Congregação da ECA aprova moção de apoio à Cinemateca Brasileira

Principal instituição dedicada à memória do audiovisual brasileiro passa por grave crise financeira

 

Em sua última reunião, realizada no dia 26 de agosto, a Congregação da ECA aprovou uma moção relacionada à grave crise financeira que a Cinemateca Brasileira enfrenta. Principal instituição dedicada à memória do audiovisual brasileiro, seu acervo de mais de 30 mil títulos encontra-se ameaçado após a demissão de todo o corpo técnico e sucessivos problemas de gestão. 

Confira a manifestação na íntegra: 

 

Moção da Congregação sobre a Cinemateca Brasileira

A Congregação da ECA manifesta sua preocupação com a demora em resolver o problema de gestão da Cinemateca Brasileira, chamando atenção para a responsabilidade do governo federal para com a preservação do patrimônio audiovisual brasileiro e com a manutenção da equipe de funcionários especializados que lá trabalham. A falta de memória histórica prejudica o autoconhecimento e a imaginação de futuro.

 

O posicionamento do colegiado se soma a outras manifestações de preocupação e solidariedade à Cinemateca por parte da comunidade ecana, como o artigo publicado no Jornal da USP pelo professor Eduardo Morettin, do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR). 

 

Sessão noturna ao ar livre promovida pela CinematecaSessão de curtas-metragens promovida em 27 de outubro de 2019 pela Cinemateca Brasileira em parceria com a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Atividade lembrou o Dia Mundial do Patrimônio Audiovisual. Foto: site da Cinemateca Brasileira.