Filme de ex-aluna conquista Menção Honrosa no Festival É Tudo Verdade 2020

Trabalho de Conclusão de Curso é resultado de intercâmbio realizado no programa Looking China, que tem o Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR) entre seus participantes

 

Foram anunciados no último domingo, dia 4, os vencedores da vigésima quinta edição do É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários, que este ano aconteceu integralmente on-line em razão da pandemia. E o filme Ver a China, trabalho de conclusão do Curso Superior do Audiovisual dirigido por Amanda Carvalho, foi contemplado com a Menção Honrosa na categoria Melhor Curta-metragem da Competição Brasileira. 

O filme foi realizado durante visita ao país asiático pelo programa Looking China, uma iniciativa da Universidade Normal de Pequim que realiza intercâmbios para coprodução audiovisual com alunos de universidades parceiras ao redor do mundo. O Departamento de Cinema, Rádio e Televisão é membro desde 2016. O projeto estimula a formação audiovisual dos estudantes por meio da realização de obras sobre diferentes facetas da realidade chinesa. 

Uma das estudantes selecionadas para o Looking China em 2018, Amanda realizou um documentário sobre a produção de chá na província de Fujian. Um ano depois, de volta ao Brasil, retomou as imagens que registrou em sua viagem e concluiu um novo filme sobre as impressões de uma estrangeira em território chinês. O resultado foi apresentado como seu TCC para obtenção do bacharelado na ECA e agora segue sua carreira nos circuitos de festivais, iniciada com a seleção para a mostra competitiva e a conquista da menção honrosa em um dos mais importantes eventos mundiais dedicados ao cinema documental. 

A equipe de realização do curta-metragem, que tem meia hora de duração, inclui ainda outros ex-alunos do CTR: Francisco Miguez e Maurício Battistuci, responsáveis por imagens adicionais captadas no Brasil; Caio Antônio, também captador de imagens adicionais, além de colorista; Cauê Silvério, que cuidou dos grafismos animados; Luisa Noriko, que prestou consultoria de montagem; e Lucca Chiavone, editor de som. O projeto foi orientado pela professora Cecília Mello e mixado por Sandro Dalla Costa, funcionário do departamento. 

 

Cartaz comemorativo Menção Honrosa Ver a China

 

Com informações do CTR