Estrutura Curricular

NOVA ESTRUTURA CURRICULAR

 

1. Área de Concentração – Ciências da Comunicação

A perspectiva de uma única área de concentração busca preservar o caráter multi, inter e transdisciplinar que constitui historicamente as dimensões e tipos de estudos em Ciências da Comunicação, realizados no âmbito deste PPGCOM. Também procura criar um cenário de relativa estabilidade para a evolução e permanência do Programa no horizonte dos próximos quadriênios. Sobretudo, considera as características e as trajetórias de pesquisas de nosso corpo docente, a tradição abrangente e humanista que temos dado à formação dos discentes, bem como atende às demandas da estrutura da Universidade, conforme Regimento da Pós-graduação da USP.

 

A concepção da área de concentração Ciências da Comunicação, como única para o Programa, toma por base:

 

1. o panorama epistemológico do próprio campo, traduzindo uma visão pluralista e, ao mesmo tempo, agregadora das diversidades temáticas e de objetos de pesquisa;

2. as hibridações provenientes de campos correlatos e inovações decorrentes de vertentes teóricas emergentes;

3. o dinamismo em fluxo contínuo do processo de inovação e mudança da base técnica de sustentação dos processos comunicativos;

4. a ampliação e a transformação das linguagens, meios, públicos e processos decorrente de toda a conjuntura apresentada nos itens anteriores, mas especialmente a partir da condição de digitalização que permeia estes objetos comunicacionais; e

5. o papel que o campo da Comunicação assume na sociedade, uma resultante dos processos de mudança da base material e inovação tecnológica, com profunda transformação cultural.

 

A partir desta concepção estruturante o Programa se reorganiza objetivando criar aderência e consistência entre:

                        a) as atividades de ensino e pesquisa e produção docente – aqui expressas pela integração das linhas, grupos e projetos de pesquisa e a capacidade de oferta de disciplinas;

                        b) as atividades de organização didático-pedagógica – aqui traduzidas pela gestão de um perfil de egresso decorrente da grade semestral de oferta de disciplinas, da organização pedagógica de conteúdos das disciplinas e das atividades complementares necessárias à formação planejada;

                        c) as atividades de regulamentação e organização/adequação institucional da configuração do Programa com a USP – aqui formuladas pelas obrigatoriedades; e

                        d) as atividades de inovação, regionalização e internacionalização – aqui constituídas pelas atividades propostas por eixos específicos adicionais à grade disciplinar formal.

 

 

2. Linhas de Pesquisa

O conjunto de linhas de pesquisa aqui proposto, foi estruturado a partir dos cinco pilares organizadores descritos na caracterização da área de concentração, e reúne em articulação as atividades dos grupos de pesquisa e das pesquisas individuais e coletivas de seus respectivos docentes e discentes, oferecendo identidade temática aos propósitos gerais dos trabalhos desenvolvidos em cada linha sem, contudo, perder seu carácter plural e transdisciplinar. A postura articuladora, também se estende à proposição de disciplinas dos diferentes eixos – teórico-metodológico e especificidades.

 

A área de concentração única Ciências da Comunicação compõe 3 linhas de pesquisa:

Linha de pesquisa 1 – Comunicação, redes e linguagens: objetos teóricos e empíricos

Linha de Pesquisa 2- Processos Comunicacionais: tecnologias, produção e consumos

Linha de Pesquisa 3 – Comunicação: Interfaces e Institucionalidades  

 

2.1. Linha de pesquisa 1 – Comunicação, redes e linguagens: objetos teóricos e empíricos

 

Ementa:

Estudos de teorias, metodologias e linguagens, implicadas no processo comunicacional. Trata de problematizar e renovar o arcabouço epistemológico, teórico e metodológico do campo da comunicação, tendo em vista os objetos teóricos e empíricos de pesquisa, no contexto digital em seus atravessamentos culturais, estéticos, socioeconômicos, políticos e ecológicos.

 

Grupos de pesquisa articulados:

- CECOM - Centro de Estudos do Campo da Comunicação;

- CETVN - Centro de Estudos de Telenovela;

- CPCT - Centro de Pesquisa Comunicação e Trabalho;

- GELiDis - Linguagens e Discursos nos Meios de Comunicação;

- Grupo de pesquisa Jornalismo, Direito e Liberdade;

- Grupo de Pesquisa Epistemologia do Diálogo Social;

- Laboratório de Inovação, Desenvolvimento e Pesquisas em Educomunicação

 

Professores Doutores credenciados à Linha 1:

Anderson Vinicius Romanini

Cremilda Celeste de Araujo Medina

Eugênio Bucci

Maria Cristina Palma Mungioli

Maria Immacolata Vassallo de Lopes

Roseli Fígaro Paulino

 

Os professores e os grupos de pesquisa se articulam na linha 1 em torno de temáticas relativas à epistemologia, às teorias, às metodologias da comunicação e da linguagem e na produção de sentidos/semiose da comunicação. O digital atravessa todas essas temáticas e compreende as transformações provocadas no trabalho, na cultura e na organização da sociedade. A articulação entre os grupos de pesquisa e entre os professores se dá em torno dos eixos: linguagens, teorias e cultura, no desenvolvimento de objetos de pesquisa específicos. Os docentes articulam-se e trocam experiências em seminários de pesquisa, nos encontros anuais de pesquisa dos estudantes Conexão-Pós, cujas atividades têm curadoria desenvolvida pelos professores.

 

2.2. Linha de Pesquisa 2- Processos comunicacionais: tecnologias, produção e consumos

 

Ementa:

Estudos de processos de comunicação, tecnologias digitais, linguagens, redes e formatos, no contexto da ecologia das mídias, da cultura e da economia. A abordagem teórica e metodológica trata das relações entre comunicação, tecnologias e consumos. Problematiza essas relações desde o âmbito da produção ao da recepção e circulação de significados e de narrativas no cotidiano de pessoas, instituições e sociedade.

 

Grupos de pesquisa articulados:

- COM+ - Grupo de Pesquisa em Comunicação, Jornalismo e Mídias Digitais;

- ALTERJOR - Jornalismo Alternativo;

- GESC3 - Grupo de Estudos Semióticos em Comunicação Cultura e Consumo;

- GEIC – Grupo de Estudos da Imagem em Comunicação;

- 4C – Centro de Ciências Cognitivas e Comunicação.

 

Professores Doutores credenciados à Linha 2:

Elizabeth Nicolau Saad Corrêa

Eneus Trindade Barreto Filho

Leandro Leonardo Batista

Luciano Victor Barros Maluly

Maria Clotilde Perez Rodrigues

Wagner Souza e Silva

 

Os professores e os grupos de pesquisa se articulam na linha 2 em torno de temáticas das técnicas e das tecnologias digitais na reflexão sobre a comunicação e suas diferentes linguagens: jornalismo, fotografia, editoração, publicidade, e no processo cognitivo; bem como em torno de temáticas relativas à formação, à cultura e à circulação dos bens culturais e do consumo. Cada professor e grupo de pesquisa desenvolve trabalhos impares, como também se articulam e trocam experiências em seminários de pesquisa, nos encontros anuais de pesquisa dos estudantes Conexão-Pós, ambas as atividades têm curadoria desenvolvida pelos professores.

 

2.3. Linha de Pesquisa 3 – Comunicação: Interfaces e Institucionalidades

 

Ementa:

Estudos da comunicação em suas interfaces sociais, tecnológicas e institucionais. Trata de apreender a comunicação nos aspectos organizativos e políticos, tendo como instância constitutiva os processos educacionais, econômicos, culturais e ecológicos. A reflexão epistemológica, teórica e metodológica dá-se no âmbito do diálogo entre as diferentes práticas sociais.

 

Grupos Articulados na Linha 3

- CECORP - Centro de Estudos de Comunicação Organizacional e Relações

Públicas;

- DICULT – Grupo de Estudos de diversidades, interculturalidade, comunicação

e linguagens culturais;

- GENN – Grupo de Estudos das Narrativas;

- NCE – Núcleo de Comunicação e Educação;

- Laboratório de Inovação, Desenvolvimento e Pesquisas em Educomunicação;

- CECOM - Centro de Estudos do Campo da Comunicação;

- MECOM – Mediações educomunicativas.

 

Professores Doutores credenciados à Linha 3:

Adilson Odair Citelli

Claudia Lago

Luiz Alberto Beserra de Farias

Margarida Maria Krohling Kunsch

Maria Aparecida Ferrari

Paulo Roberto Nassar

Richard Romancini

 

Os professores e os grupos de pesquisa se articulam na linha 3 em torno dos temas da comunicação que envolvem organizações e instituições de diferentes perfis (educacionais, políticas, empresariais). Desenvolvem pesquisas sobre a potencialidade da comunicação, em seus aspectos epistemológicos e teóricos, em transformar essas instituições, no contexto da liberdade de expressão, da democracia, da sustentabilidade e da formação humanística. Cada professor e grupo de pesquisa desenvolve trabalhos impares, como também se articulam e trocam experiências em seminários de pesquisa, e nos encontros anuais de pesquisa dos estudantes Conexão-Pós, ambas as atividades têm curadoria desenvolvida pelos professores.

 

3. Percurso discente pelo currículo

 

A estrutura curricular do PPGCOM atende a mestrados e doutorados com a mesma grade de disciplinas ofertadas. É prática histórica do Programa que os dois níveis de formação comunguem do mesmo ambiente de aulas, grupos de pesquisa, atividades complementares e demais atribuições formadoras do perfil do futuro mestre/doutor(a). A especificidade do curso de mestrado e de doutorado está no número de créditos a ser cumprido, nos créditos de atividades complementares, na especificidade do tratamento dado ao objeto de pesquisa e em sua abordagem teórico-metodológica. Requerem-se estágios diferentes de apresentação de projeto de pesquisa, de relatório de qualificação bem como da produção final dissertação para mestrados e tese para doutorados. O percurso acadêmico relativo a cada nível é competência do orientador/a, dos examinadores do processo de seleção, dos examinadores da qualificação e dos examinadores da defesa. Também, no percurso acadêmico das disciplinas, cabe aos ministrantes a avaliação coerente com o nível (mestrado/doutorado) em que está o aluno/a.