Formação e Desmanche de um Sistema Visual Brasileiro

Programa: Artes Visuais

Área de Concentração: Teoria, Ensino e Aprendizagem da Arte

Linha de Pesquisa: História, Crítica e Teoria da Arte

Docente responsável: Luiz Renato Martins

Descrição:

O propósito da pesquisa é o de investigar as transformações ocorridas nas artes visuais do Brasil num horizonte histórico amplo; logo sem se prender a perspectivas autorais ou a manifestações estilísticas, consideradas em si. A hipótese de partida é a de que se alcança, na década de 1950, um grau inédito de aglutinação e longevidade das experiências artísticas visuais, em contraposição ao quadro endêmico de ecletismo e volubilidade, próprio às nações periféricas. Neste sentido, a chave de constituição da "causalidade interna", mediante a qual a produção das obras é influenciada "não por modelos estrangeiros imediatos, mas por exemplos nacionais anteriores" (A. Candido), provém da articulação entre as artes visuais e a consciência do subdesenvolvimento (vide a "estética da forme", de Glauber, e a plataforma original do "cinema marginal"). A tônica dominante é outra desde o início da década de 1980 e uma nova questão se põe: como as esferas da cultura e das artes - que outrora colidiam com a modernização conservadora - vieram a ser incluídas nesta última?