ambientes informacionais em geral, compreendidos como instâncias de mediação e apropriação cultural. O projeto objetiva construção de referencias conceituais e metodológicos implicados nos processos e práticas de pesquisa em ambientes educativos, comprometidos com processos socioculturais de apropriação de informação e cultura em nossa época.ver
31/08/2011Maria Laura MartinezArquigrafia - Ambiente colaborativo para o compartilhamento de imagens de arquitetura O projeto Arquigrafia visa à criação de um ambiente colaborativo para a visualização, interação e compartilhamento de imagens digitais de arquitetura na Internet que pode ser acessado também por dispositivos móveis como tablets e smartphones, utilizando aplicativos Android/Google. Reúne uma equipe multidisciplinar de pesquisadores com três equipes trabalhando em locais diferentes, em dois estados brasileiros distintos. A docente Martinez participa desta equipe como coordenadora das áreas de design de interação e usabilidade.ver
06/10/2011Artur MatuckArte Telemáticaver
14/07/2011Hugo Fernando Salinas Fortes JuniorArte, paisagem e biodiversidade no Campus da Universidade de São PauloO projeto de pesquisa propõe uma investigação teórico-prática das possibilidades atuais de apreensão poética da natureza através da arte contemporânea. O objeto de pesquisa é a natureza presente no próprio campus da cidade universitária Armando de Salles Oliveira da Universidade de São Paulo, estudada sob o ponto de vista da arte contemporânea. A partir de um embasamento teórico, a pesquisa pretende desenvolver a criação de obras de artistas plásticas utilizando fotografia, video e outros meios que retratem o meio ambiente da cidade universitária.O projeto pretende atualizar a noção do artista naturalista a partir da utilização de meios tecnológicos para a produção de obras artísticas.. ver
14/07/2011Monica Baptista Sampaio TavaresArte-design: a produção de sentidoEste trabalho busca compreender a maneira como o receptor é afetado no consumo dos produtos culturais do contexto contemporâneo. A problemática em questão circunscreve o entendimento daquilo que está implicado (implícita e explicitamente)no processo de produção de sentido inerente ao ambiente das mídias digitais. O nosso objeto de investigação empírica são os trabalhos de arte e design produzidos a partir do uso das mídias digitais, privilegiando-se para análise o caso específico dos desenvolvidos por dispositivos móveis. O objetivo final da pesquisa é apreender como se desenvolvem e com base em que padrões e expectativas se conformam as experiências subjacentes à produção de sentido, inerentes aos objetos de estudo referidos. A relevância deste projeto surge na medida em que será possível identificar a estrutura de mediação simbólica da sociedade contemporânea, ao tempo que procurará examinar o fundamento estético da comunicação, intrínseco ao processo de compreensão hermenêutica mediado tecnologicamente. Pensar com base na aliança entre uma lógica-cultural e uma lógica estética nos permitirá estudar, por um lado, as condições e estruturas das práticas receptivas, e por outro, possibilitará detectar como as experiências se configuram frente e a partir das expectativas dos receptores.ver
16/08/2011Monica Baptista Sampaio TavaresArte-design: fluxos e refluxosEsta pesquisa tem por objetivo analisar como as mídias digitais aproximam ou distendem a teia de relações entre arte e design, tendo em vista uma possível definição da arte na contemporaneidade. Parte da suposição de que as produções da arte e do design delimitam-se em função das finalidades e dos contextos inerentes tanto à produção quanto à recepção envolvidas nos processos de inserção do criativo no social. Não obstante as similaridades de base estrutural que unem arte e design, tomadas em relação ao processo comunicacional que as sustenta, são claras as diferenças conceituais estabelecidas em relação às suas finalidades retóricas. Todavia, tornam-se cada vez mais presentes produtos de design que se configuram como obras de autor e trabalhos de arte produzidos e difundidos a partir do uso das novas tecnologias da comunicação. Neste sentido, esta pesquisa tratará de explorar os pontos de encontro e de distensão entre arte e design, admitindo que a dominância (ou não) do estético no desenvolvimento dos processos de (dis)simulação de mundos e imaginários possíveis seria o elemento que sustenta os fluxos e refluxos entre estas áreas. O objeto de estudo são os trabalhos de arte e design produzidos a partir do uso das mídias digitais, privilegiando-se para análise o caso específico dos desenvolvidos por dispositivos móveis. O cerne da problemática a investigar implica,portanto, em apreender como as transformações advindas com o digital podem explicar as contaminações recíprocas entre arte e design. Projeto contemplado no Edital 061-2005 do CNPq, referente à seleção pública de apoio à pesquisa no âmbito das Ciências Humanas, Sociais e Sociais Aplicadas (2006 - 2008). ver
14/07/2011Margarida Maria Krohling KunschAs dimensões humana, instrumental e estratégica da comunicação organizacional: um estudo teórico aplicado.Com a nova geopolítica fomentada pelos fenômenos da globalização e da revolução tecnológica da informação e da comunicação, as organizações têm de enfrentar um novo cenário mundial, dominado por uma economia marcada por uma competição sem precedentes. Consequentemente, a sua comunicação deve assumir novas formas, deixando de ser uma função meramente técnica para ser eminentemente estratégica. Com o projeto, pretende-se contribuir para o avanço do campo científico e aplicado da comunicação organizacional no Brasil. O propósito é pensá-la dentro de uma perspectiva mais holística, enfocando-a em três dimensões: a humana, a instrumental e a estratégica. Trata-se de um projeto inovador e inédito, pela temática e pela metodologia a ser seguida. Com base na literatura nacional e internacional de comunicação organizacional foi feita uma criteriosa revisão do material indexado. Também foram analisados os enfoques predominantes do pensamento norte-americano, europeu e latino-americano sobre a comunicação organizacional. ver
29/08/2011Waldenyr CaldasAspectos sociais da jovem guardaver
14/07/2011Lucilene CuryAtalhos para a Inclusão Digital O Projeto foi finalizado e seu objetivo era o de encontrar bases iniciais para o trabalho do Grupo Cibernética Pedagógicaver
14/07/2011Marco Francesco ButibrevêAsas de aeromodelo em madeira balsa com imagensver
14/07/2011Susana Cecilia Almeida Igayara de SouzaCadernos de Repertório Coral ComunicantusEditoração eletrônica de obras estreadas pelos coros do Comunicantus: Laboratório Coral do CMU-ECA-USP. O projeto tem por objetivo normatizar a editoração do material estreado pelos coros do Comunicantus, principalmente a produção discente. Volta-se para novas obras corais e arranjos produzidos na atividade laboratorial, que foram escritos e reescritos a partir da atividade prática, das discussões na disciplina Práticas Multidisciplinares em Canto Coral e da supervisão dos professores responsáveis pela Disciplina. Um dos objetivos do projeto de pesquisa é discutir as práticas de leitura e escrita musicais e demonstrar a especificidade da escrita coral. ver
14/07/2011Roseli Aparecida Figaro PaulinoCensura, Mídias e Teatro Amador: antropofagias e mestiçagens.Propomo-nos a estudar a censura à produção teatral do circuito alternativo e popular de cultura na cidade de São Paulo entre 1930 e 1970. O foco principal da pesquisa é a censura à produção teatral de grupos amadores e o cerceamento das camadas populares ao acesso aos bens culturais. O estudo tem como eixo norteador as relações de sociabilidade, multiculturalismo e mestiçagens propiciadas pelas práticas culturais desses grupos de amadores teatrais (muitos deles formados por imigrantes) em diálogo com a indústria cultural e com as políticas culturais do Estado. É uma proposta vinculada ao projeto Temático Comunicação e Censura (Fapesp, 2009-2012) e dá continuidade às pesquisas anteriores do Projeto temático: A cena paulista: um estudo da produção cultural de São Paulo, a partir do Arquivo Miroel Silveira (AMS) da ECA USP. A metodologia utilizada envolve pesquisa bibliográfica e de acervos, entrevistas e análise documental. A pesquisa já produziu resultados publicados em dois livros:"Na cena paulista, o teatro amador.Circuito alternativo e popular de cultura (1927-1945)"; e " Teatro, Comunicação e Sociabilidade. Uma análise da censura ao teatro amador em São Paulo (1946-1970)”.ver
14/07/2011Lucilene CuryCibernética Pedagógica – Laboratório de Linguagens Digitais – LLD. Responsável: Profa. Dra. Lucilene Cury – Líder do Grupo.No âmbito das interfaces que se estabelecem entre a educação, a ciência, a cultura e a comunicação, sob o signo da sociedade do conhecimento, que enfatiza uma maior interdependência entre elas, este projeto de pesquisa (que tem a marca do universo digital) foi iniciado em 2008 para disponibilizar, de maneira aberta, o conteúdo das disciplinas que compõem as habilitações do curso de Comunicação da Escola de Comunicações e Artes da USP, continuou em desenvolvimento durante o ano de 2010 e propõe-se a continuar pelos anos de 2011 e 2012, para elaboração de um site/portal que apresente, de maneira científico acadêmica, os trabalhos do Grupo de Pesquisa do CCA/ECA/USP - Cibernética Pedagógica – Laboratório de Linguagens Digitais – LLD. Objeto e perspectiva teórica: a base do estudo é o conhecimento na sociedade do conhecimento, ou seja, como ele se configura no momento atual, tanto do ponto de vista da sua gênese, quanto da sua acessibilidade. Em pauta figuram o pensamento complexo, a globalização, os saberes locais e a educação científica, de maneira prioritária. Metodologia utilizada: inicialmente foram escolhidas as Universidades (nacionais e internacionais) que serviram de amostra para a coleta de dados nos seus respectivos sites. Em seguida foram realizadas a análise e a interpretação dos dados obtidos para elaboração do design gráfico do site/portal. Foram selecionados os conteúdos e organizado o material, para ser o primeiro trabalho apresentado no PORTLAB, coordenado pelo Laboratório de Linguagens Digitais – LLD – e deverá ser ampliado, no que diz respeito às atividades de pesquisa do Grupo. Prepara-se uma apresentação com design gráfico e especificidades visuais que atendam aos critérios de usabilidade disponíveis, incluindo testes de laboratório em parceria com o CPqD (Campinas), etapa atual do Projeto, sob responsabilidade da Mestranda e Pesquisadora do grupo Edilaine Heleodoro Félix. Uma vez pronto e colocado na WEB pela ECA, sua atualização contínua deverá ser feita pelo Mestrando e Pesquisador do Grupo: Douglas Gregório Miguel, durante seu trabalho no Laboratório. Ao mesmo tempo, programa-se a etapa de verificação dos resultados sobre a compreensão e satisfação com o Portal por parte dos usuários, com a colaboração da Pesquisadora Lígia Capobianco, participante do Grupo (Mestre). O objetivo geral da pesquisa sobre o Portal do Laboratório de Linguagens Digitais LLD (PORTLAB) é levantar dados que permitam ampliar a interatividade/interação que venham a ser geradas pelo Portal, de acordo com o modelo conceitual utilizado para a elaboração do mesmo. Os objetivos específicos são: Demonstrar os processos de interação e interatividades presenciais e virtuais; Indicar ações para otimizar o portal e facilitar sua navegação; Garantir que as pessoas encontrem as informações facilmente, pesquisem e explorem seu conhecimento. Justifica-se essa investigação pela possibilidade de demonstrar como ocorre a apropriação do conhecimento por meio dos recursos das novas tecnologias. As informações obtidas pela pesquisa visam aumentar a interação/interatividade do portal, atender às solicitações dos visitantes e apresentar ideias para que o portal seja uma fonte importante de conhecimento. Serão pesquisados dados sobre: A página inicial: quantidade de acessos (numéricos) Leitura das seções (links, artigos, notícias) Utilização das informações Recursos x Quantidade de pessoas atendidas Facilidade de localização de conteúdos •Padronização visual Outros recursos solicitados pelos visitantes do portal. Resultados esperados: Os primeiros resultados já foram apresentados em Relatórios realizados pelo bolsista Bhakta Krpa das Santos para a Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da Universidade de São Paulo, bem como em Congresso Internacional de Comunicação, Media e Cognição, em Braga -Portugal (publicado em julho de 2010). Durante o Seminário de Pesquisa realizado na Escola de Comunicações e Artes da USP CRP – I Pró-Pesq. foi feita a exposição dos trabalhos desenvolvido pelo Grupo de Pesquisa CNPq – Cibernética Pedagógica - Laboratório de Linguagens Digitais LLD e foi possível apresentar dados sobre o projeto em desenvolvimento, no que diz respeito à coleta e organização dos dados que compõem o conteúdo do site, juntamente com aluno Luiz Roberto de Almeida, bolsista do projeto (Aprender com Cultura e Extensão). Foi publicado em dezembro de 2010, em formato e-book. Espera-se para este ano de 2011 a finalização da Dissertação de Mestrado da Pós-Graduanda Edilaine Heleodoro Félix, que apresentará o site/portal do Grupo de Pesquisa CNPq – Cibernética Pedagógica – LLD. Com o intuito de publicar os trabalhos de Pesquisa e Extensão do Grupo, o Portal estará em contínua manutenção, de forma a interagir com outros pesquisadores e tornar o conhecimento acessível a todos os interessados, num processo de conhecimento coletivo, base do trabalho proposto. A participação dos usuários é de grande importância e interesse para a pesquisa em desenvolvimento, no sentido de estudar o aspecto cognitivo do Sujeito em relação ao mundo digital, o que levará a uma pesquisa de recepção sobre o portal, que alimentará suas sucessivas atualizações. ver
14/07/2011Mayra Rodrigues GomesCiências da Linguagem: estudo das práticas midiáticasA terminologia ciências da linguagem tem sido empregada pelas mais diversas linhas de pensamento e designa estudos que levam em conta as condições e implicações, para a espécie humana, da assunção da linguagem. A realização de tais estudos encontra sua possibilidade no cruzamento dos achados da antropologia, das ciências cognitivas, da filosofia, da lingüística, da lógica, da psicanálise, da semiótica etc. Ocorre que, para o vasto campo da comunicação e das mídias, e para o abrangente campo do jornalismo em particular, é justamente este tipo de estudo que promove uma compreensão melhor do poder das palavras, de seus efeitos e da responsabilidade de que se reveste quem assume a produção de discursos.ver
30/09/2011PAULO Roberto NASSAR de OliveiraComo a geração "facebook" avalia a comunicação das empresasA pesquisa tem como objetivo avaliar como a geração "facebook" avalia a comunicação das empresas no Brasil. A população da pesquisa corresponde aos estudantes de graduação dos cursos de administração e economia das escolas listadas no Índice Geral de Cursos da Instituição (IGC), nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Foram selecionadas duas universidades por cidade, com base no ranking, com a inclusão da Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo. Para a coleta de dados, foi utilizada a técnica de pesquisa quantitativa, com a aplicação de 400 questionários numa amostra não probabilística por cota, com a abordagem pessoal nas universidades selecionadas. O período de coleta de dados foi de 10 de agosto a 01 de setembro de 2011. A pesquisa é coordenada pelo Prof. Dr. Paulo Roberto Nassar de Oliveira e pela Prof.Ms. Suzel de Lima Figueiredo. A operação está sendo coordenada por Carla Mingolla e Fabiana Rinaldi, ambas da Ideiafix Pesquisas Corporativas. A pesquisa será publicada no Valor Setorial, publicação do jornal Valor Econômico, em novembro de 2011. ver
14/07/2011Terezinha Fátima Tagé Dias FernandesComunicação e linguagens da vida urbana em discursos e em textos verbais e não-verbais em diferentes épocas e formatos midiáticosPesquisa da produção de sentido de mensagens das mídias(sentido amplo) comunicadas em linguagens( sistemas sígnicos) de mediações(Jesús Martin-Barbero) sociais contemporâneas ou precursoras. Por este motivo, desenvolveu o estudo de textos e discursos verbais e não-verbais (jornalísticos, literários, radiofônicos, dramatúrgicos, televisivos, digitais, sonoros, visuais) da atualidade ou os que construiram e registraram a memória e historicidade em produtos culturais no cotidiano e na vida urbana de diferentes épocas e espaços semióticos (foram pesquisadas reportagens pontuais em jornais diários, textos de escritores -jornalistas, como Lima Barreto, Jorge Andrade, Zulmira Ribeiro Tavares, entre outros ) Todos voltados para marcas de referência de seu tempo/ espaço e semiosfera. O projeto partiu do princípio segundo o qual a Comunicação também é uma capacidade humana de criar e organizar linguagens e diferentes sistemas de signos integrados que se manifestam em múltiplas esferas das atividades sociais para compreensão dos sentidos da própria vida em movimento. Justificou-se como estudo da construção de mensagens midiáticas diferenciadas, muito além dos conteúdos e dos suportes, porque elas geraram, transmitiram, descobriram e apreenderam os sentidos da vida social. Consideramos como Texto a noção de Iúri Lotman, segundo o qual: "um texto pode ser considerado como todo conjunto de signos passível de leitura".ver
29/08/2011José Roberto Ferreira CintraConstruções narrativas em João Moreira Salles e Eduardo CoutinhoDois diretores de documentários se consagraram como os mais importantes do cinema documental do Brasil nas duas últimas décadas: João Moreira Salles e Eduardo Coutinho. Os processos de criação de cada um deles se tornaram referência para as novas gerações de documentaristas. Localizar pontos de semelhança e de oposição nas construções narrativas de cada um deles, apontar aquilo que os distingue como cineastas originais; entender os arcabouços técnicos utilizados e os contextos teóricos envolvidos; são recortes temáticos que podem contribuir para a formação dos alunos que se preparam para realizar seus próprios documentários nas disciplinas finais do curso de Jornalismo do CJE. ver
27/08/2011Branca Coutinho de OliveiraCorpo TrágicoO projeto de pesquisa que se estende sob as obras artísticas autorais é traçado no estudo da relação entre qualidade e matéria relativas à imagem, na perspectiva das Poéticas Visuais. Tendo o corpo como objeto, procura-se estabelecer relações entre os conceitos de intensidade e extensão. O trabalho se desenvolve com foco na investigação preconizada pela pesquisa da sensação de caráter trágico, cujo sentido “nietzscheano” diz respeito a “Uma lógica da afirmação múltipla, portanto uma lógica da pura afirmação, e uma ética da alegria que lhe corresponde (...). O trágico não está fundado numa relação entre o negativo e a vida, mas na relação essencial entre a alegria e o múltiplo, o positivo e o múltiplo, a afirmação e o múltiplo (...)” (Gilles Deleuze, no livro “Nietzsche e a Filosofia”, p.11) - transmutação. Segundo Deleuze, nunca se compreendeu o que era o trágico para Nietzsche; tratava-se, para ele, de um conceito relativo à alegria: “Trágica é a afirmação, porque afirma o acaso e a necessidade do acaso; porque afirma o devir e o ser do devir, porque afirma o múltiplo e o um do múltiplo”. Assim, no mesmo curso, Deleuze concebe a noção de multiplicidade. Concluindo, trata-se de uma poética da hibridação do atual e virtual que age no conhecimento do real, na sua trama, estrutura e no seu homólogo simulado.O resultado esperado é a criação de uma série de experimentos estéticos, produzidos através de operações poéticas em processos de composição dialógica entre imagens estáticas e dinâmicas nos meios eletrônicos. O registro visual e textual da investigação expõe o plano conceitual em que as obras (os experimentos) se projetam e se multiplicam.ver
14/07/2011Luciana Sayure ShimabucoCorrelações e articulações entre escritura e performance: uma investigação sobre os Estudos para Piano de György LigetiO presente projeto propõe investigar as relações de reciprocidade entre escritura e performance em obras selecionadas, a saber: os Estudos para Piano de György Ligeti. Para tanto, pretende, inicialmente, fundamentar a correlação entre escritura e performance, enfatizando o fato de que ambas são instâncias musicais intimamente imbricadas, que possuem relevâncias equivalentes e não hierarquizadas e que se condicionam mutuamente. A partir disso, e acatando os Estudos de Ligeti como objeto de estudo, reconhecerá aspectos que testemunham esse vínculo, por meio de duas indagações: (1) Como fatores de performance sub-determinam a escritu ra (2) Como a escritura e a notação sub-determinam a performance. A primeira indagação será abordada por meio de estratégias tais como o estudo do pensamento composicional de Ligeti em busca de testemunhos da consideração de fatores de performance em seu processo composicional, o reconhecimento de aspectos musicais fundamentalmente performativos que estimularam a composição destas peças e a comparação entre partituras manuscritas e suas respectivas partituras impressas, na busca pelo reconhecimento de adequações realizadas pelo compositor e destinadas a promover maior efetividade na performance. A segunda indagação observará as partituras com vistas a suas implicações de performance enquanto promotoras não de resultados unívocos e rigorosamente pré-determinados, mas sim de múltiplas soluções. Para tanto, serão efetuados o estudo técnico-pianístico destas obras - com o reconhecimento de aspectos como ambigu idades notacionais e complexidades técnico-instrumentais -, desenvolvimento de estratégias de aprendizagem e preparo das performances e a observação de diversas gravações que oferecem diferentes resultados para uma mesma prescrição notacional.ver
14/07/2011Marilia Pacheco FiorilloCrença e preconceito: os vieses da midia brasileira na cobertura de temas religiososEsta pesquisa pretende contribuir para a crítica da imprensa brasileira. O intuito é mapear como uma parcela da mídia brasileira, a mais influente, tem respondido recentemente à explosiva relevância das religiões e da religiosidade nos cenários político, cultural e comportamental. Analisaremos em que medida a escolha dos temas e episódios (pauta), o seu enfoque (edição), e os artifícios de linguagem nos textos podem refletir preconceitos e partidarismos, e os disseminar para a opinião pública. Faremos um levantamento minucioso (diário e semanal) de quatro importantes veículos, os jornais O Globo, O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e a revista Veja, por um período de sete meses, e em seguida a tabulação e análise comparativa dos dados, a partir dos seguintes eixos: a) se há ou não um tratamento privilegiado, e em que termos, para diferentes confissões como catolicismo, protestantismo (evangélicos e neo-pentecostais), judaísmo e islamismo; b) quais os critérios e as pré-concepções que norteiam a seleção e edição dos temas; c) qual a abordagem específica dos tópicos de maior incidência e atualidade, como o avanço do neo-fundamentalismo, religião e conflagrações políticas, religião e pertinência social e d)em que medida o discurso sobre as religiões e a religiosidade, nestas publicações, embute e propaga, explícita ou implicitamente,alinhamentos favoráveis ou desfavoráveis, cujo efeito é o de uma "pregação" informal, porém persuasiva.. ver
14/07/2011Brasilina PassarelliCriando Comunidades Virtuais de Aprendizagem e de Prática na Pós-Graduação da ECA/USP http://ccvap.futuro.usp.brO portal Criando Comunidades Virtuais de Aprendizagem e de Prática constitui ambiente virtual integrado a um banco de dados relacional dedicado a ancorar a pesquisa , a produção coletiva do conhecimento e a comunicação digital entre alunos do programa de pós-graduação em CIências da Comunicação da ECA/USP. Nesta pesquisa concebi, orientei a arquitetura da informação e do projeto do banco de dados, a implementação do portal e sua manutenção em servidores da Escola do Futuro/USP. A interface gráfica identifica cada seção com cores próprias para facilitar a navegação e sinalizar ao usuário onde ele se encontra. A seção Conteúdo ancora os tópicos do programa da disciplina explorando a convergência de mídias, incorporando textos, animações e vídeos, trabalhando simultaneamente com a narrativa linear e a não-linear, hipertextual. Foram criadas, especialmente para cada tema da agenda, animações provocadoras para alavancar os debates a serem realizados, tanto presencialmente como via fórum. Ancora a reflexão sobre educação à distância, bem como incentiva a produção do conhecimento e a interação entre os alunos do curso de pós-graduação da ECA/USP. Acessível em: http://ccvap.futuro.usp.br.ver