Projeto Memórias Ecanas divulga novos depoimentos

O Projeto Memórias  Ecanas  chega este ano em sua 10ª edição e traz personalidades como Marcelo Tas, Anna Muylaert, entre outros.

Criado há 10 anos, o Projeto Memórias Ecanas resgata em vídeos memórias afetivas da Escola de Comunicações e Artes.  Nesta edição, participações ilustres como o diretor, jornalista, apresentador de televisão, escritor e roteirista brasileiro, Marcelo Tas, dão sua contribuição. No vídeo, que será lançado em 29 de novembro de 2016, no YouTube,  o convidado conta sua história e traz importantes características da vida acadêmica, profissional e pessoal, externando memórias afetivas que revelam muito de sua personalidade.

A memória é uma chave de acesso aos afetos. Com uma instituição não é diferente. Manter a história organizacional viva é uma forma de fortalecer suas bases, produzir sentido, e organizar a sua narrativa no atual contexto de saturação informacional.
Cultivar as memórias afetivas é essencial para manter viva a instituição, e isso não se restringe ao mundo mercadológico. É o que propõe o professor da Escola de Comunicações e Artes, Paulo Nassar, ao desenvolver o projeto “Memórias Ecanas” junto aos alunos do 6º semestre do curso de graduação em Relações Públicas.

Confira o canal: https://www.youtube.com/user/memoriasecanas.

O projeto Memórias Ecanas tem uma nova página no Facebook.  Voce pode conferir  os bastidores do projeto, e os alunos têm  a oportunidade de divulgar seus trabalhos.