"Jovens publicações" - Um emaranhado de fios

Sete pessoas, sete fios, um emaranhado de ideias. A revista on-line Sete Fios também faz parte da  série Jovens Publicações.

 
 
Sete alunos de jornalismo, da turma de  2007,  iniciaram a publicação da Sete Fios há mais de um ano. A ideia do nome da publicação veio justamente desse trocadilho. Cada pessoa é um fio, com perfis totalmente diferentes, que faz parte de um tecido, complementa a revista, tece o emaranhado de ideias. Eles passaram dois meses amadurecendo e concebendo a publicação, discutindo o projeto editorial, estruturando o layout, a apresentação e o conteúdo. Tinham uma preocupação estética e  também com o conteúdo, o que os levou a inovar: o design do site é contemporâneo, assim como a abordagem dos temas.
 
Tainara Machado e Stephany Tiveron em entrevista ao LAC
 
“A ideia é ter um lugar nosso”, diz Tainara Machado. Um lugar sério, para exercer o jornalismo, sem ser um  veículo de grande mídia. Apesar da seriedade, “temos total liberdade para escrever e escolher o tema”, diz  Stephany Tiveron. Escrevemos pela afinidade com o tema, pelo prazer de fazer jornalismo.
 
A redação da Sete Fios
 
Os alunos têm, na revista, uma chance de experimentar. E ver que pode dar certo. Várias personalidades foram entrevistadas, entre eles o  ator Dan Stulbach  que inaugurou a seção; depois dele,  Marta Suplicy, e Marisa Orth
 
Criaram, também, a seção Telefone sem Fio, em que um entrevistado faz perguntas a outro. Porém quem faz as perguntas não sabe por quem elas serão respondidas. Além disso, a experimentação pode também ser multimídia.
 
A redação da Sete Fios também mantém um blog, que é mais informal. É um espaço para discutir o que foi publicado na revista. A revista também conta com colaborações de outros alunos, na seção Emaranhado. Uma curiosidade: a revista se chamaria inicialmente de dois pontos, mas esse nome já era bem usado por diversos veículos na internet.
 
por Karin Salomão