Seminário Comunicação, Trabalho e Discursos: Diálogos e Reflexões

Seminário reúne especialistas em análise do discurso e mundo do trabalho para pensar o campo da comunicação

 

Nos dias 21 e 22 de agosto acontece na Escola de Comunicações e Artes da USP o seminário Comunicação, Trabalho e Discursos: Diálogos e Reflexões com o objetivo de articular os conceitos teóricos da Análise do Discurso no exame das relações de comunicação e trabalho.

A primeira mesa terá como tema Análise do discurso como abordagem dos estudos em comunicação e trabalho e será composta por Suzy Lagazzi (Unicamp), Cristiane Dias (Unicamp), Helena Nagamine Brandão (USP) e Fernando Pachi (Unip).

Já no segundo dia, o debate Materialidade do trabalho e mídias digitais contará com a presença de Ricardo Antunes (Unicamp), Vander Casaqui (CPCT-ECA), Celso Frederico e Roseli Figaro, ambos da ECA-USP.

O evento é organizado pelo Centro de Pesquisa em Comunicação e Trabalho da ECA com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - FAPESP e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq. A atividade contará com certificado de participação.

As relações de comunicação no trabalho a partir da Análise de Discurso

A análise das situações de trabalho e das relações de comunicação no mundo do trabalho, a partir dos conceitos teórico-metodológicos da Análise do Discurso, nos força uma reflexão sobre a constituição do sujeito trabalhador nos contextos em que atua no Brasil.

Os discursos produzidos pelos trabalhadores são assim constituídos por atravessamentos que produzem efeitos de sentido diversos, silenciamentos e derivas de sentido, que devem ser relacionados às possibilidades do dizer disponíveis na história e nas relações sociais. Tais efeitos só podem ser observados na compreensão e no questionamento das relações de comunicação e trabalho.

 A materialidade do trabalho nas mídias digitais

O desenvolvimento das Tecnologias de Informação e Comunicação potencializa a apropriação do valor do trabalho, como pode-se observar no processo da chamada uberização. Em um quadro de crise aguda de desemprego, a flexibilização e precarização estrutural do trabalho acentua-se como condições do modo de produção Toyotista.

Dentre esse cenário, a saída propagada pelo discurso hegemônico é o empreendedorismo, o culto ao “homem-empresa” (Dardot e Laval), os trabalhados voluntários e os baixos salários para os ‘colaboradores’ das empresas como recursos mobilizados para invisibilizar o trabalho, o valor gerado pelo trabalho. A chave analítica desse novo contexto passa pelo binômio comunicação e trabalho como forma de compreensão da materialidade do trabalho nas mídias digitais.

Inscrição gratuita

https://goo.gl/forms/abauk7lpOl3EDYKV2

Serviço:

Seminário Comunicação, Trabalho e Discursos: Diálogos e Reflexões

Centro de Pesquisa em Comunicação e Trabalho

21 de agosto às 14h00

Mesa: Análise do discurso como abordagem dos estudos em comunicação e trabalho

Suzy Lagazzi UNICAMP

Cristiane Dias UNICAMP

Helena Nagamine Brandão FFLCH-USP

Fernando Pachi UNIP | CPCT ECA-USP

Local: Auditório Freitas Nobre

22 de agosto às 14h00

Mesa: Materialidade do trabalho e mídias digitais

Ricardo Antunes UNICAMP

Vander Casaqui CPCT ECA-USP

Celso Frederico ECA-USP

Roseli Figaro ECA-USP

Local: Auditório Paulo Emílio

Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo

Endereço: Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, 443 - Cidade Universitária

 

Contato: comunicacaoetrabalho@gmail.com