“Jovens Publicações” - Televisão feita e assistida por alunos

 

 
 Mais um veículo da  série Jovens Publicações: o Caneca, o canal de televisão da ECA.
 
 
 
Assistindo Hijos de Tchê, um programa de televisão produzido por alunos de cinema de 2001, as turmas  do 1º e do 2º ano  de 2009 se inspiraram para fazer um programa similar. No ínicio de 2009  os alunos fizeram reuniões semanais e pensaram em uma justificativa para o programa, o conceito  e a estrutura do projeto. Surge assim  o Caneca, que já está em sua 4ª edição.
 
O Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR) apoiou o projeto, concedendo aos alunos o uso dos equipamentos. Sem interferências na dinâmica do programa, “o que foi legal”, segundo Cauê Janinni, um dos alunos do CTR que participam da produção do canal de TV. Dessa forma os alunos fizeram todo o trabalho desde a concepção até a apresentação.
 
Cauê Janinni e Vanessa Negrini, em entrevista ao LAC
 
O Caneca desenvolveu alguns personagens característicos, que protagonizam as diversas partes do programa. Jean Pierre é um crítico de culinária, que na 1ª edição visitou o bandejão e, na 2ª, o Sweden – restaurante na FEA. O professor "Canecôncio" e o "Abdomen " também são personagens do programa.
 
Assista aqui todos os programas.
 
O primeiro programa saiu no dia 3 de dezembro de 2009 e serviu como aprendizado: analisando os erros e acertos.  Para Vanessa Negrini, o segundo programa teve  um formato mais clássico de televisão, com uma organização e roteiro  bem-definidos.  Este programa  foi um misto de gravações de estúdio e uma apresentação ao vivo. Durante a Semana Universitária do Audiovisual, apresentaram o programa de dentro do Canil, espaço de vivência dos alunos. Chamaram a plateia para participar do programa e a câmera passava pelo meio das pessoas.
 
A terceira edição foi toda ao vivo, durante uma confraternização dos alunos. Cauê diz que esse formato possibilita um retorno imediato por parte da platéia. A adrenalina de apresentar ao vivo é muito grande, ainda mais com o retorno da plateia, segundo Vanessa.  Única oportunidade de se fazer  contato com uma apresentação ao vivo durante o período do curso.
 
O quarto programa foi apresentado durante a Semana de Audiovisual. Foi mais interessante que o anterior, “mais organizado, rápido e concentrado”, segundo Cauê. Foram dois personagens-apresentadores, "Luise Campanema" e "Prof. Canecôncio".
 
A maior dificuldade do grupo é conciliar a produção de roteiro e de quadros com outras obrigações da faculdade. É uma oportunidade de praticar o que se aprende no curso, ajuda o aluno a manipular os equipamentos, a aprimorar roteiros e a fazer edição.
 
Por Karin Salomão