Jornalismo terá disciplinas na área de ciência e saúde

O curso de jornalismo conta  com mais duas disciplinas em sua grade. No último dia 27 de outubro foi homologada a contratação do professor André Chaves de Melo Silva, através de concurso realizado no mês de outubro. O novo docente será responsável por essas duas disciplinas optativas: CJE-0551: Jornalismo Científico e CJE-0557: Jornalismo Saúde: a Experiência Brasileira. 

Para o professor, as duas disciplinas estão intimamente ligadas: “o jornalismo de saúde é na verdade uma subdivisão do jornalismo científico. Boa parte da cobertura de ciência é nessa área” .
 
Em entrevista ao Laboratório Agência de Comunicação ( LAC)  o novo docente André Chaves comenta sobre as disciplinas.
 
LAC Como serão as duas disciplinas?
 
André- Na de Jornalismo Científico, a ideia é ministrar os conceitos básicos, diferenciando o que é divulgação científica do que é comunicação científica. A comunicação é algo mais avançado, é algo posterior à divulgação. Já no Jornalismo Saúde a ideia é trabalhar de forma temática. Eu espero abordar um pouco da experiência internacional, mas imagino que o foco da disciplina seja trabalhar em cima da cobertura brasileira na área, que tem crescido nos últimos tempos, com o surgimento de várias publicações.
 
LAC – Já sabe como serão os métodos de avaliação?
 
André – Ainda não.  Minha ideia é avaliar trabalhos, reportagens, entre outras possibilidades.
 
LAC – Pretende trazer palestrantes para que haja contato com o mercado de trabalho?
 
André – Claro. Pensamos em trazer profissionais que trabalhem na área para permitir que o aluno tenha contato com quem está desenvolvendo o trabalho na prática. Acho importante que essa vivência esteja presente na sala de aula. Então a ideia é buscar ,sim , a  troca de informações com o mercado de trabalho.
 
LAC – O jornalismo científico é um ramo com os quais os estudantes estão pouco familiarizados. O que fazer para buscar uma aproximação maior entre estudantes de jornalismo e ciência?
 
André – O grande problema, na verdade, não se refere apenas a estudantes de jornalismo. De uma maneira geral, as pessoas têm um estranhamento à ciência, porque ela é muito maltratada desde o ensino básico, que não consegue formar os alunos para que cheguem com uma formação sólida no ensino superior. O que fazer então de forma específica com o estudante de jornalismo? Nessas disciplinas, o estudante poderá ter contato com conceitos básicos, como a evolução das espécies, ecossistemas, teoria da relatividade.  Então  pretendo trabalhar  em como entender os métodos, como entender o resultados práticos das pesquisas.