Edital 2013 do Programa de Meios e Processos Audiovisuais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

ESCOLA DE COMUNICAÇÕES E ARTES

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MEIOS E PROCESSOS AUDIOVISUAIS - PPGMPA

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INGRESSO DE ALUNOS REGULARES - 2013

Retificação do D.O. de  19/09/2012

Na publicação do Edital do Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais - Processo de Seleção para Ingresso de Alunos Regulares 2013, na Bibliografia para o Doutorado da Linha de Pesquisa “História, Teoria e Crítica” - onde se lê: CAIXETA, Ruben e GUIMARAES, César: “Pela distinção entre ficção e documentário, provisoriamente. Introdução”, in: COMOLLI, Jean-Louis. Ver e poder. A inocência perdida: cinema, televisão, ficção, documentário. Belo Horizonte: UFMG/Humanitas, 2008, p. 32 – 49,

leia-se:  COMOLLI, Jean-Louis. Ver e poder. A inocência perdida: cinema, televisão, ficção, documentário. Belo Horizonte: UFMG/Humanitas, 2008.

 

O Diretor da Escola de Comunicações e Artes da USP, ouvida a Comissão de Pós-Graduação, resolve baixar o seguinte comunicado: ESTARÃO ABERTAS AS INSCRIÇÕES ON-LINE PARA INGRESSO DE ALUNOS REGULARES NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MEIOS E PROCESSOS AUDIOVISUAIS - PPGMPA NOS DIAS 15 (a partir das 9h), 16 e 17 (até às 17h horário de Brasília) DE OUTUBRO DE 2012, visando o preenchimento de 35 vagas distribuídas entre Mestrado e Doutorado no ano de 2013, através do site www3.eca.usp.br.

NORMAS PARA INSCRIÇÃO E SELEÇÃO:

Art.1º - Poderão candidatar-se à seleção para o Mestrado, portadores de diploma de graduação ou certificado de conclusão em qualquer área de conhecimento, com data de colação de grau, obtido em instituições de ensino superior, nacionais ou estrangeiras, de acordo com a Resolução 02/2007, de 18.06.2007, do Conselho Nacional de Educação. Não será admitida a matrícula nos cursos de mestrado diplomados em cursos de licenciatura curta ou similar, de acordo com o disposto no parágrafo único do Artigo 42 do Regimento de Pós-Graduação da USP.

Parágrafo Único: Os candidatos, prováveis formados até 31 de dezembro de 2012, poderão participar do processo de seleção e estarão obrigados a apresentar a documentação exigida no ato da matrícula.

Art. 2º - Poderão candidatar-se à seleção para o Doutorado com Mestrado, portadores do título de mestre, em qualquer área do conhecimento, obtido em instituições nacionais ou estrangeiras.

Art.3º - Poderão candidatar-se à seleção para Doutorado Direto, portadores do certificado ou diploma de graduação em qualquer área do conhecimento, obtido em instituições nacionais ou estrangeiras, mediante aprovação de memorial circunstanciado, conforme disposto no Art. 4º - item III.

Parágrafo Único: Candidatos que estiverem cursando mestrado acadêmico, não poderão candidatar-se ao Doutorado Direto.

Art.4º - A inscrição será on-line, no período de 15 (a partir das 9h), 16 e 17 (até às 17h horário de Brasília) de outubro de 2012, através do site www3.eca.usp.br. O candidato deverá:

I. preencher o formulário conforme instruções disponíveis no próprio site;

II.  pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 150,00 (cento e cinquenta) através de boleto e que deverá ser pago no Banco, impreterivelmente, até a data limite do encerramento das inscrições (17.10.2012).  O pagamento compensado após esta data terá sua inscrição desconsiderada no Programa.

III. no caso exclusivo dos candidatos ao Doutorado Direto, estes deverão apresentar no período de 15 a 17 de outubro das 9h às 12h e das 14h às 17h, na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, Av. Prof. Lucio Martins Rodrigues, 443, a seguinte documentação: comprovante de pagamento, Memorial Circunstanciado, em quatro vias, e Projeto de pesquisa, em quatro vias, que pretende desenvolver, vinculado a uma das linhas de pesquisa do Programa de Pós-Graduação de Meios e Processos Audiovisuais, a saber: ‘História, Teoria e Crítica’;‘Poéticas e Técnicas’; ‘Cultura Audiovisual e Comunicação’; o candidato será avaliado por Banca Examinadora (a data da entrevista será informada a estes candidatos através de e-mail).

Art.5º - Os candidatos com deficiência que se enquadrarem nas categorias discriminadas no artigo 4º do Decreto nº 3.298/99 deverão apresentar no período de inscrição de 15 a 17.10.2012, das 9h às 12h e das 14h às 17h, na Secretaria do PPGMPA/ECA/USP, av. Prof. Lucio Martins Rodrigues, 443, sala 112A:

I. requerimento por escrito com justificativa explicitando a necessidade de tratamento diferenciado e/ou tempo adicional para realização da prova;

II. laudo médico recente que ateste a espécie e o grau ou o nível da deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença – CID, bem como a provável causa da deficiência;

III. parecer emitido por especialista da área de deficiência indicando as condições diferenciadas;

§1º - O candidato com deficiência que não atender ao disposto neste Artigo será considerado como pessoa sem deficiência e não terá a prova preparada segundo as condições diferenciadas de que necessite.

§2º - O candidato com deficiência participará do concurso em igualdade de condições com os demais candidatos no que se refere ao conteúdo das provas, à avaliação e aos critérios de aprovação, à nota mínima exigida ao horário e ao local de aplicação das provas.

Art.6º - Não serão aceitas inscrições com dados incorretos.

Art.7º - No dia 22 de outubro será publicada no site do Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais (www3.eca.usp.br) a lista de inscritos por ordem alfabética.

Art.8º - O processo seletivo será realizado no período de 22 de outubro a 07 de dezembro de 2012, conforme informações complementares específicas do Programa e divulgadas pela Secretaria de Pós-Graduação no sítio www3.eca.usp.br

Art.9º - A homologação dos resultados da seleção caberá à Comissão de Pós-Graduação-ECA, com base na avaliação de mérito realizada pela Comissão do Processo Seletivo do PPGMPA, e sua divulgação dar-se-á no dia 19 de dezembro de 2012 no sítio www3.eca.usp.br

Art.10º - O Programa não se obriga a preencher todas as vagas oferecidas.

Art.11º - Os(as) candidatos(as) aprovados(as) providenciarão sua matrícula de acordo com as informações que serão divulgadas juntamente com a lista de aprovados no dia 19/12/2012 e deverão apresentar, obrigatoriamente, cópia dos seguintes documentos :

I. cópia simples do RG

II. cópia simples do CPF

III. cópia legível da certidão de nascimento e/ou casamento;

IV. cópia simples do Certificado de Reservista;

V. cópia simples do título de eleitor;

VI. currículo na Plataforma Lattes do CNPq;

VII. cópia simples do diploma de graduação (frente e verso) ou cópia simples e legível  do certificado de conclusão do curso de graduação com a data da colação de grau;

VIII. cópia simples do histórico escolar correspondente ao curso de graduação concluído;

IX. aprovados ao doutorado com mestrado deverão apresentar, além dos documentos do item I, II, III, IV, V eVI,  cópia simples do histórico e do diploma de mestre (frente e verso), conforme disposto no Art. 2º, ou cópia simples da ata de defesa homologada com comprovante da validade nacional do curso;

X. alunos estrangeiros: apresentar cópia simples do RNE ou protocolo com o número do RNE (SINCRE – Polícia Federal);

XI. cópia simples do certificado de proficiência de língua de acordo com o disposto no artigo 11º, com validade de três anos na data da matrícula:

XII. cópia simples do certificado de proficiência em língua portuguesa para os candidatos estrangeiros, fornecido nos moldes do item anterior. Informações no sítio www3.eca.usp.br

Art.12º - Para os candidatos aprovados ao mestrado: uma língua estrangeira em um dos seguintes idiomas: inglês, francês, espanhol, italiano, alemão e português (para estrangeiros), expedido por instituições de ensino superior de letras, federais, estaduais ou pelas seguintes instituições:

  • Centro de Línguas/FFLCH/USP (inglês, francês, espanhol, alemão, italiano) e (português somente para os candidatos estrangeiros). Informações poderão ser obtidas através do sítio www.fflch.usp.br/cl;

  • Instituto Goethe (alemão) com classificação de, no mínimo, nível M III ou C1;

  • Aliança Francesa (francês) - teste: mínimo 70 pontos;

  • Instituto Italiano de Cultura (italiano) teste Lato Sensu com aproveitamento igual ou superior a 50%

  • Colégio Miguel de Cervantes; Instituto Cervantes, Diploma de Espanhol como Língua Estrangeira - DELE, Instituto Hispânico de São Paulo e Instituto Cultural Hispânico (espanhol) - nível intermediário

  • Cultura Inglesa, União Cultural Brasil-EUA, Alumni (inglês)

Certificados:

  • Test of English as Foreign Language - TOEFL:

  • mínimo 190 pontos para o Computer-based-Test - CBT

  • mínimo 520 pontos para o Paper-based-Test - PBT

  • mínimo 68 pontos para o Internet-based-Test - IBT

  • International English Language Test - IELTS - mínimo 6,0 pontos

  • Cambrigde

§1º - Para os candidatos aprovados ao Doutorado com Mestrado - duas línguas estrangeiras, uma aproveitada do mestrado, a segunda com certificado expedido nos mesmos moldes deste artigo. Para os candidatos aprovados ao Doutorado Direto: obrigatória a comprovação em duas línguas estrangeiras.

§2º - Certificado de conclusão de curso de idioma não é válido como proficiência.

Art.13º - O candidato que no ato da matrícula não atender as exigências de documentação não poderá efetivar a matrícula. Neste caso, fica sem efeito a aprovação do candidato no processo de seleção.

Art.14º - Não haverá matrícula condicional.

Art.15º - Não será permitida a matrícula concomitante em cursos de pós-graduação da USP. Constatada a matrícula em um segundo curso, esta será anulada.

Art. 16º - Os casos omissos serão decididos pela Comissão de Pós-Graduação da ECA.

Art.17º - As decisões da Comissão de Pós-Graduação da ECA são soberanas, não cabendo aos candidatos recursos encaminhados a outros órgãos.

Art.18º - A taxa de inscrição à seleção não será devolvida, sob nenhum pretexto.

Art.19º – Os candidatos não selecionados deverão retirar o material impreterivelmente no mês de fevereiro de 2013. Após esta data a referida documentação será reciclada.

Outras informações poderão ser obtidas junto ao Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais ou pelo sítio www3.eca.usp.br

 

INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS

 

 

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MEIOS E PROCESSOS AUDIOVISUAIS

O Programa reúne pesquisadores dedicados ao estudo do cinema, do vídeo, da televisão, do rádio e das mídias digitais, especialistas com formação em estética, literatura, história, artes visuais, arquitetura, ciências sociais, cinema, vídeo e mídias digitais, que pesquisam o cinema e os meios audiovisuais como um sistema diversificado de práticas e idéias, envolvendo os seus processos específicos de reflexão, criação, produção e difusão. A área de concentração reúne professores e pesquisadores cujo trabalho aborda, a partir de diferentes perspectivas teóricas, uma variedade de objetos audiovisuais com ênfase na sua constituição e existência empírica. A área reúne perspectivas que se ocupam das articulações poéticas, dos significados semióticos, das expressões estéticas, da crítica, da análise histórica, das articulações entre produção e difusão do conhecimento, das políticas públicas e economia do setor, e que articulam essas perspectivas em realizações escritas, na orientação de alunos, e em seminários especializados, mas também em realizações audiovisuais que procuram de alguma maneira dialogar e pensar parâmetros que enriqueçam as formas de expressão audiovisual. As três linhas de pesquisa propostas procuram agrupar essas diferentes abordagens de maneira a consolidar grupos já estabelecidos e estimular grupos em constituição, especialmente nas áreas de economia, legislação e difusão.

 

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: MEIOS E PROCESSOS AUDIOVISUAIS

Linhas de Pesquisa:

A) História, Teoria e Crítica

A linha de pesquisa História, teoria e crítica reúne pesquisadores dedicados ao estudo das formas e temas da mídia audiovisual tal como organizada nos seus diversos gêneros e suportes, com atenção aos seus modos de produção e recepção, ou com ênfase na análise e interpretação de imagens e sons em conexão com a sua dimensão de conteúdo e de experiência estética, mutável no plano da história e de suas condições técnicas, incluindo segmentos correlatos, como as modalidades da fotografia (visual) e da programação sonora (mídia sonora).

B) Poéticas e Técnicas

A linha de pesquisa Poéticas e Técnicas reúne professores dedicados ao estudo e experimentação dos modos de proceder na realização de obras audiovisuais, seja na contemporaneidade ou na história dos meios audiovisuais, com ênfase para a relação entre técnicas e competências específicas de criação, nos planos de elaboração de roteiros, composição da imagem, montagem, captação e edição de som, animação de imagens, direção e organização da produção, considerando suportes analógicos e digitais.

 

C) Cultura Audiovisual e Comunicação

A Linha se dedica ao estudo da ontologia do objeto comunicacional e da cultura audiovisual, assim como debate questões epistemológicas em todas as suas formas, mediações e interações nos processos comunicacionais. Além disso, investiga o sistema diversificado de linguagens, de práticas mediáticas e de expressão pública de gostos, opiniões e posicionamentos, bem como seu papel na produção e sustentação de redes interativas.

RELAÇÃO DE ORIENTADORES PARA ESTE PROCESSO SELETIVO

Orientadores/ Profs. Drs.

Linha de Pesquisa

Nível

Almir Antonio Rosa

Poéticas e Técnicas

ME

Arlindo Ribeiro Machado Neto

Poéticas e Técnicas

ME/DO

Atílio Avancini

Poéticas e Técnicas

ME

Ciro Juvenal Rodrigues Marcondes Filho

Cultura Audiovisual e Comunicação

ME/DO

Cristian da Silva Borges

História, Teoria e Crítica

ME

Eduardo Peñuela Cañizal

Poéticas e Técnicas

ME/DO

Eduardo Simões dos Santos Mendes

Poéticas e Técnicas

ME

Eduardo Vicente

Cultura Audiovisual e Comunicação

ME/DO

Esther Imperio Hamburger

História, Teoria e Crítica

ME/DO

Gilson Schwartz

Cultura Audiovisual e Comunicação

ME/DO

Henri Pierrre A. de A. Gervaiseau

História, Teoria e Crítica

ME/DO

Irene de Araújo Machado

Cultura Audiovisual e Comunicação

ME/DO

Ismail Norberto Xavier

História, Teoria e Crítica

ME/DO

Maria Dora Genis Mourão

Poéticas e Técnicas

ME/DO

Marília da Silva Franco

Cultura Audiovisual e Comunicação

ME/DO

Mauro Wilton de Sousa

Cultura Audiovisual e Comunicação

ME/DO

Patrícia Moran Fernandes

Poéticas e Técnicas

ME/DO

Rubens Luis Ribeiro Machado Junior

História, Teoria e Crítica

ME/DO

 

Línguas estrangeiras:

- Línguas aceitas: Alemão, Espanhol, Francês, Inglês, Italiano

- Proficiência em língua portuguesa exigida para candidatos estrangeiros

Informações detalhadas vide Artigo 11º do Edital

Critérios de Seleção:

1ª ETAPA:

Prova escrita, eliminatória, sobre conhecimentos específicos das linhas de pesquisa do Programa, com nota mínima 7,0 (sete);

2ª ETAPA:

Análise do projeto, eliminatória, com nota mínima 7,0 (sete).

3ª ETAPA:

Entrevista com o candidato feita por uma banca, na qual o candidato será arguido sobre o projeto de pesquisa e o currículo vitae.

Todas as etapas são eliminatórias. O candidato aprovado na primeira etapa deverá entregar projeto de pesquisa e currículo, conforme informações abaixo. Aprovado na segunda etapa, o candidato será convocado para uma entrevista, conforme calendário.

Critérios de correção da prova:

A prova será corrigida por uma banca composta por professores do PPGMPA/USP que atribuirá notas de 0 (zero) a 10 (dez), sendo 7 (sete) o valor mínimo para aprovação, levando-se em conta:

  • pertinência à questão proposta;

  • articulação entre autores e conceitos;

  • clareza nas idéias e estruturação da argumentação;

  • correção no uso da língua portuguesa.

Critérios de avaliação dos projetos de pesquisa

  • pertinência à Linha de Pesquisa indicada;

  • adequação ao curso de mestrado ou doutorado pretendido;

  • consistência teórica;

  • originalidade;

  • contribuição para a área de conhecimento;

  • viabilidade de execução;

  • clareza de exposição.

Calendário:

1ª ETAPA - Prova escrita dissertativa

Data: 26/10/2012, das 14h às 18h.

Local: Departamento de Cinema, Rádio e Televisão/ECA

A prova será sem consulta, com base na bibliografia e na relação dos materiais audiovisuais publicados. Somente será considerado o uso de caneta azul ou preta na folha de respostas.

Divulgação dos aprovados na prova escrita: 05.11.2012 a partir das 17h, no sítio: www3.eca.usp.br

2ª ETAPA – Projeto de pesquisa e currículo – Somente para os aprovados na prova escrita

Data e local para entrega do Projeto de pesquisa e currículo vitae: 08 e 09 de novembro de 2012, das 9h às 12h e das 14h às 17h, no Prédio Principal da ECA, 1º andar sala 112-A.

a. Projeto de pesquisa em quatro vias, que pretende desenvolver, vinculado a uma das linhas de pesquisa do Programa de Pós-Graduação de Meios e Processos Audiovisuais, a saber: ‘História, Teoria e Crítica’; ‘Poéticas e Técnicas’; ‘Cultura Audiovisual e Comunicação’.

b. currículo (quatro cópias impressas) com produção documentada.

Divulgação dos aprovados nesta etapa: 28.11.2012 a partir das 17h, no sítio: www3.eca.usp.br

 

3ª ETAPA - Entrevista

As Entrevistas serão realizadas por uma banca nos dias de 03, 04 e 05 de dezembro conforme calendário que será divulgado no dia 28.11.2012 a partir das 17 h, no sítio www3.eca.usp.br

Outras informações: ppgmpa@usp.br

Linha de Pesquisa “História, Teoria e Crítica”

Lista de Materiais audiovisuais (Mestrado/Doutorado)

Acossado (1959), de Jean-Luc Godard

Câmera: imagens em movimento: Os irmãos Lumière, (1993), de David Naden e Noel Chanan

Primeiro episódio de Cidade dos Homens: primeira temporada (2003), de Cesar Charlone et alii.

Cidadão Kane (1940), de Orson Welles

Coletânea Méliès (1997), de Jacques Mény

Deus e o Diabo na terra do Sol (1963), de Glauber Rocha

Dez (2004), Abbas Kiarostami

O Homem com a Câmera (1929), de Dziga Vertov

Jogo de Cena (2007), de Eduardo Coutinho

Macunaíma (1969), de Joaquim Pedro de Andrade

Notícias de uma Guerra Particular (1999), de João Moreira Salles

Oito e meio (1963) de Federico Fellini

Taxi Driver (1976), de Martin Scorsese

Viagem à Itália (1953), de Roberto Rossellini

Videogramas de uma revolução (1992), de Harun Farocki

 

Bibliografia para o Mestrado

AUMONT, Jacques. O olho  interminável: cinema e pintura. São Paulo: Cosac & Naify, 2004.

BERNARDET, Jean-Claude. Cineastas e imagens do povo. 2ª ed. S. Paulo: Companhia das Letras, 2003.

BURCH, Noel. Práxis do cinema. São Paulo: Perspectiva, 1992.

HAMBURGER, Esther. O Brasil Antenado. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005.

LABAKI, Amir e MOURÃO, Maria Dora G. (orgs.) O Cinema do Real. São Paulo: Cosac Naify, 2005.

MACHADO, Arlindo. A televisão levado a sério. São Paulo: Ed SENAC, 2000.

MORETTIN, Eduardo, NAPOLITANO, Marcos e KORNIS, Monica (org.). História e documentário. RJ: Editora FGV. 2012

XAVIER, Ismail. Cinema brasileiro moderno. 3ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 2006.

______. O discurso cinematográfico: opacidade e transparência. 3ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 2005.

 

Bibliografia para o Doutorado 

AUMONT, Jacques. O olho  interminável: cinema e pintura. São Paulo: Cosac & Naify, 2004. 

BERNARDET, Jean-Claude. Cineastas e imagens do povo. 2ª ed. S. Paulo: Companhia das Letras, 2003.

BORDWELL, David. Narration in fiction film. London: Methuen, 1985.

CAIXETA, Ruben e GUIMARAES, César: “Pela distinção entre ficção e documentário, provisoriamente. Introdução”, in: COMOLLI, Jean-Louis. Ver e poder. A inocência perdida: cinema, televisão, ficção, documentário. Belo Horizonte: UFMG/Humanitas, 2008, p. 32 – 49.

CHARNEY, Leo e SCHWARZ, Vanessa O cinema e a invenção da vida moderna. 2ª ed. São Paulo, Cosac & Naify, 2010.

COMOLLI, Jean-Louis. Ver e poder. A inocência perdida: cinema, televisão, ficção, documentário. Belo Horizonte: UFMG/Humanitas, 2008.

DUBOIS, Philippe. Cinema, Vídeo, Godard. São Paulo, Cosac & Naify, 2005.

HAMBURGER, Esther. O Brasil Antenado. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005.

LABAKI, Amir e MOURÃO, Maria Dora G. (orgs.) O Cinema do Real. São Paulo: Cosac & Naify, 2005.

MACHADO, Arlindo. Pré-cinemas e pós-cinemas. Campinas, SP, Papirus, 2007.

XAVIER, Ismail. Alegorias do subdesenvolvimento: Cinema Novo, Tropicalismo, Cinema Marginal. São Paulo: Brasiliense, 1993.

______. O discurso cinematográfico: opacidade e transparência. 3ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 2005.

Linha de Pesquisa “Poéticas e Técnicas”

 
Lista de Materiais audiovisuais (Mestrado/Doutorado)

O livro de cabeceira (1996), de Peter Greenaway.
Time Code (2000), de Mike Figgis.
O homem com a câmera (1929), de Dziga Vertov.
Viridiana (1961), de Luís Buñuel.

Filme de amor (2003), de Julio Bressane

Jogo de Cena ( 2006), de Eduardo Coutinho

2001: Uma Odisséia no espaço, (1968) de Stanley Kubrick

Videogramas de uma revolução (1992) de Harun Farocki

Som e Furia (2009) direção geral Fernando Meireles
 

Bibliografia para o Mestrado

BAZIN, André: O cinema. Ensaios. São Paulo: Brasiliense, 1991.

BURCH, Noel. Práxis do Cinema. São Paulo: Perspectiva, 1992.

CANIZAL, Eduardo Peñuela. El oscuro encanto de los textos visuales. Sevilla: Editorial ArCiBel, 2010.
CASETTI, Francesco e CHIO, Federico. Análisis de la Televisión: Instrumentos,  Métodos y Práticas de Investigación. Barcelona: Paidós, 1999.
CHION, Michel. Le son au cinéma. Paris: Cahiers du cinema, 1992.

DUBOIS, Philippe. Cinema, Vídeo, Godard. São Paulo: CosacNaify, 2005.

FLUSSER, Vilém. Filosofia da Caixa Preta. Ensaios para uma futura filosofia da fotografia. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2002.
MACHADO, Arlindo. Pré-cinema e pós-cinemas. Campinas: Editora Papirus, 1997.

XAVIER, Ismail. O discurso cinematográfico: opacidade e transparência. 3ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 2005.

Bibliografia para o Doutorado

AUMONT, Jacques. O olho  interminável: cinema e pintura. São Paulo: Cosac & Naify, 2004.

BELLOUR, Raymond. Entre-imagens. Foto. Cinema. Vídeo. São Paulo: Papirus, 1997.

BOLTER, Jay David, GRUSIN, Richard. Remediation: Understanding New Media.
Cambridge: MIT Press,  1999 

CASETTI, Francesco e CHIO, Federico. Análisis de la Televisión: Instrumentos,  Métodos y Práticas de Investigación. Barcelona: Paidós, 1999.
CANIZAL, Eduardo Peñuela. El oscuro encanto de los textos visuales. Sevilla, Editorial ArCiBel, 2010.
DUBOIS, Philippe. Cinema, Vídeo, Godard. São Paulo: Cosac & Naify, 2005.

MACHADO, Arlindo. Pré-cinema e pós-cinemas. Campinas: Editora Papirus,
MACIEL, Kátia (org). Transcinemas. Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria, 2009
MANOVICH, Lev. The Language of New Media. Cambridge: MIT Press, 2001.
WILLIAMS, Raymond Williams. Television, Technology and Cultural Forms. Glasgow: Fontana/Collins, 1979.
XAVIER, Ismail. O discurso cinematográfico: opacidade e transparência. 3ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 2005.

YOUNGBLOOD, Gene.  Expanded Cinema. New York: Dutton Paperback, 1970.

 

Linha de Pesquisa “Cultura Audiovisual e Comunicação”

Lista de Materiais audiovisuais (Mestrado/Doutorado)

Cópia Fiel (2010), de Abbas Kiarostami.

Crônica de um verão (1961), de Edgar Morin e Jean Rouch.

Dias de Nietzsche em Turim (2001), de Júlio Bressane.

Episódio Uolace e João Vitor de Cidade dos Homens: primeira temporada (2003), de Cesar Charlone et alii.


Hoje é Dia de Maria (2005), de Luiz Fernando Carvalho – 1o. Episódio

Mera Coincidência (1997), de Barry Levinson.

O Homem com a Câmera (1929), de Dziga Vertov.

Ônibus 174 (2002), de José Padilha e Felipe Lacerda.

Rebobine por favor (2008), de Michel Gondry.

Saneamento Básico, O Filme (2007), de Jorge Furtado.

Bibliografia para o Mestrado

BENKLER, Yochai. The Wealth of Networks. New Haven: Yale University Press, c2006.

JOHNSON, Steven. Cultura da interface. Como o computador transforma nossa maneira de cria e comunicar. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

MARCONDES, Ciro. Princípio da razão durante, vol.III, tomo 5, "O conceito de comunicação e a epistemologia metapórica". São Paulo: Paulus, 2010.

MIÉGE, Bernard. A sociedade tecida pela comunicação. São Paulo, Paulus, 2009.

RAMOS, José Mario. Cinema, televisão, publicidade: cultura de massa no Brasil nos anos 1970-1980. São Paulo: AnnaBlume, 2004.

RECTOR, Monica & NEIVA, Eduardo. Comunicação na era pós-moderna. Petrópolis: Vozes, 1997

SEBEOK, Thomas A. Signos: uma introducción a la semiótica. Barcelona: Paidós, 1996.

SODRÉ, Muniz. Reinventando a Educação. São Paulo: Vozes, 2012.

XAVIER, Ismail. O discurso cinematográfico: opacidade e transparência. 3ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 2005.

Bibliografia para o Doutorado

BENKLER, Yochai. The Wealth of Networks. New Haven: Yale University Press, c2006.

CHARNEY, Leo e SCHWARTZ, Vanessa R. (orgs.). O cinema e a invenção da vida modernaSão Paulo: Cosac & Naify, 2001.

JOHNSON, Steven. Cultura da interface. Como o computador transforma nossa maneira de cria e comunicar. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

MARCONDES, Ciro. Princípio da razão durante, vol.III, tomo 5, "O conceito de comunicação e a epistemologia metapórica". São Paulo, Paulus: 2010

MIÉGE, Bernard. A sociedade tecida pela comunicação. São Paulo, Paulus, 2009.

RAMOS, José Mario. Cinema, televisão, publicidade: cultura de massa no Brasil nos anos 1970-1980. São Paulo: AnnaBlume, 2004.

RECTOR, Monica & NEIVA, Eduardo. Comunicação na era pós-moderna. Petrópolis: Vozes, 1997.

SEBEOK, Thomas A. Signos: uma introducción a la semiótica. Barcelona: Paidós, 1996.

SODRÉ, Muniz. Reinventando a Educação. São Paulo: Vozes, 2012.

WIENER, Norbert. Cibernética e Sociedade. O uso humano de seres humanos. São Paulo: Cultrix, 1993.

XAVIER, Ismail. O discurso cinematográfico: opacidade e transparência. 3ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 2005.

 

Normas para Apresentação de Projeto de Pesquisa

Meios e Processos Audiovisuais

O Projeto de Pesquisa deve ser apresentado com linguagem clara, demonstrando domínio gramatical e conceitual. Deve ser estruturado na forma de tópicos, ocupando no máximo 15 (quinze) páginas, sem contar a capa, o resumo, o sumário de pesquisa, as referências bibliográficas e o cronograma das atividades de pesquisa. Deve ser digitado em Times New Roman, fonte 12, espaço 1,5.

Relação dos tópicos de um Projeto de Pesquisa

  1. Capa

Na capa, o projeto de pesquisa deverá conter as seguintes informações:

1. Nome do candidato

2. Linha de Pesquisa

3. Título do projeto

4. Nível do projeto (Mestrado ou Doutorado) 

  1. Resumo

A página seguinte do projeto deverá trazer: Título e Resumo do Projeto (em até 20 linhas, somente em português) e três palavras-chave.

  1. Justificativa

  • Assunto e problema de pesquisa

  • Justificativa do estudo quanto à relevância e originalidade

  • Objetivos gerais e específicos

  1. Metodologia

  • Inserção do projeto dentro das pesquisas existentes e revisão da bibliografia fundamental 

  • Explicitação dos métodos e técnicas de investigação; sua adequação ao projeto

5.   Sumário de Pesquisa

  • Esquematização do projeto em partes, capítulos, tópicos.

6.   Referências Bibliográficas

  • Usar normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas)

  • Máximo de 2 páginas.

7.   Cronograma das Atividades de Pesquisa

Observação:

O Projeto de Doutorado em relação ao de Mestrado deverá apresentar: 

  • obrigatoriedade de hipóteses na pesquisa;

  • ineditismo na abordagem da temática;

  • maior grau de elaboração teórica e metodológica;

  • maior grau de profundidade e complexidade de objeto de pesquisa.

 

MEMORIAL CIRCUNSTANCIADO E DOCUMENTADO:

Deve ser dividido em duas partes, trazendo:

  • Comentário sobre a trajetória acadêmica do candidato que demonstrem a formação de alta qualificação, mediante exame de títulos, trabalhos e publicações de natureza acadêmica;

  • Exposição das razões que habilitam o candidato a cursar o doutorado sem o mestrado;

  • Exposição das razões da escolha da Linha de Pesquisa.